24/04/2015 - 18:00

Cônsul do Canadá escolhe gafieira para comemoração

Sanjeev Chowdhury e Laudemar Aguiar: o cônsul-geral do Canadá no Rio e o coordenador de Relações Internacionais do Gabinete do prefeito Eduardo Paes na Estudantina / Foto: divulgação

Sanjeev Chowdhury e Laudemar Aguiar: o cônsul-geral do Canadá no Rio e o coordenador de Relações Internacionais do Gabinete do prefeito Eduardo Paes na Estudantina / Foto: divulgação

Sanjeev Chowdhury, cônsul-geral do Canadá no Rio e o mais antigo do corpo consular da cidade carioca, recebeu, nessa quinta-feira (23/04), amigos e diplomatas para celebrar o título, num clima bem carioca: assistindo ao espetáculo de cultura brasileira Ginga Tropical, na Gafieira Estudantina.

O canadense falou do seu desejo de apresentar novidades e promover a cultura brasileira – “Sejam bem-vindos a esse grande show, que mostra o Brasil de uma forma original e muito bonita”. O diplomata avisou que “não iria cantar ou dançar naquela noite” (sorte dos convidados? Brincadeira!) e contou que a ideia de reunir o corpo consular na Estudantina partiu dele e de Rose Oliveira (diretora do Ginga Tropical), como forma de aproximar as relações institucionais e diplomáticas em diferentes ambientes. O cônsul-geral da Alemanha, Harald Klein; da Argentina, Marcelo Bertoldi; do Japão, Tsuyoshi Yamamoto; da Suíça, Giancarlo Fenini; da Rússia, Andrey Budaev; da Bélgica, Emannuel Rixhon; o coordenador de Relações Internacionais do Gabinete do prefeito Eduardo Paes, Laudemar Aguiar, todos estavam lá.

Enviado por: Lu Lacerda
24/04/2015 - 17:17

Banda Sandálias lança primeira música de trabalho

single banda sandálias

A banda Sandálias lançou a primeira música de trabalho, “O que fica”, com participação dos amigos Tuca Alves, Misael da Hora Anne Marie, ex participante do The Voice Brasil . Juntos desde 2009, Marcos Lima, Nando Motta, Celso Luiz, Luciano e Paulinho Black dão um estilo pop às músicas que vêm encantando o público.

Enviado por: Redação
24/04/2015 - 15:27

Zé Galinha: entre a bateria e uma nova casa noturna

O empresário e músico se divide entre um grupo de bossa nova e a vontade de abrir um bar/ Foto: reprodução da internet

O empresário e músico se divide entre um grupo de bossa nova e a vontade de abrir um bar/ Foto: reprodução da internet

José Henrique Ferraz, que foi dono da People, casa noturna que ficou muito conhecida no Rio – foi inaugurada em 1983 e Zé ficou à frente até 91 – resolveu assumir a sua porção músico, que esteve em segundo plano todos esses anos. No domingo (26/04), ele, que toca bateria desde os 15 anos de idade, se apresenta com Fernando Carvalho, no violão e direção musical, com Marcelo Lório (violão e voz) e o baixista Eristom Gonçalves na calçada em frente à Toca do Vinicius, em Ipanema, tocando bossa nova e Beatles. O grupo volta a tocar em maio, também no dia 26, no Vinicius Bar.

Mas o lado empresário da noite de José Henrique ainda está bem vivo: no início do ano, ele abriu um pequeno bar em Copacabana, o Zé Galinha (seu apelido), que durou só dois meses por desentendimentos com o sócio. Ele procura, agora, um lugar entre Ipanema e Gávea para abrir um bar.

Enviado por: Redação
24/04/2015 - 14:06

Balé punk, dueto de flamenco e dança indiana: Festival Boticário vem aí

Harry Alexander by Jake Walters C 300dpi

O bailarino Harry Alexandre, no alto, da Michael Clark Company, no alto; acima, o pas de deux inusitado entre flamenco e dança indiana, no espetáculo Torobaka/ Fotos: Jake Walters e divulgação

O bailarino Harry Alexander, da Michael Clark Company, no alto; acima, o pas de deux inusitado entre flamenco e dança indiana, no espetáculo Torobaka/ Fotos: Jake Walters e divulgação

Ao som de bandas como Sex Pistols, Relaxed Muscles e Scritti Politti, a Michael Clark Company, da Inglaterra, abre a terceira edição do Festival O Boticário da Dança, no Theatro Municipal, dia 7 de maio, às 21h. O espetáculo “animal / vegetable / mineral”  vem sendo muito bem recebido por público e crítica desde a sua estreia em Glasgow, na Escócia, e esta é a primeira vez que vai ser apresentado fora da Europa.

Julie Cunningham, bailarina dessa companhia, recebeu o prêmio da mais espetacular performance feminina da temporada em 2013 e o espetáculo conquistou o prêmio Robert Robson do Manchester Theatre Award. Michael Clark é considerado um criador inquieto, sempre com um toque de glam e punk em seus balés, e tem colaboração estreita com designers de moda, artistas e músicos de vanguarda.

Outro momento bastante interessante do festival vai ser o dueto “Torobaka”, entre o bailarino Israel Galván, da Espanha, dançarino de flamenco, e Akram Khan, especializado em kathak, dança típica indiana. A programação ainda conta com a companhia sueca Cullberg Ballet, que vai apresentar o espetáculo ’11th Floor”, e as montagens “Cantata” e “Cacti”, do Balé da Cidade de São Paulo.

Enviado por: Redação
24/04/2015 - 13:29

Timoneiros faz Feijoada de Ogum para São Jorge

feijoada São JOrge

Dorina e Vagner Fernandes, no alto; à direita, Tia Surica e sua famosa feijoada; acima, os sambistas Léo Russo e Thais Macedo/ Fotos: Rafael Moraes

Dorina e Vagner Fernandes, no alto; à direita, Tia Surica e sua famosa feijoada; acima, os sambistas Léo Russo e Thais Macedo/ Fotos: Rafael Moraes

O bloco Timoneiros da Viola festejou o Dia de São Jorge, nessa quinta-feira (23/04), na Arena Carioca Fernando Torres, do modo mais ecumênico possível: a comemoração começou com missa rezada pelo padre Passos, da igreja de Santa Rita de Cássia, seguida dos atabaques dos ogãs Uni llus. Como também era Dia Nacional do Choro, Pixinguinha foi lembrado com a participação do grupo Beliscando, e mais samba direto na programação, com o grupo Exporta Samba e os cantores Rixxa, Dorina, Léo Russo e Thais Macedo.

A Feijoada de Ogum – o orixá, na umbanda, faz o sincretismo com o santo católico –  foi assinada pela Tia Surica, uma das maiores especialistas cariocas nesse prato. Para enfeitar o Parque Madureira, Vagner Fernandes, presidente do Timoneiros, usou estandartes feitos à mão, com muitas fitas coloridas, da artesã Cintia Mariele, que tem atelier no distrito de São Jorge, em Alto Paraíso, Goiás.

Enviado por: Redação
24/04/2015 - 12:55

Azerbaijão: festival vai até domingo na Barra

ezerbaijão-colagem-2

Em sentido horário, os chefs Ziya Shahbazov e Leo Prieto;  o casal de embaixadores do Azerbaijão Elnur Sultanov e Nigar Sultanova;  Jocy de Oliveira e Tatiana Leskova; acima, Emílio Kalil , Eva e seu pai Pedro Alberto Guimarães Filho / Fotos: Cristina Granato

Em sentido horário, os chefs Ziya Shahbazov e Leo Prieto; o casal de embaixadores do Azerbaijão Elnur Sultanov e Nigar Sultanova; Jocy de Oliveira e Tatiana Leskova; acima, Emílio Kalil , Eva e seu pai Pedro Alberto Guimarães Filho / Fotos: Cristina Granato

O Festival do Azerbaijão começou nessa quinta-feira (23/04), na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca. O evento, que tem programação até domingo (26/04) tem cinema, sala de leitura, teatro, música, dança e gastronomia desse país, ainda pouco conhecido por aqui, que faz fronteira com a Ásia e a Europa.

Enviado por: Redação
24/04/2015 - 12:19

Resposta sincera: a melhor para indiscretos

Resposta sincera: "Você está noivo?". E ele: "Estou noivo, sim, de mim mesmo."

Resposta sincera: “Você está noivo?”. E ele: “Estou noivo, sim, de mim mesmo.”

Amigo da coluna, andando na rua Faubourg Saint Honoré, em Paris, entrou na Cartier e deu de cara com um vendedor absurdo-de-tão-lindo, viu uma peça aqui outra acolá, conversinha social. E pensou: preciso comprar algo aqui. Olhou, olhou, viu uma aliança tradicional, era o que tinha de mais barato à vista, para quem realmente não queria comprar nada ali. Pediu a aliança, experimentou, mandou embalar pra presente. Trocou telefone com o deus-da-beleza, com quem acabou jantando. Creia: no restaurante Belle Époque (comida ótima, perto do Palais Royal), evitou ir ao L’Avenue para não dar de cara com conterrâneos, mas a primeira pessoa que encontrou foi um brasileiro, que em poucos minutos de conversa, perguntou: “Você está noivo?”. E ele: “Estou noivo, sim, de mim mesmo.” Que tal?

Enviado por: Lu Lacerda
24/04/2015 - 11:23

Creme pra ficar com a bunda da Fiorella?

Foto de:

A Dermage, empresa com mais de 60 lojas no Brasil, inaugurou, nessa quinta-feira (23/04), a quarta franquia em São Paulo, no Shopping Higienópolis. A marca, que atende a inúmeros dermatologistas, recebeu convidados como Fiorella Mattheis (contratata, certamente), numa calça clara colada no corpão. Uma das convidadas quis saber se existiria algum creme ficar com a bunda igual ou não ter nem sombra de celulite pelos próximos 100 anos, como a atriz. Óbvio que não, mas todo mundo quer saber…. O RP Diógenes Queiroz levou algumas cariocas, mas mais paulistas – era essa a intenção. Veja fotos na Galeria.

Enviado por: Redação
23/04/2015 - 16:41

Véspera de feriado: boate da Lagoa fica lotada

Foto de:

A boate Miroir, na Lagoa, ficou lotada nessa quarta-feira (22/04). Ao som da funkeira MC Ludmilla, os organizadores da festa Leo Marçal, Manu Maya, Guilherme Barros e Keila Zago fizeram os convidados dançar até as 6h. Veja fotos na Galeria.

Enviado por: Redação
23/04/2015 - 15:11

Beto Neves: festa para São Jorge até maio

_DSC0144

São Jorge, dos quadros para as camisetas; no alto, trabalho da artista , Diana Doctorovich; acima, em sentido horário, Beto Neves; tela e camiseta de Sergio Sall; e conjunto assinado por Sonia Madruga/ Fotos: divulgação

São Jorge, dos quadros para as camisetas; no alto, trabalho da artista , Diana Doctorovich; acima, em sentido horário, Beto Neves; tela e camiseta de Sergio Sall; e conjunto assinado por Sonia Madruga/ Fotos: divulgação

O estilista Beto Neves é um dos milhares de devotos de São Jorge no Rio. Mas o que o distingue dos demais é ter levado essa paixão para seu trabalho, estampando a figura do santo guerreiro sempre nas suas coleções, em camisetas e outras peças de roupa.

Ele organiza, este fim de semana, uma exposição com 23 artistas na galeria Villa Olívia, na Ladeira João Homem, no Morro da Conceição, que une quadros inspirados no santo e transpostos para camisetas.

A mostra segue até dia 2 de maio, quando Beto vai comemorar seu aniversário no local, com roda de samba e feijoadinha.

Enviado por: Redação
23/04/2015 - 14:33

Luciana Pittigliani convoca para a Marcha da Defesa Animal no Leblon

Luciana Pittigliani com uma de suas cachorrinhas maltesas: ela resolveu liderar a Marcha da Defesa Animal no Rio/ Foto: Instagram

Luciana Pittigliani com uma de suas cachorrinhas maltesas: ela resolveu liderar a Marcha da Defesa Animal no Rio/ Foto: Instagram

Depois de ler no site, dia 19 de março, que o Rio ficaria fora da Marcha da Defesa Animal – conjunto de protestos que vai acontecer  em várias cidades do país, domingo (26/04) e que defende maior rigor no Código Penal para quem maltratar bichos – Luciana Pittigliani resolveu agir por conta própria.

Com mais de dois mil seguidores no Instagram, convocou todos para uma manifestação no Posto 12, no Leblon, entre a rua Rainha Guilhermina e a Aristides Espínola, às 15h do domingo. “Não sei quem vai, mas vou fazer a minha parte: vou eu, meu marido e minhas duas cachorrinhas maltesas”.

Luciana lembra que, nas chuvas torrenciais de 2011 que castigaram Petrópolis, Teresópolis e Friburgo, subiu a serra para visitar e levar mantimentos para um abrigo de animais. “Nunca chorei tanto na minha vida, o olhar daqueles animais abandonados é a coisa mais profunda”.  Ela endossa uma das plataformas do movimento, que pede cadeia para quem submeter bichos a maus tratos, crueldade, abandono e abuso sexual.

“Hoje as pessoas despejam suas frustrações e raivas nos animais e a punição que recebem é o pagamento de uma cesta básica. É revoltante”, diz. A socialite também quer chamar a atenção para a má conservação e sujeira do Zoológico carioca e descaso com os animais. “Indiquei o Zoo como programa para uma amiga do Sul levar o filho, em janeiro, e os dois saíram chorando de lá”.

Enviado por: Redação
23/04/2015 - 13:17

Mujica: ex-presidente uruguaio ganha biografia escrita por carioca

No livro de Marcos André Lessa estão as várias facetas de Mujica, como guerrilheiro, prisioneiro e homem que adora cuidar de flores/ Foto: reprodução da internet

No livro de Marcos André Lessa estão as várias facetas de Mujica, como guerrilheiro, prisioneiro e homem que adora cuidar de flores/ Foto: reprodução da internet

 Jornalista formado pela UFF,  Marcos André Lessa se entregou, durante meses, sobre mais de uma centena de entrevistas e discursos do ex-presidente uruguaio José Alberto Mujica Cordano, em períodos distintos da carreira política. Pesquisou dezenas de artigos e reportagens e teve acesso a inúmeras fontes uruguaias para escrever “Mujica: o presidente mais rico do mundo”, título dado com a intenção de contrastar a riqueza de experiências de vida de Pepe Mujica com a fama quase folclórica de chefe de estado despojado de bens materiais e sem apego ao poder.

O livro é dividido por temas, como o capítulo “Mujica e os homossexuais” – além de legalizar o aborto e a maconha, Mujica instituiu, aos 79 anos, o casamento gay no seu país.  ‘Temos que formar gerações atrás de gerações de homens que lutem pela melhoria da espécie. E esse trabalho não acaba nunca”, declarou. “O casamento homossexual, por favor, é mais velho do que o mundo. Tivemos Julio Cesar, Alexandre o Grande… Dizer que é moderno, por favor, é mais antigo do que todos nós. É um dado de realidade objetiva, existe”, diz Mujica.

Em outro trecho da obra, Marcos conta:Ao ser perguntado se considerava um risco político a regulação da produção e do consumo da maconha, respondeu: ‘É um risco político sim, mas, definitivamente, o mundo não teria mudado se só tivéssemos pensado nos riscos eleitorais. Queremos combater o narcotráfico ao roubar-lhe o mercado. Se conseguiremos, não sei. O que pedimos é o direito de experimentar frente ao evidente fracasso, em todos os lugares, que a repressão teve… O que queremos fazer é um teste social’”, conclui.

O autor diz que sua proposta foi de transportar o leitor para o Uruguai, sob a ótica de um brasileiro. “É interessante observar que temos muitas semelhanças históricas”, afirma. Editado pela 5W, o livro vai ser lançado segunda-feira (27/04), às 18h30, na Livraria da Travessa de Botafogo.

Enviado por: Redação
23/04/2015 - 12:00

As raras qualidades humanas de Roberto Talma

Roberto Talma: diretor tinha grandes qualidades, raras num mundo de TV, cheio de vaidades / Foto: reprodução IG

Roberto Talma: diretor tinha grandes qualidades, raras num mundo de TV, cheio de vaidades / Foto: reprodução IG

Que o diretor e produtor da TV Globo Roberto Talma morreu na madrugada desta quinta-feira (23/04), todo mundo sabe; que Talma tinha talento, todo mundo sabe; que Talma dirigiu grandes produções na emissora, todo mundo sabe; que Talma era um dos grandes nomes da TV brasileira, todo mundo sabe.

O que muitos talvez não saibam é que Roberto Talma ensinava realmente tudo o que sabia, dividia seu conhecimento, não só com argumentos mas também com demonstração. Sobretudo, era generoso para com os mais jovens – o que tantos não fazem. Ele ensinava de maneira integral, não guardava nada como um segredo de si pra si. “Até o silêncio do que sabia, dividia”, diz um diretor da emissora. Um ex-Rede Globo, que trabalhou com RT por alguns anos, comenta: “Numa empresa de TV, as vaidades ficam ampliadas. Talma era um cara de coração: sempre levava em conta o humano, o emocional dele ditava. E isso falta no planeta“.

Ele morreu às 2h por falência múltipla dos órgãos, decorrente de insuficiência renal, no Hospital Samaritano. O velório vai ser no no próximo sábado (25/04), a partir das 11h, no Memorial do Carmo, no Caju. A cremação, no mesmo dia, às 15h.

Enviado por: Lu Lacerda
23/04/2015 - 11:30

MKTMIX se funde à Atitude Comunicação

A assessora de imprensa Kika Gama Lobo, que assumiu o escritório da MKTMIX no Rio / Foto: Renato Wrobel

A assessora de imprensa Kika Gama Lobo, que assumiu o escritório da MKTMIX do Rio / Foto: Renato Wrobel

A empresa paulista de assessoria de imprensa MKTMIX, de Tania Otranto, Balia Leibeis e Roberto Ethel, há mais de 15 anos no mercado nacional, com 122 clientes em sua carteira de atendimento, fundiu-se à assessoria de Kika Gama Lobo, a carioca Atitude Comunicação. Com mais de 30 anos de mercado, Kika assume o escritório da MKTMIX no Rio, sob a direção do sócio André Beck, que passa a se dedicar à conta das Olimpíadas, conquistada recentemente. Kika, que atua também na prospecção de clientes, transferiu todos os seus antigos clientes para a nova casa. Gama Lobo segue sendo apresentadora do projeto Fashion Mondays do Fashion Mall, com seu quadro #Atitude50.

Enviado por: Redação
23/04/2015 - 11:00

Pé na Jaca, por Karen Couto: SP – Véspera de feriado é no Mocotó

Na foto, dois pratos de sucesso do restaurante: a Mocofava e o Pudim de Tapioca

Na foto, dois pratos de sucesso do restaurante: a mocofava e o pudim de tapioca

Tá bom, tá bom! Sei que não é perto.

Mas vale a viagem; ainda mais em companhia dos melhores amigos.

Vou logo ao que interessa: as caipirinhas de frutas diversas (cajá, jabuticaba, de vários limões etc.) são divinas, a cerveja Original (que poderia estar mais gelada) e as cachaças de qualidade, também. Os aperitivos são imperdíveis – os meus prediletos são os dadinhos de tapioca (mudaram o molho, o que me deixou um pouco decepcionada) e os torresmos. O queijo coalho com melado de cana também desfruta de grande sucesso.

Os ensopados tradicionais são extremamente bem elaborados; desta vez, pedimos a mocofava. Excepcional!

A costelinha de porco à moda do engenho estava sensacional: desossada, recheada com pernil, servida com abacaxi e mandioca cozida (derretendo na boca) e molho de mel do engenho.

A carne de sol estava gostosa, mas fiquei na vontade mesmo foi do escondidinho de carne-seca.

Para fechar, fomos de sorvete de rapadura – surpreendentemente gostoso – e pudim de tapioca.

Meus agradecimentos especiais vão para o chef Rodrigo, que não estava, mas que transformou esse lugar em um dos meus preferidos – mundialmente falando; à Celina Takenaka, que foi a primeira a me levar no recinto; aos noivos, Ana Claudia Michels e Augustinho de Arruda Botelho; a meus adorados Ruy Brizola e Marco Raduan e ao Beto Ranieri e ao Ricardo Kotscho.

tarja.2karencouto

Enviado por: Redação