“A corrupção mata mais do que uma epidemia qualquer. A violência está muito ligada a corrupção, cada vez mais com quadrilhas bem articuladas e aparelhadas. O que fazer pra se pegar o corrupto? Não é fácil, o crime é muito unido, é organizado. A sociedade é que não está organizada”.

Da psiquiatra Ana Beatriz Barbosa Silva sobre a palestra “Perfil de personalidade do transgressor contumaz”, nos dias 12 e 13 de abril, no Centro Cultural Veneza, em Botafogo. Ela é a única médica no meio de oito juristas, incluindo o juiz federal Marcelo Bretas (um dos principais nomes da Lava Jato carioca). 

“Logo me veio à memória o que Nana estava fazendo ali na passeata de 68, na foto histórica ao lado de Odete Lara, contra a ditadura. Ela foi extremamente grosseira e não precisa causar polêmica para vender disco”.

Do estilista Ronaldo Fraga sobre as declarações de Nana Caymmi à Folha de São Paulo, em que atacou Chico Buarque, Caetano Veloso e Gilberto Gil (com quem foi casada nos anos 60) ao falar de seu apoio ao Presidente Jair Bolsonaro.