Oito perguntas para Raul Lima Neto, candidato à presidência do Jockey: “O JCB perdeu sua relevância em cenário nacional nas últimas duas décadas”

O Jockey Club Brasileiro, na Lagoa, fundado em 1868 (e o Hipódromo da Gávea, em 1926), vai ter as primeiras eleições híbridas de sua história, ou seja, com votos dos mais de quatro mil sócios, no dia 15 de outubro. Nas internas, o negócio está pegando fogo, tal quais as eleições municipais, só que os…

Sete perguntas para Rivka Lemle (astróloga), sobre Marte retrógrado: “Cuide da sua raiva e entenda de onde ela vem”

A turbulência de 2020 ainda não acabou. Para você, que é ligado em Astrologia, ou apenas curioso, Marte, o planeta da agressividade, assertividade e da energia, vai ficar retrógrado até 13 de novembro. E o que isso significa? Entre as coisas que podem acontecer, está a manifestação da raiva, muita raiva, e a grande tendência…

Nove perguntas para Raquel Pacheco (Bruna Surfistinha): “Sexo, para mim, depois da prostituição, tornou-se uma troca de energia incrível”

No Dia do Sexo, comemorado — ou não — neste domingo (06/09), a entrevistada é professora no assunto. Raquel Pacheco foi do céu ao inferno em seus 35 anos, mas o que não faltam são histórias para contar. Dê um berro quem nunca ouviu falar em Bruna Surfistinha. Já imaginamos o silêncio. Ela deixou a prostituição…

Sete perguntas para Cynthia Bezerra (psicóloga, na pandemia): “Já não mais debaixo de escombros, temos a capacidade de fazer um balanço”

O que a pandemia tem a nos dizer? Quem não se fez essa pergunta em algum momento dos últimos meses, desde que um vírus começou a dominar a nossa vida? Conversamos com Cynthia Bezerra, psicanalista e psicóloga, com consultório em Ipanema e na Barra. Parte da resposta pode ser dada em números: com o isolamento…

Sete perguntas para Arassari Pataxó: “O Bolsonaro quer tirar os indígenas da floresta para usar a terra. Os madeireiros estão indo para as aldeias e levando a doença”

Arassari Pataxó esteve em Roma, no ano passado, para fazer palestras em universidades, sobre os problemas dos índios brasileiros, principalmente a demarcação das terras. Representante da etnia Pataxó no sul da Bahia (aldeia Mãe Pataxó Barra Velha), além de lutar pelos territórios, agora enfrenta uma guerra contra um inimigo invisível: o coronavírus. A aldeia de Arassari tem 380…

Nove perguntas para Felipe Prazeres (spalla da Orquestra Petrobras Sinfônica): “A orquestra é um microcosmos da nossa sociedade: tem o crente, o careta, o doidão…”

Os irmãos Carlos e Felipe Prazeres, 45 e 43 anos, praticamente nasceram, engatinharam e aprenderam a andar entre os acordes de Beethoven, Mozart e Tchaikovsky, nos ensaios da orquestra fundada pelo pai, Armando Prazeres (a Pró-Música, em 1972, que ganhou o nome de Orquestra Petrobras Sinfônica a partir de 1987). Pensa que os meninos eram obrigados?…

Seis perguntas para Juliana Brittes (CEO da plataforma Sound Club): ela criou um app para ajudar os artistas que não têm onde se apresentar na nova era de shows virtuais

Com centenas de lives piscando para todos assistirem sem pagar um real nas redes sociais, como ficam os artistas, digamos, menos conhecidos, sem trabalhar, com a pandemia? Muitas ONGs e associações têm feito campanhas de arrecadação e financiamentos coletivos, mas a empresária carioca Juliana Brittes, fundadora do aplicativo Sound Club, que existe desde 2016, criou uma outra plataforma…

Oito perguntas para Raphael Pazos (triatleta): “A bicicleta salvou muito restaurante e empregou muita gente na pandemia”

Uma das únicas coisas ininterruptas na pandemia foi a bike. Ainda em março, a Organização Mundial de Saúde (OMS) indicou a prática como uma maneira de manter o distanciamento social, além de totalmente sustentável e alternativo às aglomerações em metrôs, ônibus e trens, com o plus do exercício físico. Também, segundo a Associação Brasileira do…

Sete perguntas para o casal Aline Weber e Pigma Amary (modelo e enfermeiro), sobre suas ações na pandemia: “A população do Xingu está morrendo e, junto com os índios, morrem nossas raízes”

O casal que atravessa pandemia junto, permanece junto. Acabamos de testemunhar a afirmativa, no caso dos personagens, totalmente “vida real”. No entanto, parece clichê de novela: a modelo catarinense-e-cidadã-do-mundo Aline Weber teve um daqueles momentos “amor à primeira vista”, há dois anos, quando conheceu o atual noivo, o índio Pigma Amary, numa viagem de 10…