“Pessoas são mortas por balas perdidas, assassinadas por motivos fúteis; o trânsito mata sem cessar; encostas e prédios desabam; praias são invadidas por óleo venezuelano. Joga-se tudo fora, e pouco importa o dano. As empresas responsáveis cinicamente acham que vão resolver tudo com dinheiro, protelando o que devem pela lentidão contumaz da Justiça. Jogam-se pessoas fora como lixo”.

Do psicanalista Arnaldo Chuster, questionando o valor da psicanálise no momento atual. 

Leia Mais

“Eu ganhava muito, podendo passar mais de 1 milhão de dólares pelas minhas mãos por dia, e não desfrutava de nada, por não ter tempo. Na prisão, aprendi a valorizar os cinco sentidos da vida: visão, audição, olfato, tato e paladar. Quando atingi isso, depois de limpar latrina e lavar pano de chão (sem desmerecimento, por favor), posso dizer que foi sublime. Eu estou aqui tanto para o bem quanto para o mal, para matar ou morrer”. 

Da doleira Nelma Kodama, da ex-presidiária da operação mais falada e famosa do Brasil, a Lava-Jato, sobre o tempo que ficou…

Leia Mais