21/11/2018 - 14:10

Esplanada Grill: praticamente uma “calçada da fama”

Roger Magalhães: empresário cria “Calçada da Fama” nas paredes do Esplanada Grill. A foto foi tirada pelo empresário Mauricio Saade, que não morreria de fome se seguisse como fotógrafo 

Alguns cariocas são bem capazes de preferir entre a Calçada da Fama (em Los Angeles), uma matéria de capa no New York Times ou uma foto no painel do Esplanada Grill, essa última opção (rsrsrs). Ali, nas paredes da churrascaria de Ipanema, chamada por alguns em tom de brincadeira de “Explorada Grill” (por não ser exatamente barato, como todos daquele nível), constam quadros com o rosto dos frequentadores assíduos, alguns deles até que já partiram, mas, se, ao longo da vida, tinham mesa fixa, a imagem segue lá, caso de Evinha Monteiro de Carvalho, por exemplo, que por anos fazia mesa às quartas-feiras com as melhores amigas. O sócio Roger Magalhães, autor dessa seleção e muitas vezes no papel de fotógrafo, vive ouvindo frases como: “Quero minha foto aí, hein!” ou “Meu sonho é me ver na sua parede” – de tempos em tempos os quadros são trocados! 

Enviado por: Lu Lacerda
21/11/2018 - 13:20

Crivella em dia de fofice máxima

Marcelo Crivella: prefeito reinaugura laboratório do Instituto Jorge Vaitsman, na Mangueira, e destaca funcionários “que trabalharam com dedicação, criatividade e amor” /Foto: Prefeitura do Rio

Chegou Marcelo Crivella com um jeito de fofice máxima, nesta quarta-feira (21/11), para a reinauguração do Instituto Municipal de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman, na Mangueira. Ali faltava estrutura geral, de remédio a equipamentos e profissionais para continuar o atendimento para animais de estimação a baixo custo. “Quando a gente fala de saúde, a gente fala também da saúde dos animais, do meio ambiente. Esse laboratório passa a fazer 40 mil exames por mês. O estado e a cidade do Rio vivem momentos dificílimos para encontrar recursos e continuar prestando serviços à população. Quero parabenizar os funcionários que, em meio à crise, mostraram realmente que é possível superá-la com trabalho, dedicação, criatividade e amor”, disse o prefeito – que meigo! O instituto ganhou 75 equipamentos específicos para vários exames feitos pelo laboratório. 

Enviado por: Redação
21/11/2018 - 12:00

Áine O’Dwyer: concerto de piano no Arpoador, Central do Brasil, Aterro…

Aíne O’Dwyer: musicista irlandesa vai se apresentar em vários pontos da cidade com seu piano, no meio da rua mesmo /Foto: Divulgação

Imagine a cena: os cariocas notívagos ou os que acordam na madruga e costumam correr no Arpoador vão ter uma surpresa no dia 3 de dezembro: a cantora, harpista e pianista irlandesa Áine O’Dwyer estará com seu piano na calçada de frente para o mar, às 5h50 da manhã. A apresentação acústica vai ser o primeiro dia da 8ª edição do Festival Novas Frequências, que acontece em vários pontos da cidade. Áine vai apresentar o “Pianowalk”, série de performances e coreografias para piano, em diálogo com a paisagem urbana. Os curadores –  Chico Dub e a gestora cultural Tathiana Lopes – estão torcendo para um dia limpo, com um nascer do sol espetacular e o mar ao fundo. A programação vai até o dia 9 de dezembro, com 21 atrações de oito países entre shows, performances, instalações sonoras, palestras etc. Aos interessados, Áine também vai passar pela Central do Brasil (04/12, às 15h); na obra do VLT, na Visconde de Inhaúma, 103 (07/12, às 10h); na Praça dos Cavalinhos, na Tijuca (08/12, às 10h30); e no Aterro do Flamengo (altura do número 1000, no dia 09/12, às 14h).

Enviado por: Redação
21/11/2018 - 11:00

Paris, por Paulo Pereira

Árvore de Natal moderna! Vamos começar a coluna desta semana falando de Natal e dos novos e inusitados enfeites natalinos criados pelo atelier de cerâmica francês, o Astier de Villate. São abacates, ovos, cebolas, hambúrgueres, limão cortado, bandeja de sushi, batom, Torre Eiffel, bocas com cigarro, sereias, tudo do universo do fast food e da cultura pop, menos as tradicionais bolas vermelhas. É superinteressante e novo e, como vocês podem imaginar, está fazendo o maior sucesso para alegria das crianças e dos pais.

173, Rue Saint Honoré – 75001 – Paris
___________________________________________________________________________________

Uma das lindas atrações de fim de ano, em Paris, são os animais iluminados do Jardin des Plantes. Toda noite, até meados de janeiro, os animais de carne e osso deixam o espaço para os imensos animais iluminados durante todo o percurso do parque. Algumas espécies em extinção, como o Tiranossauro, desapareceram há 65 milhões de anos; ursos polares, tubarão branco, onças, leopardos, dentre outros. Os animais são apresentados de uma forma fictícia mais espetacular.

Festival des Lumières au Jardin des Plantes
Place Valhubert, Gare d’Austerlitz – 75002 – Paris
Até 15 de Janeiro de 18 a 23 horas
___________________________________________________________________________________

O Beefbar, inaugurado recentemente em Paris, depois de Mykonos, Hong Kong, Mônaco, Dubai, é um verdadeiro paraíso da carne: entrecotes, carne de Kobe, burgers, vindos dos melhores fornecedores de carnes do mundo. A decoração é belíssima; o prédio, em art nouveau,  existe desde 1985. A decoração é assinada por Humbert & Poyet, e foi todo restaurado para receber os amantes de carne do mundo inteiro que vêm a Paris.
Tudo é uma delícia!

Beefbar Paris
5, Rue Marbeuf – 75008 – Paris
Reserva – 33144314000
___________________________________________________________________________________

Uma exposição muito interessante está acontecendo na nova Fondation Henri Cartier-Bresson. Trata-se do trabalho engajado da fotógrafa Martine Franck, esposa do também fotógrafo Henri Cartier-Bresson. São 130 obras apresentadas para que o público conheça melhor o trabalho de Martine, que sempre fotografou com paixão, imortalizou o movimento de liberação da mulher, a velhice, e assuntos da sociedade na época.
Imperdível!

Martine Franck
Fondation Henri Cartier-Bresson
Até 10/02/19
79 Rue des Archives – 75003 – Paris
___________________________________________________________________________________

Visite também parisporpaulopereira.com
Instagram: @parisporpaulopereira
___________________________________________________________________________________

Enviado por: Redação
20/11/2018 - 15:15

Toninho Horta; canja de Wagner Tiso

Na primeira foto, Inácio Horta rouba um pedaço do bolo do avô, Toninho Horta, antes mesmo do parabéns; na segunda, showzinho com canja do maestro Wagner Tiso /Fotos: Rejane Guerra

Uma das vantagens da infância deve ser pensar no prazer, e não na caloria. É ou não é? Inácio Horta, neto do compositor, guitarrista, cantor e arranjador Toninho Horta, entende do assunto – repare na foto. Horta antecipou as comemorações dos seus 70 anos, originalmente no dia 2 de dezembro, além dos 50 de carreira, nessa segunda-feira (19/11), no restaurante La Fiorentina, no Leme. O artista lançou seu “song book” num sarau, e foi homenageado pelos amigos cariocas com um bolo e parabéns (na data, ele estará em turnê, no Japão). E claro, canja do maestro Wagner Tiso é detalhe, mas é grande. 

Enviado por: Lu Lacerda
20/11/2018 - 14:30

Agendinha: ainda dá para aproveitar o feriadão

Panmela Castro: artista plástica inaugura mural de 500 metros quadrados na Lapa /Foto: Divulgação/Rede NAMI

Peça “Luiz Gama – uma voz pela liberdade”, com Déo Garcez e Nivia Helensobre /Foto: Mauricio Code

O haitiano Voz Sambou vai ser apresentar no Manouche, Jardim Botânico /Foto: Divulgação

Mesmo com a chuva insistente, pode ter um programa pra você nesta terça-feira (20/11), Dia da Consciência Negra, feriado em homenagem a Zumbi dos Palmares, além de ficar embaixo do edredom, muito bem acompanhado/a. Se existe essa possibilidade, fica por aí, mas, se prefere botar a cara na rua, leia aqui:

Na Praça Onze, o “Terreirão – Consciência e Resistência” começou no início da tarde, com artesanato, música, literatura, culinária e arte, além de desfile de moda afro, grupos de samba de raiz, funks tradicionais e baile charme. 

Na Lapa, a artista plástica Panmela Castro, fundadora da Rede NAMI, que luta pelo direito das mulheres, vai inaugurar o “Mural Dororidade”, de quase 500 metros quadrados (na foto acima), ao lado do Rio Scenarium, com shows de MC Ainá e MC Carol, além da exposição “AfroGrafiteiras”. 

Também tem “Luiz Gama – uma voz pela liberdade”, no Teatro Municipal Serrador, no Centro, estrelado por Déo Garcez e Nivia Helensobre (na foto acima), sobre a história do advogado negro que viveu entre 1830 e 1882 e, mesmo tendo nascido livre, foi vendido como escravo aos 10 anos pelo pai, mas mudou seu destino. 

A mostra “Mulheres Negras nos anos 1960” terá visita guiada na Caixa Cultural, no Centro, com imagens de Carolina Maria de Jesus, Clementina de Jesus e muitas outras. Também na Caixa, está rolando o “África (s): cinema e memória em construção”, uma homenagem ao cinema criado no contexto de independência e revolução dos países africanos, com 42 filmes entre curtas, médias e longas. Especialmente nesta terça-feira (20/11), “Em Bissau,  o Carnaval”, de Sarah Maldoror e “Morte negada”, de Flora Gomes, ambas comentadas pela curadora Lúcia Ramos Monteiro e pelo pesquisador Alexsandro de Sousa e Silva

E claro, festinha pra dançar colado, com o “Xote do Teles”, no Arco do Teles, no Centro, com show do Cordel Negro e participações especiais de Marina Iris (samba) + Silvan Galvão (carimbó) + Junu Ramos (forró). Como bônus, aulas de dança – samba, choro, forró e carimbo – com o instrutor João Gabriel Caldeira Pires, às 20h.

Vox Sambou (foto acima), considerado o “embaixador do hip-hop haitiano”, apresenta-se no Manouche, no Jardim Botânico, para comemorar a data de Zumbi dos Palmares. O artista, que nasceu em Limbé (Haiti), faz música em criolo, francês, inglês, espanhol e português, misturando o hip hop com afrobeat, grooves latinos e batidas de reggae, além de buscar elementos musicais do Haiti. 

E, para terminar, tem até lançamento de livro também, o “Eu sei”, baseado na narrativa de Ronaldo Silva de Oliveira sobre as memórias do seu pai, o grande Cartola, na Casa França-Brasil, no Centro, a partir das 16h.

Enviado por: Redação
20/11/2018 - 13:20

“O Inoportuno”: sessão para convidados

André Junqueira, Daniel Dantas, Ary Coslov e Well Aguiar /Foto: Cristina Granato

Julia Lemmertz e Paulo José /Foto: Cristina Granato

Clarisse Derzié Luz e Ana Lúcia Torre – Dtella Stephany e Marcos Alvisi /Fotos: Crtistina Granato

Well Aguiar e Zezé Polessa – Diogo Vilela e Daniel Dantas /Fotos: Cristina Granato

Flavio Marinho, Maria Griffith, Leonardo Franco e Paulo Reis /Foto: Cristina Granato

Thaís Cordeiro, Bia Sampaio e Katia Wille /Foto: Cristina Granato

Victor Garcia Peralta, Cristiana Lara Resende e Roberto Birindelli /Foto: Cristina Granato

Nicola Siri, Claudia Assunção, Dedina Bernadelli e Alexandre Murucci /Foto: Cristina Granato

Eduardo Wanderley e Ary Coslov /Foto: Cristina Granato

Helena Werneck, David Pinheiro e Sergio Fonta /Foto: Cristina Granato

O diretor Ary Coslov assistiu à peça “O inoportuno” (“The Caretaker”), texto de Harold Pinter (1930-2008), pela primeira vez quando tinha 20 anos, em montagem dirigida por Antônio Abujamra. Ficou impressionado e tornou-se um dos maiores conhecedores da obra do autor e, para homenagear os 10 anos da morte de Pinter, ela leva o drama aos palcos, que teve sessão para convidados nessa segunda-feira (19/11), no Teatro dos Quatro, no Shopping da Gávea.

No palco, os atores Daniel Dantas, André Junqueira e Well Aguiar para contar a situação limite entre dois irmãos quando um deles leva um suposto mendigo pra casa. “Sem perceber, o espectador se envolve com a história e sai do tetro com vários questionamentos; um deles é a maneira como o ser humano trata seu semelhante, a falta de compreensão”, diz Coslov. O espetáculo é patrocinado pelo Grupo Petra Gold, de serviços financeiros, o que trouxe um certo ânimo à classe artística, ainda mais depois de o dono, Eduardo Wanderley, dizer que tem a intenção de investir cada vez mais na cultura.

Enviado por: Redação
20/11/2018 - 12:00

Neymar: craque quer encontrar torcedor mirim

Neymar pede aos seus seguidores para ajudá-lo a identifica um fã mirim que o assistiu em Londres, na vitória sobre o Uruguai, no último dia 16 de novembro /Fotos: Reprodução

Neymar fez um pedido aos seus mais de 40 milhões de seguidores no Twitter, nesta terça-feira (20/11): que o ajudem a encontrar um menino torcedor que assistiu à vitória do Brasil sobre o Uruguai (no dia 16/11), no amistoso no Emirates Stadium, em Londres, e foi lá só pra ver o craque em campo. O garoto chamou atenção do jogador ao dar entrevista para o canal “Esporte Interativo”: “Eu e meus amigos da escola gostamos dele. Às vezes, eu e meu pai assistimos a ele jogando. Muita gente o chama de desleal, mas eu não acredito nisso. Eu assisto aos lances do Neymar no meu tablet. E, uma vez, eu vi um adversário caçando ele em campo até machucar o olho dele”. O jogador do PSG publicou o vídeo do menino e pediu aos fãs que o marcassem na resposta.  

Enviado por: Redação
20/11/2018 - 11:00

Em casa, por Manu e Marcia Müller: pratos na parede

A origem dos pratos é bem antiga. Da panela onde eram feitos os alimentos, eles surgiram para separar as porções. E continuou fazendo o papel de panela com os antigos viajantes, nas campanhas de guerra etc. Mas o prato foi ficando sofisticado e se transformando em delicados objetos de porcelana, travessas, sopeiras, num conjunto de louça completo. Era símbolo de status e é até hoje. Uma mesa com louças sofisticadas e elegantes faz qualquer jantar virar um banquete.

É um prazer ver uma mesa com lindos pratos. E isso o mercado está já de olho há séculos. A tão famosa companhia holandesa das Índias explorou muito bem esse mercado na Europa renascentista, na era dos grandes navegadores. A China era a principal fornecedora dessas lindas louças e começou a transformar o simples prato em verdadeiras obras de arte.

Da mesa para a parede foi um pulo. Mesmo porque antigamente era comum guardá-los pendurados mesmo. Tempos depois, eles tornaram-se peças decorativas e sofisticadas e pendurá-los virou puro charme. Tradicionalmente colocados na sala de jantar, mas hoje os pratos são obras de arte e ficam lindos em todos locais da casa. Existem fábricas incríveis como a Bordalo Pinheiro, em Portugal , que fazem verdadeiras esculturas com louças em alto-relevo, além dos pratos assinados por grandes artistas contemporâneos. Modernos ou antigos, pratos na parede ficam lindos, trazem um volume e luminosidade ao ambiente e muita fluidez. Use-os e abuse! 

Enviado por: Redação
19/11/2018 - 17:40

Carro de advogada arrombado dentro do Jockey

Fernanda Capanema: advogada tem carro arrombado dentro de estacionamento no Jockey, na Gávea /Fotos: Reprodução

A advogada Fernanda Capanema deixou a bolsa no seu Sportage (Kia), no estacionamento do Jockey, na noite do último sábado (17/11), para assistir a um show no Manouche, uma das casas que fazem parte do complexo formado ainda pelos restaurantes Rubaiyat, Maguge e Camolese e pela casa de show EXC. Ali estão ainda as galerias de arte Carpintaria e Studio OM.art, fechadas naquele momento. Na volta, seu carro estava arrombado, sem nada: talão de cheques e documentos foram levados. Mesmo sendo madrugada, a advogada chamou os seguranças e a polícia como testemunhas. No dia seguinte, esse domingo (18/11), registrou Boletim de Ocorrência (015-02361/2018), na 15ª DP, na Gávea.

Fernanda está revoltada: “Nunca imaginei que estacionaria o carro dentro do Jockey e correria o risco de ser assaltada”, diz ela. Na delegacia ficou sabendo que vem a ser o quarto caso semelhante a acontecer ali, recentemente. “Os ladrões cariocas são bem informados e estão sabendo que o novo polo gastronômico está fazendo sucesso”, disse um frequentador. O assunto merece toda a atenção do Jockey Club por ser um dos poucos lugares do Rio onde as pessoas se sentem seguras. Sim, ali tem câmera. Procurado, o presidente do Jockey, Luiz Alfredo Taunay, está em viagem ao exterior, mas promete averiguar os fatos ainda esta semana. 

Enviado por: Lu Lacerda
19/11/2018 - 16:50

Teresa Cristina faz show com repertório de compositores negros

Teresa Cristina: sambista sobe ao palco ao lado das meninas do Samba que Elas Querem em show pelo Dia da Consciência Negra /Foto: Divulgação

Em homenagem ao Dia da Consciência Negra, nesta terça-feira (20/11), Teresa Cristina sobe ao palco do Teatro Riachuelo Rio acompanhada do grupo Samba Que Elas Querem (formado por oito mulheres), com o show “Um sorriso negro”, cantando um repertório somente de compositores negros. “A mulher precisa resgatar o protagonismo e deixar esse posto de coadjuvante entregue pela história. O meu encontro com elas (Samba Que Elas Querem) aconteceu muito naturalmente. Vai ser lindo!”, diz a cantora, que assina a direção musical. No repertório, clássicos do samba, como Dona Ivone Lara, Lecy Brandão, Jovelina Pérola Negra, Wilson Moreira, Candeia, Cartola etc. “A história do negro no Brasil se mistura com a história do samba, e eu tentei traduzir essa constatação no repertório escolhido” explica a sambista. 

Enviado por: Redação
19/11/2018 - 15:50

The Week: boate leva “Carioca White Carnival” para Paris

The Week: boate gay vai levar festa carioca para Paris /Foto: Reprodução

A The Week, a boate LGBTQI+ de André Almada, vai fazer a edição “Carioca White Carnival” na YOYO, no Palais de Tokyo, o grande centro de arte contemporânea de Paris, dia 24 de novembro. Já tem “bee” no Rio e de outros cantos do País preparando as malas há alguns meses para o evento – e nem precisaria. Mesmo com o frio na cidade francesa – deve fazer oito graus no dia da festa – o calor humano dos brasileiros é tanto, que só uma sunga, calça ou tapa-sexo branco já serviria. No som, o residente da boate, Leandro Becker, além de Thiago Oliveira. “Prepare-se para festejar nos ritmos selvagens do Brasil”, diz o convite. A propósito, a boate vai fazer uma espécie de maratona gay no Rio de 29 de dezembro a 1º de janeiro, mas só uma das festas será na própria The Week, na Gamboa, o restante será em lugares como a Cidade do Samba e o Armazém 6, no Píer Mauá.

Enviado por: Redação
19/11/2018 - 14:13

Carlos Ghosn (Nissan): prisão de brasileiro tem percussão na Europa

Carlos Ghosn: prisão de brasileiro tem grande repercussão na Europa /Foto: Reprodução

Na Europa, é grande a repercussão da prisão do presidente do Conselho de Administração da Nissan, Carlos Ghosn, nesta segunda-feira (19/11), no  Japão. Em Paris, é assunto de todas as TVs sem parar (já que o executivo é cidadão francês); segundo a imprensa local, por sonegação de impostos. A Nissan divulgou nota afirmando que ele “declarou durante anos renda inferior ao valor real”.  O brasileiro, de Porto Velho (RO), foi presidente da montadora japonesa entre 2001 e 2017; deixou o posto ano passado, para cuidar das parcerias com Renault e Mitsubishi. Apesar disso, permaneceu como presidente do conselho na Nissan. Ghosn sempre foi um nome de elevado conceito; além de  ser CEO num cargo desses, tirou a Nissan da beira da falência. 

Enviado por: Lu Lacerda
19/11/2018 - 13:20

Dia da Consciência Negra: ONG leva 600 crianças ao cinema

“Dúdú e o lápis cor da pele”: IONG Favela Mundo vai exibir o filme na Rocinha e Cidade de Deus pelo Dia da Consciência Negra /Foto: Reprodução

Em comemoração ao Dia da Consciência Negra, a ONG Favela Mundo vai levar mais de 600 crianças para assistirem ao filme “Dúdú e o Lápis Cor da Pele”, de Miguel Rodrigues, na Biblioteca Parque da Rocinha e na Escola Edi Senhora Perciliana Pereira de Alvarenga, na Cidade de Deus, nesta quinta-feira (22/11). Na trama a história de um menino negro que, ao colorir um desenho da própria família, encontra um dilema: a professora manda usar lápis da cor da pele, mas ele fica sem entender o motivo da referência ao bege, já que a família é de outra cor. “A maioria das crianças negras não se sente representada na mídia, em brincadeiras ou em jogos. Queremos mostrar que não existe uma cor de pele certa, todos são únicos e especiais e precisam se sentir representados”, diz Marcelo Andriotti, fundador da ONG. 

Enviado por: Redação
19/11/2018 - 12:00

Tony Nogueira: agenda de shows cheia

Renan Constant, Luiz Fernando Coutinho, Tony Nogueira e Angie Diniz /Foto: Eny Miranda

Narcisa Tamborindeguy e Guilherme Caio /Foto: Eny Miranda

Paulo Müller e Miriam Gagliardi /Foto: Eny Miranda

Francis Bogossian e Hildegard Angel /Foto: Eny Miranda

Caio Menck e Uiliana Lima /Foto: Eny Miranda

Desde que estrelou o musical “Relaxa que é sexo”, de Wolf Maya, no início do ano, a agenda de Tony Nogueira vive cheia. Nesse fim de semana, o músico de Ribeirão Preto estreou o show “Olhar de Mangá”, no J Club, na Casa Julieta de Serpa, no Flamengo, com direção musical de Luís Filipe de Lima e direção geral de Liège Monteiro e Luiz Fernando Coutinho. Com apenas 21 anos, ele compôs a primeira música aos 14 e já tem mais de 20 letras prontas. 

Enviado por: Redação

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline