10/04/2018 - 18:40

“Rio, desistir jamais”: artistas gravam clipe de campanha pela cidade

clipea

clipe-b

“Rio, desistir jamais”: na primeira foto, Fernanda Abreu, Evandro Mesquita e Elba Ramalho na gravação do clipe de “Valsa de uma cidade”; na segunda, a turma de artistas reunidos /Fotos: Reprodução Instagram

Na pegada de “We are the world”, de Michael Jackson e Lionel Ritchie, de 1985, uma turma de artistas se reuniu para gravar o clipe da campanha “Rio, desistir jamais”, criada por Roberto Medina, o nome por trás do Rock in Rio, nesta terça-feira (10/04), na Cidade das Artes, na Barra. “O clipe é um protesto do bem,  um pedido para que as pessoas olhem para a potencialidade da cidade e não só enxergar o lado negativo. Estamos passando por um momento difícil, mas vamos sair dessa, não podemos desistir”, diz Medina.

Entre os confirmados para a campanha, Anitta, Fernanda Abreu, Evandro Mesquita, Elba Ramalho, Samuel Rosa, do Skank, Di Ferrero, Toni Garrido, Rogério Flausino, Toni Belloto, entre tantos, que regravaram a música “Valsa de uma cidade”, de Antônio Maria e Ismael Neto, aquela que diz “Rio de Janeiro, gosto de você, gosto de quem gosta deste céu, deste mar, desta gente feliz”, com um coro de aproximadamente 30 vozes. Anitta será uma espécie de embaixadora da campanha – ela vai estar no festival de Lisboa e foi a primeira atração confirmada para o RIR 2019. O clipe será lançado entre os dias 20 e 27 de abril em todas as mídias.


Enviado por: Redação
10/04/2018 - 17:00

Demi Lovato: cantora adia shows no Brasil e revolta fãs

demi

Demi Lovato: cantora adia apresentações no Brasil de última hora e revolta fãs /Foto: Reprodução Instagram

A cantora americana Demi Lovato adiou para novembro a turnê que faria pela América Latina, nas próximas semanas. Essa decisão foi feita pelas redes sociais, nesta terça-feira (10/04), em cima do laço. “Estou absolutamente com o coração partido ao fazer esse anúncio. Devido a problemas de produção, nós temos que adiar as datas da ‘Tell me you love me tour’ na América do Sul – Brasil, Equador, Costa Rica e Panamá. Estou devastada. Realmente odeio ter que fazer isso, mas tivemos alguns problemas de produção”, afirmou a cantora. Demi passaria pelo País entre os dias 15 e 21 de abril; agora, a programação ficou assim: dia 19 de novembro, em São Paulo; 21, no Rio; 24, no Recife; e 27, em Fortaleza. Em suas redes sociais, a cantora afirmou aos fãs que não puderem ir nas novas datas podem solicitar reembolso dos ingressos: “Sinto muito, sei que isso é chato. Para aqueles que puderem ir, prometo que valerá a espera. Amo vocês demais.”

Os brasileiros não ficaram muito felizes, já que as novas datas para os shows caem durante a semana ou simplesmente por já terem se organizado com reserva de hotéis e passagens. “No Recife, seria em uma semana, já estava tudo pronto. E as pessoas que gastaram com hotel, avião, maquiador? É decepcionante. Estou frustrada. Você está perdendo vários fãs, Demi”, disse a seguidora Lara Costa. “Nada justifica essa falta de compromisso e respeito com as pessoas. Não se trata de uma fatalidade, e essa situação é inaceitável”, disse Rosiane. Para contrabalançar, tem também os satisfeitos com as novas datas.


Enviado por: Redação
10/04/2018 - 16:40

Os bastidores de Washington Olivetto

Washington Olivetto, o criador de tão marcantes, importantes e, muitas vezes, divertidas campanhas publicitárias, acaba de lançar a autobiografia “Direto de Washington – W. Olivetto por ele mesmo”, nessa segunda-feira (10/04), na Livraria da Cultura, em São Paulo. No livro, algumas histórias que ajudam a compreender como Washington criou o seu melhor personagem: ele mesmo. E, ainda, curiosidades das histórias das campanhas que criou, bastidores do mundo publicitário, com detalhes imperdíveis. E outra: esse é só o primeiro volume – Olivetto já planeja o segundo.

Morando em Londres desde 2016, com a mulher, Patrícia os filhos gêmeos, Antônia e Theo, de 13 anos, Olivetto só vem ao Brasil em casos específicos, como agora. Por lá, WO é consultor criativo da agência McCann Worldgroup – ano passado, ele renunciou ao cargo de presidente do conselho da W WMcCann, função que exercia desde 2010, desde a fusão da W/Brasil com a americana McCann.


Enviado por: Redação
10/04/2018 - 15:15

Há seis anos sem expor no Rio, George Iso inaugura a exposição Pinturas Abstratas, nesta terça-feira (10/04) na Galeria Patricia Costa, em Copacabana. O artista mostra ao público 12 telas em grandes formatos.


Enviado por: Lu Lacerda
10/04/2018 - 15:03

A Galeria do Ateliê da Imagem inaugura , nesta sexta-feira (13/04), a exposição “O instante mais longo”, da artista Monica Mansur com trabalhos feitos em filmes de pinhole (mais conhecido como o “buraco da agulha” ou ainda câmera escura) – imagens obtidas em dispositivos que não utilizam lentes. O Ateliê da Imagem fica na Avenida Pasteur 453, Urca (2541-6930). Entrada franca.


Enviado por: Redação
10/04/2018 - 15:00

Maya Gabeira: carioca concorre ao “Oscar” do surfe

maya-gabeira-a

Maya Gabeira: surfista carioca concorre ao “Big Wave Awards”, o Oscar das ondas grandes /Foto: Reprodução Instagram

Maya Gabeira é uma das indicadas ao “Big Wave Awards”, da World Surf League (WSL), prêmio considerado o “Oscar” das ondas grandes, que acontece no dia 28 de abril, em Santa Mônica, Califórnia. A carioca, que, desde o segundo semestre de 2017, mora em Nazaré, na costa portuguesa, com estadas longas no Brasil, concorre por ter surfado uma onda de pouco mais de 24 metros de altura na Praia do Norte, Nazaré, em janeiro passado – a mesma onde sofreu um grave acidente em 2013. Se ganhar, será a primeira surfista mulher a entrar para o Guinness Book, o livro dos recordes. “Ainda não tinha ‘performado’ desde o meu acidente; então estava ansiosa e bem tensa. Foram quatro horas na água para eu achar essa onda”, disse ela à época. Até o momento, o espaço no Guiness é do americano Garrett McNamara, que pegou uma onda de 23,8 metros na mesma Nazaré, em 2011. Além dela, mais dois brasileiros estão na disputa do prêmio: Lucas Chumbo, na categoria “Biggets Paddle” (as maiores ondas surfadas sem a ajuda de um jet-ski), e Rodrigo Koxa, na “Biggest Wave” (maior onda surfada com 25 metros, também em Nazaré).


Enviado por: Redação
10/04/2018 - 14:05

A joalheria Alessia inaugura loja no Plaza Shopping Niterói, nesta quinta-feira (12/04), às 19h. No evento, trilha sonora do DJ Matheu Vannier e buffet Maria & Amélias, com opções de petiscos sem glúten e sem lactose.


Enviado por: Redação
10/04/2018 - 13:00

Artistas lotam teatro em protesto contra votação no STF

Ao contrário do que vemos em eventos sociais e lançamentos de novelas, a seriedade foi a marca registrada no rosto dos artistas durante o encontro para protestar contra a votação do Supremo Tribunal Federal (STF), no dia 26 de abril, que pode “acabar com a obrigatoriedade de diploma ou certificado de capacitação para o as profissões de artista e técnico em espetáculos de diversões”, conhecido como DRT, nessa segunda-feira (09/04), no Teatro XP, no Jockey. A sala ficou tão lotada que várias pessoas sentaram nas escadas de acesso ou ficaram de pé mesmo para ouvir os integrantes dos grupos Movimento de Artistas e Atores (MOVA) – criado por Antonio Fagundes em 2013 – e o Movimento de Artistas de Teatro do Rio (MATER), que sentaram em cadeiras improvisadas no palco com um telão que transcrevia os discursos de 5 minutos cada.

Vez ou outra, o microfone era passado ao público, caso de Camilla Amado, atriz e professora de interpretação da maioria ali presente. “Sempre me perguntei esse mistério de todos estarem aqui na hora exata da reunião”, disse ela, fazendo todo mundo dar risada. “Mas a arte transforma a sociedade porque ela introduz o amor, a beleza, a harmonia, ética e responsabilidade. Não é de espantar que eles queiram acabar com isso”, finalizou aos gritos e palmas.

Houve até reunião de vilãs, só pra dar uma descontraída: Renata Sorrah, sentada ao lado de Marieta Severo, ou seja, Nazaré Tedesco, a eterna malvada de “Senhora do Destino”, de Aguinaldo Silva, e Sophia, a atual cascavel em “O Outro Lado do Paraíso”, de Walcyr Carrasco. O ator Thiago Fragoso lançou a piada: “Alguém duvida da força dessa união?”

Paulo Betti, do MOVA, citou a frase do escritor Henry James: “Trabalhamos no escuro, fazemos o que está ao nosso alcance, damos o que temos. Nossa dúvida é nossa paixão, e nossa paixão é nosso ofício. O resto é a loucura da arte”, acrescentando que “até acendi uma vela para que a gente encontre um caminho para fazer tudo da maneira mais correta e positiva para nossa profissão”.

A comediante Dadá Coelho, mulher de Betti, foi mais taxativa ao segurar o cartaz que dizia “vai voltar a carteirinha de puta, pelo menos?”, em alusão à descrição de vários artistas que tiveram o documento assinado pela Polícia Federal na década de 50 e 60, como Fernanda Montenegro.

Zezé Polessa, também do MOVA, confirmou que a classe vai marcar um encontro com a ministra Cármen Lúcia, presidente do STF, para entregar-lhe, em mãos, um documento feito pelos artistas, como publicado aqui. “Perder nossos direitos é como perder massa magra depois de certa idade. Acredito que a Drª Cármen terá bom senso e consideração com a categoria”, disse Zezé.


Enviado por: Redação
10/04/2018 - 12:00

Felipe Bronze: praticamente um agitador cultural

O incansável Felipe Bronze está virando praticamente um agitador cultural – ele fez mais um evento nessa segunda-feira (09/04), em seu Pipo, em São Conrado, para lançar a revista VIP. O chef é capa da edição de abril, mostrando que está aí pra negócio – na TV ele está à frente de quatro atrações: “Que Seja Doce” e “The Taste Brasil”; o programa Perto do Fogo, em que prepara receitas na brasa; e o recente “Jogada de Chef”, no qual cozinha na casa de seis jogares da seleção pré-convocados para a Copa da Rússia. Mas, entre um Oro Burger, a polenta na brasa e a costela de boi com farofa de ovo, drinques com gin Amázzoni e tacinhas de espumantes, o tema que prevaleceu entre os convidados foram os últimos acontecimentos da política nacional. Felipe – que desejava ser presidente do Brasil quando criança – é um cara politizado e filiado ao Partido Novo, mas descartou uma possível candidatura, “por enquanto”, disse. Como empresário, ele se prepara para abrir o Pipo em São Paulo, no Museu da Imagem e do Som (MIS), no segundo semestre.


Enviado por: Redação
10/04/2018 - 11:00

Em casa, por Manu e Marcia Müller: escolas

marcia-1

Depois de vivermos dias impactantes no nosso país, sabemos que a educação é a única saída para um Brasil saudável. Abismos sociais, falta de futuro, entre outras coisas, tudo isso e muito mais se resolve mesmo é com a educação. A construção de escolas deve ser uma prioridade para esse novo olhar do País. Para a maioria de nós, arquitetos, projetar escolas é maravilhoso não só pelo fluxograma dos espaços como também pela liberdade do partido arquitetônico. As escolas devem ser lúdicas, atrativas e extremamente criativas.

Com novos recursos sustentáveis existentes no mercado, podemos fazer das escolas exemplos de construções interativas e ecológicas. As mais modernas servem, ainda, para capacitar pessoas em novas técnicas, como a arquitetura laboratorial, onde a própria construção serve também de escola para novos métodos.

marcia-2

Aprender é maravilhoso, fazer escolas é um processo interativo entre arquitetos, construtores, educadores e alunos. Fazer da escola um lugar atrativo que desenvolva interesse, prazer e alegria é o objetivo para que alunos guardem na memória afetiva a vontade de aprender. Desenvolver e projetar um espaço que gere diversão e bem-estar é o grande objetivo de todo arquiteto. As escolas são poesias geométricas em forma de construção, fonte de esperança e de futuro!

tarja-marcia-e-manu-muller-2017


Enviado por: Redação

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline