02/07/2015 - 18:32

Mª Luiza Jobim mostra seu som eletrônico no Parque Lage

Lucas de Paiva e Maria Luiza Jobim: os dois integrantes do Opala, que promete uma experiência audiovisual no seu show de sábado/ Foto: divulgação

Lucas de Paiva e Maria Luiza Jobim: os dois integrantes do Opala, que promete uma experiência audiovisual no seu show de sábado/ Foto: divulgação

O duo Opala é uma das atrações, sábado (04/07), do FYI Art Festival, que vai arrecadar fundos para os cursos de inverno da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. A dupla é formada por Lucas de Paiva, nos sintetizadores e baterias eletrônicas, e Maria Luiza Jobim –  filha de artistas também: a fotógrafa Ana Lontra e o maestro Tom Jobim – nos vocais.

Sem afetação, Maria Luiza comenta o fato de as letras de todas as músicas serem em inglês: “Eu e o Lucas somos superabertos a letras em português, eu faço Literatura Brasileira na PUC, mas na hora em que experimentamos, o inglês entra melhor”, conta a cantora, que foi alfabetizada na língua do país de Obama, tendo morado até os quatro anos de idade em Nova York.

Sobre como é o seu público, Luiza também é muito franca: “Há muito interesse em saber o que eu toco e isso me dá um certo temor de que as pessoas vão se decepcionar, já que não tem nada a ver com bossa nova. Mas, ao mesmo tempo, vários músicos de bossa nova me disseram que ficaram bem surpreendidos com meu trabalho”, comenta, animada.

Luiza suspeita que o pai incentivaria o seu som: “Ele era fã de você não se cristalizar, estar aberto à sua verdade, acho que ele estaria feliz”.

O FYI Art Festival ainda conta com várias outras apresentações de arte mais para o lado experimental, como o som de Kosmos & Arredores, o minimalismo do Domina e os paulistas l_cio e Cachu, do Mamba Negra. Vai ter, também, o light designer Júlio Parente, performances e mostra de fotografia. a partir das 18h.

Esse evento inaugura o novo programa de investimentos da EAV Parque Lage, uma parceria da iniciativa privada para o  financiamento do ensino na instituição.

Para ouvir a voz doce de Maria Luiza e o Opala em “Come Home”, dê o play abaixo:

 

Enviado por: Redação
02/07/2015 - 16:27

Paulo Coelho no Rio: viagem inesperada

Com foto postada no Twitter, tirada em 2000, na Turquia, o escritor Paulo Coelho lamentou a morte da "adorada sogra"/ Foto: reprodução da internet

Com foto postada no Twitter, tirada na Turquia, o escritor Paulo Coelho lamentou a morte da “adorada sogra”/ Foto: reprodução da internet

Paulo Coelho, há anos morando na Suíça e sem vir ao Rio há tempos, voltou à cidade carioca. Ele veio para o enterro da sua sogra, Paula Oiticica, mãe da artista plástica Christina Oiticica. Nesta quinta-feira (02/07), acontece a missa de sétimo dia, na Igreja da Ressureição, às 19h30. O escritor e sua mulher tinham passagem marcada, ainda nesta quinta, para Genebra.

Enviado por: Redação
02/07/2015 - 15:51

Estreia de ‘Tribos’: atrasadinhos não têm vez

Foto de:

Pela segunda vez juntos no teatro, Antônio Fagundes e seu filho, Bruno Fagundes, estrearam a peça “Tribos”, junto com Eliete CigariniGuilherme Magon e Maíra Dvorek, no Teatro Sesc Ginástico, no centro da cidade, nessa quarta-feira (01/07). O espetáculo, dirigido por Ulysses Cruz, pegou os cariocas atrasados desprevenidos. A peça, vista por quase 200 mil pessoas, está marcada para às 9h da noite, mas Fagundes faz questão de ser tão pontual que começou às 8h59. “Tribos” vai ficar em cartaz até o dia 26 de julho. Veja fotos na Galeria.

Enviado por: Redação
02/07/2015 - 14:28

Artista abre exposição e arrecada roupas para crianças

Bonecos da exposição inédita de Tinho, que também vai apresentar telas/ Fotos: divulgação

Bonecos da exposição inédita de Tinho, que também vai apresentar telas/ Fotos: divulgação

O artista plástico Walter Tada Nomura, o Tinho, abre nesta quinta-feira (02/07), na Galeria Movimento, no Shopping Cassino Atlântico, a exposição “Verdades que habitam em coisas que restam” . Na arte urbana brasileira esse paulista faz parte do mesmo grupo de Osgemeos: as mensagens politizadas levadas para a arte de rua alcançaram repercussão internacional.

Em agosto, ele parte para fazer residência na Xucun Comuna de Arte Internacional, importante instituição chinesa. No seu currículo não faltam exposições internacionais, na França, Austrália, Espanha, Holanda,Rússia, Suíça, Polônia, Itália, Argentina e Chile. Em Berlim, na Alemanha, produziu, em 2006, um painel gigante para a Copa do Mundo de 2006.

Paralelo aos bonecos de retalhos e telas que expõe em Copacabana, Tinho vai arrecadar roupas para o Instituto da Criança. Essas doações vão compor uma instalação, antes de chegarem a seu destino. Segundo o artista, a inspiração para seus bonecos está na observação de como as pessoas vivem os relacionamentos dentro das grandes metrópoles: eles tratam dos sentimentos que não são expostos e ficam nas entrelinhas, nas pausas e silêncios, que são os retalhos.

Enviado por: Redação
02/07/2015 - 13:55

Circo Voador: shows contra o preconceito

Foto de:

A Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual (CEDS) da Prefeitura do Rio lançou uma campanha contra todos os tipos de preconceito, nesta quarta-feira (01/07), no Circo Voador. No evento, com mais de seis shows, a apoiadora da causa Preta Gil brincou sobre o preconceito da sociedade com a celulite e mostrou os “buraquinhos” na perna.

O objetivo da CEDS é chamar atenção para a importância do combate à discriminação e ao preconceito. Diversas campanhas de conscientização, sendo o programa Rio Sem Preconceito o principal evento, já foram feitas na cidade.

Os atores Thiago Martins, Bettty Lago, Bruno Gagliasso, Antonio Pitanga, Glória Pires, Mateus Solano, Marcos Pasquim, Stênio Garcia, Alexandre Borges e Paolla Oliveira deram depoimentos em vídeo para a campanha sobre o mal causado pela homofobia.

No final da noite Mart’nália, Teresa Cristina, Emanuelle Araújo, Zélia Duncan, Preta Gil, Roberta Sá e Simone Mazzer, Pretinho da Serrinha e Toni Garrido se reuniram no palco para cantar “Pro Dia Nascer Feliz”. O gesto foi uma homenagem a Cazuza, que na terça (07/07) completa 25 anos de morte. Carlos Tufvesson vibrou de alegria e emoção.

Veja fotos na Galeria e um pouquinho do final do show no vídeo abaixo.
Enviado por: Redação
02/07/2015 - 13:01

Maestro húngaro conquista o Municipal

No sentido horário: Myrian Dauelsberg e Ivan Fischer;  Miah Persson e Steffen Dauelsberg; Ione Costa, Isabela Capeto e Anna Topiakow / Fotos: Luciana Tancredo

No sentido horário: Myrian Dauelsberg e Ivan Fischer; Miah Persson e Steffen Dauelsberg; Ione Costa, Isabela Capeto e Anna Topiakow / Fotos: Luciana Tancredo

Ivàn Fischer regeu a sua Orquestra do Festival de Budapeste, nessa quarta-feira (01/07), no Theatro Municipal, dentro da série “O Globo Dell’Arte Concertos Internacionais“. O maestro húngaro mostrou porque sua orquestra é conhecida por manter um alto grau de comunicação com o público, e encantou a plateia. Entre o público, muitos frequentadores habituais do Theatro e outros eventuais, como a estilista Isabela Capeto.

Enviado por: Redação
02/07/2015 - 12:11

Parque da Tijuca: 54 anos segundo quem conhece o assunto

Foto do funcionário do PNT Peterson de Almeida, monitor de trilha/ Foto: divulgação

Foto do funcionário do PNT Peterson de Almeida, monitor de trilha/ Foto: divulgação

Segunda-feira (06/07), o Parque Nacional da Tijuca comemora seus 54 anos e os 154 do início do reflorestamento. Além da posse dos novos conselheiros, vai ser aberta a exposição de fotos “Inspirar, Conectar e Compartilhar”, no Centro de Visitantes, feita por quem conhece bem o parque: são imagens registradas pelos próprios funcionários que protegem e cuidam do PNT, e retratam sua flora, fauna e riqueza histórica.

O público pode participar de um concurso no Instagram, compartilhando uma foto com a marcação#aniversarioPNT. Nesta sexta-feira (03/07), quatro imagens vão ser selecionadas através de uma votação online e vão para a home do site www.parquedatijuca.com.br

Enviado por: Redação
02/07/2015 - 11:00

Pé na Jaca, por Karen Couto: A alquimista dos chás

3f9babeeadcf64ca4ab337fa55aad803

Como dizia José Wilker e o meu grande amigo e cineasta Charly Braun está sempre me lembrando: o único lugar que o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário.

Sylvia Rodrigues é prova disso. Ela estudou agricultura orgânica, farmácia, homeopatia e é completamente tarada e devota às plantas medicinais. Sorte nossa. Possui profundo conhecimento sobre as ervas, suas características terapêuticas, dosagens e aplicações. Para ela, as plantas são um presente da natureza que pode e deve fazer parte da nossa vida, nos trazendo vitalidade e possibilitando a prevenção de desconfortos e algumas doenças, naturalmente. Ela me explicou que só podem ser chamados de chás os que são feitos a partir de Camellia Sinensis, os chás branco, amarelo, verde, azul, pu-ehr e preto. Este nome ‘Sinensis‘ faz remissão à China, onde o chá foi descoberto. Reza a lenda que um imperador começou a mastigar as folhas despretensiosamente e descobriu suas maravilhosas propriedades curativas em seus desconfortos estomacais.

Mas qual a forma correta de preparar?
O tempo de infusão varia de acordo com as características de cada um, fermentação, secagem, se for o caso, e etc.. Se estamos falando de sementes, como erva doce, canela em pau e anis estrelado, entre outros, quatro minutos em água a 85/ 90 ºC é o ideal. No caso do uso de ervas ou plantas frescas, um minuto, e secas, no máximo dois, na mesma temperatura. O chá branco possui a folha muito dura, portanto deve infusionar por quatro minutos. Já o chá verde é diferente. Ele tem as folhas mais abertas e sabor mais pronunciado; o tempo de infusão não deve superar os 30 segundos, sob o risco de ficar com gosto demasiado amargo.

Você prefere tomar o seu chá gelado? Nenhum problema, desde que você prepare, coe, tape e guarde-o na geladeira. Entretanto, saiba que o sabor se perderá aos poucos, gradativamente.

Mas como identificar a temperatura da água? 85 a 90ºC é a temperatura que você consegue colocar o dedo sem se queimar. A água nunca deve superar 100ºC – não se esqueça que são ingredientes delicados, e os óleos essenciais são voláteis. A qualidade da água é importante? Sempre! No Brasil a água não é muito calcificada, mas na Europa, por exemplo, é importantíssimo o uso de água mineral.

Lembrando que todos devem infusionar cobertos para que os óleos essenciais, suas características terapêuticas, aroma e sabores não evaporem. Qual a melhor forma de armazenar? Em lugar ventilado e escuro. Mas deixe que a equipe da Sylvia ou ela mesma explique tudo isso para você. A visita a esse ‘templo medicinal’ vale a pena. Tá duvidando? Tome um chá ou uma infusão e pense a respeito.

Sugestōes de infusōes:
TPM e menopausa: folhas de amora, artemísia.
Gripes e resfriados: sabugueiro, hortelã, anis estrelado.
Bronquites: guaco, alecrim, capim limão, erva doce.
Estresse: melissa, lavanda, tília.
Insônia: tília.
Cistite/ cálculos renais: cavalinha, salsa, unha de gato.
Acne e beleza da pele: a flor da violeta.
Diabetes/ regular o açúcar no sangue: amora miúra, folha de uva, morango silvestre.
Ressaca: boldo, carqueja, menta.

Drops Informativos
tel.: 11 5523 9615
http://www.teakettle.com.br

tarja.2karencouto

Enviado por: Redação
01/07/2015 - 19:00

Paris, por Paulo Pereira

nota 1 colagem 1

Paris, mais uma vez, brilhou na semana de moda; desta vez, foi a coleção masculina verão 2016, que terminou nesse domingo (28/06).

A criatividade da moda parisiense, que já é uma realidade há vários anos no desfile feminino, mostrou que está, a cada coleção, mais presente também no masculino. Desfiles lindos, cheios de novas ideias, novas proporções, cheios de cores, bordados e ternos em tecidos nobres superbem cortados, seduziram não só a imprensa como também compradores. O número de negócios mostrou um crescimento importante nesta edição. O homem do próximo verão deixou de ser austero e superdescolado, para ousar com elegância e masculinidade.

not 1 colagem 2

Os comentários entre jornalistas e editores fashion é que o desfile do estilista Dries Van Noten e o desfile de estreia da Balmain homme foram os mais bacanas da temporada.

Separei algumas fotos do Marcio Madeira pra vocês.

nota 1 colagem 3___________________________________________________________________________________

nota 2 colagem  1

Os detalhes dos desfiles masculinos, nesta semana de moda em Paris, são quase tão importantes como os looks: bolsas, sapatos, óculos, tênis ou o lenço, que ganharam uma proporção enorme nas coleções apresentadas.

O cinema esteve presente nas estampas do estilista Dries Van Noten, que usou o ícone Marilyn Monroe em camisetas e casacos, tudo muito fluido, com superposições de tecidos e muito material nobre. (fotos acima)

Cristo também este presente: nas estampas da Maison Givenchy, em camisetas e camisas, que mostrou uma moda com silhueta de uniforme de prisioneiro, cheia de detalhes. (fotos acima)

nota 2 colagem 2

Às vezes tínhamos a impressão de não estar assistindo a um desfile de verão, como foi o caso da Lanvin, em clima de streetwear chique, com lindos casacos assimétricos em cores escuras. (fotos acima)

O homem Vuitton, além de chique, adora uma jaqueta de seda bordada com motivos japoneses, usa um “foulard” escrito Louis Vuitton no pescoço, usa bolsa branca, tênis branco e prefere uma silhueta superajustada em casacos, jaquetas e ternos. (fotos acima)

nota 2 colagem 3

A Dior mostrou uma coleção muito elegante, uma mistura de ternos bem cortados e estilos de rua com vários zíperes como detalhe nas calças, e muito “boots”. (fotos acima)

Hermés fez um desfile como esperado: chique. Atemporal, com peças ricas, como a jaqueta de “patchwork” de pele de serpente colorida, calças largas de chamois que pareciam seda, dando um clima de modernidade em silhuetas clássicas. (fotos acima)

nota 2 colagem 4

O safári chique da Balmain no seu desfile de estreia agradou muito – um safári com peças importantes e de extremo bom gosto. (fotos acima)

Comme des Garçons, mais uma vez, mostrou uma moda conceitual, com modelos estampados, muita bermuda e cabelos amarelos. (fotos acima)

nota 2 colagem 5

Martin Margiela desfilou looks modernos, com peças bacanérrimas que prometem exprimir a personalidade de quem as usa. (fotos acima)

As bolsas coloridas em lilás, rosa, azul da coleção da Maison Berlutti chamaram a atenção de todos: bolsas e sapatos clássicos em cores inusitadas. (fotos acima)

Saint Laurent mostrou que o vintage, o rock e o glam são mesmo o DNA da maison, com desfile colorido e moderno.

As fotos de Marcio Madeira estão aí para provar que tudo está mais moderno no universo masculino do homem internacional.

___________________________________________________________________________________

Um pouco do estilo de rua da semana de moda masculina em Paris, para mostrar os modelos do público que frequentava os desfiles.

nota 3 colagem 1

___________________________________________________________________________________

nota 5 colagem 1

Um grande momento na fashion week masculina deste ano em Paris, é a foto dos quatros “monstros sagrados” da fotografia fashion internacional, que se conhecem e trabalham ha mais de 30 anos. Responsáveis pelas imagens dos grandes desfiles, acompanharam o percurso da moda desde os anos 80. São testemunhsa de toda evolução fashion desses últimos 30 anos.

Grandes profissionais, que com seus talentos em imagens, nos fizeram – e nos fazem – sonhar com a moda de amanhã. São eles: Patrice Stable, Dan Leeca, Chris Moore e o brasileiro Marcio Madeira que é uma grande referência em termos de imagem fashion.

Bravo! Aos 4 mosqueteiros fashion.

___________________________________________________________________________________

nota 4 colagem 1

Durante a semana de moda masculina, várias marcas fazem seus showrooms em hotéis, ou lançam seus novos produtos em lugares inusitados em Paris.

Nesta edição, visitei dois eventos bacanérrimos. O primeiro foi o lançamento da nova coleção de sapatos e tênis do estilista francês Pierre Hardy na suíte do Hotel Les Bains. O espaço foi todo modificado para mostrar uma coleção de tênis coloridos e sapatos modernos e chiques. Pierre, muito simpático, disse que adora o Brasil e conhece o Rio há muitos anos, e que trabalhou com a marca carioca Teresa Gureg. Toda a imprensa internacional estava presente.

O outro evento foi o lançamento das novas Bikes Lorenzo Martone, que escolheu um espaço superdescolado no bairro do Marais para receber imprensa e convidados. As bicicletas são lindas, coloridas com material de primeira linha – um verdadeiro objeto de desejo. Martone comentou que estava superfeliz com o sucesso em Paris. Coquetel ultraprestigiado.

Confira nas fotos de Gerson Lirio.

___________________________________________________________________________________

nota 6 colagem 1

E, para finalizar esta coluna sobre Fashion Week, não poderia deixar de agradecer a meus dois amigos e parceiros de semana de moda: a blogueira e estilista Paula Saady e o fotógrafo Gerson Lirio. Já há algum tempo, temos feito um caminho fashion juntos, com esforço, pequenas dificuldades, muita energia e alegria. Obrigado pela paciência e pelo companheirismo.

Agradeço também a Tula Moraes, da agência Zeppelin, por todo o carinho.

Beijos aos três!

___________________________________________________________________________________

tarja.paulopereira111

Enviado por: Redação
01/07/2015 - 18:28

Umberto Eco: autógrafos à distância para os fãs brasileiros

Umberto Eco e seu livro "Número Zero": autógrafos para os leitores brasileiros/ Foto: divulgação

Umberto Eco e seu livro “Número Zero”: autógrafos para os leitores brasileiros/ Foto: divulgação

Umberto Eco não virá para a Bienal Internacional do Livro, que começa dia 3 de setembro no Riocentro, mas vai estar presente através do seu último livro, “Número Zero”. O escritor italiano, que esteve no Brasil pela última vez na década de 70, autografou cinco exemplares que a editora Record vai usar em sorteios e promoções para os leitores.

Um desses livros vai ficar em exibição, numa redoma, durante a Bienal. O nome romance do autor de ‘O nome da Rosa “ e “O pêndulo de Foucault” narra o cotidiano de um jornal criado para não sair da gráfica, usado apenas para ameaçar os inimigos do proprietário da publicação. Lançado em janeiro na Itália, já é um dos mais vendidos. O último livro de Eco publicado aqui, “O cemitério de Praga”, vendeu 150 mil exemplares.

Enviado por: Redação
01/07/2015 - 17:11

Violetta: despedida mundial no Rio

No sentido horário: Tania Mara com sua filha Maysa; Nando Rodrigues; Mel Maia / Fotos: Felipe Panfili

No sentido horário: Tania Mara com sua filha Maysa; Nando Rodrigues; Mel Maia / Fotos: Felipe Panfili/divulgação

O show de Violetta, protagonista da novela do Disney Channel, reuniu muitas crianças nessa terça-feira (30/06), no HSBC Arena, na Barra. Com os camarotes comandados por Liége Monteiro e Luiz Fernando Coutinho, o espetáculo teve ainda a canção do filme “Frozen“, “Lei It Go“, em uma versão em espanhol (‘Libre Soy‘). O show no palco carioca encerrou a turnê mundial do espetáculo.

Enviado por: Redação
01/07/2015 - 16:34

Shopping e rádios cariocas lançam parceria

No sentido horário: Luiz Calainho e Alexandre Schiavo; Marcelo Torres e Eva Monteiro de Carvalho; Eliza Santos entre Paulo Stewart e Luiz Calainho / Fotos: Adriano Meirelles

No sentido horário: Luiz Calainho e Alexandre Schiavo; Marcelo Torres e Eva Monteiro de Carvalho; Eliza Santos entre Paulo Stewart e Luiz Calainho / Fotos: Adriano Meirelles

As rádios SulAmerica Paradiso e Mix FM, em parceira com a Saphyr Shopping Centers, receberam convidados nessa segunda-feira (30/06), no Vivo Rio. No evento, foi lançado o Bossa Nova Mall, empreendimento integrado ao Aeroporto Santos Dumont, com estúdios e um auditório para pequenos shows, o FM Hall 1. No terraço do prédio, as rádios terão um espaço com vista para Baía de Guanabara, para eventos maiores, o FM Hall 2.

Passageiros, turistas e clientes do shopping poderão acompanhar de perto as gravações dos programas ao vivo.

Enviado por: Redação
01/07/2015 - 15:17

Por um bom motivo: chef interrompe aulas do seu atelier

No alto, Ricardo Lapeyre e seu antigo chefe, Roland Villard; acima, o enólogo François Hauteker/ Fotos: divulgação

No alto, Ricardo Lapeyre e seu antigo chefe, Roland Villard; acima, o enólogo François Hauteker/ Fotos: divulgação

Desta vez não vai ter aula no Prosa na Cozinha. No atelier gastronômico da chef Manu Zappa, onde os alunos cozinham junto com os chefs, está programado para a quarta-feira (08/07) um evento diferente: um jantar harmonizado, feito pelos chefs Roland Villard, do Le Pré Catelan, e Ricardo Lapeyre, com o enólogo François Hauteker, da Veuve Clicquot.

Ricardo, que já trabalhou com Roland logo que chegou de um período na Bélgica, está no comando da recém-aberta Brasserie Lapeyre, onde funcionou a Enoteca Uno, no número 1 da Rio Branco. A casa, parceria com Eurico Cunha, tem estilo clássico: recria pratos de dois séculos da culinária francesa. O sucesso é tanto que ele e Eurico pensam em abrir nos fins de semana para almoço, para aproveitar os turistas que chegam nos cruzeiros e a bela vista para o porto, o MAR, e, para o Museu do Amanhã, que abre em setembro.

Hauteker é um enólogo que está na Veuve Clicquot desde 2004 e vai aproveitar a noite para lançar um novo champanhe, destinado aos mixologistas, com chá, abacaxi,grapefruit, pepino e pimenta. Apesar de não ser uma aula, os chefs estão abertos a perguntas.

Enviado por: Redação
01/07/2015 - 14:04

Hamlet negro francês: disposto a interagir com atores cariocas

William Nadylam: ator francês dá palestra e oficina para atores gratuita no Oi Futuro Flamengo/ Foto: reprodução da internet

William Nadylam: ator francês dá palestra e oficina para atores gratuita no Oi Futuro Flamengo/ Foto: reprodução da internet

William Nadylam, ator francês de TV, cinema e teatro, está a caminho do Rio para dar palestra, terça-feira (07/07), no Oi Futuro Flamengo, às 19h30. Ele ficou conhecido na França como o Hamlet negro, quando interpretou o personagem de  Shakespeare em montagem dirigida por Peter Brook, em 2002.

Desde então já atuou outras duas vezes na companhia do cineasta e diretor inglês, nas peças “A Flauta Mágica” e “O Terno”.  O filho de camaronês com indiana vai falar sobre “O imperativo da utopia (teatro da paz e propaganda de guerra)” e sobre seu processo de criação. De 7 a 9 de julho, dá oficina gratuita para atores, também no Oi Futuro, com acompanhamento e tradução de Celina Sodré, fundadora do Studio Stanislavski, companhia teatral carioca.

Nadylam quer circular no meio teatral: dia 9, vai assistir à reestreia de Heloísa Périssé na peça “E foram quase felizes para sempre”, no Teatro Clara Nunes.

Enviado por: Redação
01/07/2015 - 12:41

Estreia no Municipal: orquestra com mais de 50 estudantes

No sentido horário: Claudia Faissol e Cris Senna; Sônia e Márcio Dias; Tadeu Aguiar com Beth e Carlos Serpa / Fotos: Marcelo Borgongino

No sentido horário: Claudia Faissol e Cris Senna; Sônia e Márcio Dias; Tadeu Aguiar com Beth e Carlos Serpa / Fotos: Marcelo Borgongino

A Orquestra Cesgranrio estreou nessa terça-feira (30/06), no Theatro Minicipal, no Centro. Com um público de mais de 500 convidados, o grupo formado por cerca de 50 estudantes, vindos de cursos universitários ou técnicos do meio musical, foi regido pelo maestro Eder Paolozzi – que já participou da Petrobras Sinfônica, Sinfônica da Bahia, Sinfônica do Recife, Sinfônica de Porto Alegre e Sinfônica Heliópolis.

O projeto já era uma vontade antiga de Carlos Alberto Serpa, presidente da Fundação Cesgranrio. “A música é uma forma de levar cultura a todos os nossos jovens e queremos oferecer esta chance especialmente aos alunos de escolas públicas, que não têm essa oportunidade no dia a dia”, diz ele.

Depois do evento, teve coquetel para 150 convidados na Casa de Arte de Cultura Julieta de Serpa. Veja fotos na Galeria.

Enviado por: Redação