06/08/2018 - 18:20

Nossa Senhora da Glória: figurino novo no altar do Outeiro

nossa-senhora-do-outeiro-da-gloria

Nossa Senhora da Glória: santa ganha novas roupas no altar do Outeiro da Glória /Foto: José Renato Antunes

Nesse domingo (05/08), a Nossa Senhora da Glória, no altar do Outeiro, ganhou novas roupas, como em todos os anos – a santa é homenageada Brasil afora durante duas semanas, com missas, recitais, exposições, peças teatrais e musicais, além de feira com comidinhas típicas. No Rio, a imagem de 1,50 metros de altura ganhou figurino desenhado por Elizabeth Serpa e equipe, com três tipos diferentes de renda francesa e 10 mil cristais bordados à mão. Beth também será a curadora da mostra com as roupas usadas anteriormente e desenhadas por estilistas, como Guilherme Guimarães, Henrique Filho e Clóvis Bornay. Essa tradição vem da época do Império, quando as princesas eram responsáveis pelas vestes da Santa.


Enviado por: Redação
06/08/2018 - 17:17

A noite da Zazá Piereck foi assim: só para os queridos

A pessoa chegava, era recebida por amigos ou conhecidos, ou pelo Cello Macedo, marido da aniversariante, ou até pela própria Zazá Piereck – olha que delícia! – comemorando 50 anos. Dependia se ela estivesse no andar de cima naquela hora ou, quem sabe, no andar de baixo, dançando a toda, com seu corpinho de 30, no clube Manouche – a mais animada que já se viu! Conseguiu dançar com quase todos os convidados, ainda que meia música. No andar superior, rolava até um friozinho, mas, de repente, poderia receber um abraço quente – em todos os sentidos – de alguém vindo do inferninho (o clube fica no subterrâneo).

Tacinhas pra lá e pra cá, mulherões também, comidinhas impecáveis, conversa boa; dificilmente, alguém não se encontrava com um, dois, ou mais ex – normal, né? Com uma ou outra olhadela malévola, porém passageira; é preciso manter uma certa dignidade, por mais que o coração acelere. Afinal, todos ali tinham entre 40 ou 50, talvez um pouco mais, um pouco menos. E até algumas de idade inconfessável, o que não é o caso de Andrea Dellal, que vai logo falando dos seus 63 anos.

Para uns poucos, rolou certo desgaste energético, sim, óbvio, claro: dançar sete ou oito horas seguidas não é para amadores. A Deusa Pigritia (filha do sono e da noite) só deu um alô já de manhã. Essa liga toda talvez tenha a ver com o pedido no convite da Zazá: “Só para os queridos, sem agregados”. Se quiser, essa pode promover festas – e gloriosas! Veja algumas fotos (faltando tanta gente!) – quase um álbum de recordação, pelo tempo em época de Internet (foi no sábado 04/08).


Enviado por: Lu Lacerda
06/08/2018 - 15:38

A Aliança Francesa traz para o Rio em única apresentação, o show “Tango em Otoño”, do grupo francês Trio Innova, que revisita a obra de Astor Piazzolla, nesta terça-feira (07/08), na Sala Cecília Meireles, às 20h.


Enviado por: Redação
06/08/2018 - 14:40

“Juntos na Lagoa”: um novo projeto esportivo

tenis-na-lagoa-ab

Alunos do Tênis na Lagoa, do treinador Alexandre Borges, vão ter aulas com os alunos mais velhos da equipe Etchecoin Tennis, de Juan Pablo Etchecoin /Foto: Divulgação

O Tênis na Lagoa e o Etchecoin Tennis se uniram para criar o projeto “Juntos na Lagoa”, com a intenção de unir duas realidades sociais completamente diferentes, compartilhando solidariamente a mesma quadra de tênis. “É uma bonita parceria, em que nossos alunos mais velhos poderão se tornar ajudantes, doando 1 hora de seu dia, uma vez por semana, para ensinar aquilo que tanto sabem e amam fazer: o tênis. Imaginar as diferenças para uma criança é difícil, mas visualizá-las e saber que podem fazer a diferença é enriquecedor”, diz Alexandre Borges, do Tênis na Lagoa, criado em 2003, que atua com comunidades carentes no Rio, e funciona nas quadras públicas da Lagoa. Já a Equipe Etchecoin Tennis, do treinador Juan Pablo Etchecoin, está no Monte Líbano há mais de 20 anos. No novo projeto, os treinadores da Etchecoin também se comprometeram a ajudar na venda de camisas do Projeto Tênis na Lagoa para amigos e colegas da escola e organizaram uma lista de contatos para pedir doações de raquetes, tênis e roupas novas ou usadas. Para conhecer, acesse o site do projeto.


Enviado por: Redação
06/08/2018 - 14:22

Começa nesta terça-feira (06/08) a campanha de vacinação contra a Poliomielite e Sarampo, desenvolvida pela agência Fields360 em parceria com a Viralata Produções. Até 31 de agosto, crianças de 1 até 5 anos de idade devem ser vacinadas em uma unidade de saúde.


Enviado por: Redação
06/08/2018 - 14:18

Nesta terça-feira (07/08), a partir das 10h, o artista plástico Marcos Abreu expõe suas gravuras únicas na exposição “A Persistência em Cartaz”, na Mul.ti.plo Espaço Arte, no Leblon.


Enviado por: Redação
06/08/2018 - 14:11

Encenado pelo corpo de baile e pela orquestra do Teatro Municipal, no Centro, o espetáculo “Joias do Ballet” reúne três obras de coreógrafos russos criadas entre os séculos XIX e XX, de sexta-feira a domingo.


Enviado por: Redação
06/08/2018 - 13:46

O grupo Ballet Kiev, companhia nacional da Ucrânia, de 38 bailarinos apresenta um programa em homenagem ao compositor Ludwig Minkus, com uma suíte de “Dom Quixote de La Mancha” e “Paquita”. O espetáculo acontece na Jeunesse Arena, na Barra, às 18h.


Enviado por: Redação
06/08/2018 - 12:40

Andrea Dellal: “Minas é minha árvore”

andrea-dellal

Andrea Dellal: “Lembro o tempo de quando alguém dizer “eu sou mineiro” significava sinônimo de mérito, era o mesmo que integridade máxima” / Foto: Felipe Panfili (arquivo Site Lu Lacerda)

Minas Gerais tem grande significado na vida de Andrea Dellal, que chegou ao Rio e já partiu para Belo Horizonte, onde vai apresentar o BrazilFoundation, no Centro Cultural Banco do Brasil, nesta terça-feira (07/08), seguido de jantar para 300 pessoas. “Minas é minha árvore, sou filha de mineiros por ambos os lados; lembro o tempo de quando alguém dizer “eu sou mineiro” significava sinônimo de mérito, era o mesmo que integridade máxima”, diz ela, feliz que seja em BH o evento. Isso é passado, Dellal! E completa: “Se cada um faz um pouquinho, tudo pode melhorar”, referindo-se às ações promovidas com a verba arrecadada na noite beneficente, desta vez, para projetos sociais na capital mineira. Este ano, o homenageado é Rubens Menin, fundador da MRV Engenharia. Vai ter também show de Preta Gil, enquanto Flávia Alessandra será a embaixadora.


Enviado por: Lu Lacerda
06/08/2018 - 12:00

Animais de estimação: conheça a campanha da fita amarela

cao-fita-amarela-aa

fita-amarela-a

Está se popularizando no Brasil a campanha “Yellow Dog Project” (“Projeto cão amarelo ou #FitaAmarela”). Criado há alguns anos nos Estados Unidos e Europa, a campanha, que vira e mexe faz barulho nas redes sociais, é uma ação que consiste em colocar um laço amarelo no pescoço, guia ou ainda uma roupa especial com a frase “Eu preciso de espaço” para informar às pessoas que nem todos os cães que vemos andando na rua podem ser tocados. Os motivos podem ser vários: o animal pode ter algum problema de saúde, estar em treinamento ou reabilitação, ou é sinal de que ele não se comporta bem na presença de outros animais e pessoas estranhas. Em alguns casos, a fita amarela indica que o cão não está num bom dia, por isso é melhor manter distância. Como no mundo humano, há animais com diferentes traços de caráter e temperamento.


Enviado por: Redação
Página 1 de 212

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline