12/09/2018 - 14:40

“Gilsons”: show de despedida para Bela Gil

“Gilsons”: Bela, Maria, Francisco, Preta, José, Flor, Flora, Gil, João e Marina Morena /Foto: Vera Donato

“Gilsons”: o casal Gilberto Gil e Flora /Foto: Vera Donato

“Gilsons”: Chay Suede com Francisco Gil – Alice Wegmann com Francisco Gil /Fotos: Vera Donato

“Gilsons”: Carolina Dieckmann – Rodrigo Godoy e Preta Gil /Fotos: Vera Donato

“Gilsons”: Alexandre Fonseca e Maria Gil – Benedita Casé Zerbini e João Pedro Januário /Fotos: Vera Donato

“Gilsons”: Marcella Birman, Miguel Ribas e Fernanda Ribas /Foto: Vera Donato

Nessa terça-feira (11/09), o Gilsons – projeto musical que reúne filho e netos de Gilberto Gil (José é filho caçula de Gil; Francisco, de Preta; João, de Nara), no Dumont Arte Bar, na Gávea, estava na plateia praticamente toda a família, também como uma despedida para Bela Gil, que está partindo de mala e cuia nesta quarta-feira (12/09) – junto com o marido, João Paulo Demasi, e os filhos, Flor e Nino – pra região de Piemonte, na Itália, pertinho de Torino, onde passará um ano fazendo pós-graduação em “slow food” (alimentação saudável que preza pela qualidade de vida e a preservação do Planeta) na Universidade de Ciências Gastronômicas. Com a família Gil não tem tempo ruim, nem para despedidas, e a noite esteve animadíssima. O ponto alto foi a hora em que Flor subiu ao palco para cantar a música de que ela mais gosta, “Sem Ar” – de cabelos cor-de-rosa e toda solta, a lindura foi sucesso do começo ao fim. Repara nas fotos. 

Enviado por: Redação
18/04/2018 - 15:20

Clipe da Nação Zumbi tem imagens inéditas de Gil

gilberto-gil-photo-by-daryan_dornelles-a

Gilberto Gil: imagens em vídeo inéditas do compositor estão no novo clipe da Nação Zumbi /Foto: Daryan Dornelles

A Nação Zumbi lançou, nessa quarta-feira (18/04), o clipe de “Refazenda” (1975), regravação de Gilberto Gil, com imagens audiovisuais inéditas do compositor na Bahia dos anos 70. No vídeo, o artista aparece através das lentes de uma Super-8 ao lado de familiares e amigos na praia, tudo sobreposto com a gravação atual da Nação. “Atendendo ao desejo da banda de ter a imagem de Gil na produção, comecei a estudar formatos e busquei materiais originais para revisitar o tempo retratado na música. Foi quando encontramos Mario Luiz Thompson e seu acervo (fotógrafo especialista em cantores da MPB desde a década de 60)”, conta Denis Cisma, diretor da produção. Ele também descobriu que “Refazenda” é uma palavra criada por Gil para representar Guariroba, nome de uma palmeira do Planalto Central e de uma fazenda que um grupo de amigos tinha a uns cem quilômetros de Brasília – a ideia deles era criar uma comunidade alternativa.


Enviado por: Redação
25/01/2018 - 19:30

Gilberto Gil lota esquina mais famosa de São Paulo

gil-b

Gilberto Gil: cantor fez show na tarde desta quinta-feira (25/01) em São Paulo /Fotos: AG.News

Gilberto Gil: cantor fez show na tarde desta quinta-feira (25/01) em São Paulo /Fotos: AG.News

Gilberto Gil teve dificuldade para chegar ao trio elétrico na esquina mais famosa de São Paulo, nas avenidas São João e Ipiranga, na tarde desta quinta-feira (25/01), para o show em comemoração aos 464 anos da cidade, de tanta gente pelas ruas. O evento foi uma parceria do Bar Brahma com a escola de samba Vai-Vai – o cantor é enredo da agremiação, a maior campeã do carnaval paulista, com 15 títulos. “A homenagem me toca muito. É o reconhecimento de muitos anos de contribuição, assim como a Vai-Vai, uma escola que há 80 anos vem fazendo um papel na lacuna que é do espírito e da alma em uma cidade que é de muito trabalho”, disse ele, que abriu a apresentação ainda dentro do Bar Brahma, para 600 pessoas, com a música “Palco”, seguida de “Realce!”, “Aquele abraço”, Expresso 2222″, “Andar com fé” e “Toda menina baiana”. Depois foi para o trio elétrico, para a alegria geral do público que ficou do lado de fora.

Parabéns, Sampa! Sempre uma alegria estar aqui.

Uma publicação compartilhada por Gilberto Gil (@gilbertogil) em


Enviado por: Redação
29/11/2017 - 15:07

Gilberto Gil: grande noite de homenagem no UBC

Gilberto Gil ganhou o troféu de compositor do ano na primeira edição do Prêmio UBC de música, na noite dessa terça-feira (28/11), na sede da União Brasileira dos Compositores (UBC), no Centro do Rio. O músico, comemorando 75 anos e 50 de carreira em 2017, teve uma grande festa com amigos, família e muita cantoria no palco. As referências às composições estavam por todo lado, desde o fusca azul parado na entrada, uma alusão a “Volkswagen Blue”, ao som do elevador tocando “O Melhor Lugar do Mundo é Aqui e Agora”, até as paredes e tetos repletos de versos de Gil, além de um ator declamando numa das salas.

As mais de 80 caricaturas dos diversos compositores da UBC feitas por Lan foi um sucesso – aliás, ele desceu a serra ao lado da mulher, Olivia Marinho, para entregar pessoalmente a imagem de Gil. Um dos momentos mais emocionantes foi quando Maria Rita, acompanhada do marido, o músico Davi Moraes, subiram ao palco e cantaram “O Compositor me Disse”, música que Gil fez para Elis Regina. Novos nomes da MPB – Iza, Mariana Aydar, Marcelo Jeneci etc – surpreenderam o homenageado com músicas suas que ele ainda não gravou. Intercalando com o show, imagens no telão de pessoas que mandavam mensagens gravadas na Cinelândia com o painel de Gil ao fundo. Para fechar, subiu ao palco Zeca Pagodinho para entregar o troféu e cantarem juntos “Aquele Abraço”, acompanhados do coro uníssono dos convidados.


Enviado por: Redação
02/11/2017 - 14:00

Funk’n Lata: Ivo Meirelles (re)lança música com Seu Jorge

Ivo Meirelles e Seu Jorge: dupla vai lançar "Mangueira" relembrando o Funk'n Lata /Foto: Acervo Pessoal

Ivo Meirelles e Seu Jorge: dupla vai lançar “Mangueira” relembrando o Funk’n Lata /Foto: Acervo Pessoal

Se você nasceu na década de 80, com certeza se lembra do Funk’n Lata, grupo de percussão criado por Ivo Meirelles em 1995, que misturava elementos tradicionais de samba com o funk, o rap e o soul. Seu criador está preparando uma homenagem ao grupo (desde 2014) e vai lançar a primeira música, “Mangueira”, em parceria com Seu Jorge, no dia 10 de novembro, nas plataformas digitais. Além da música de Seu Jorge, Ivo gravou com Gilberto Gil, Samuel Rosa, Sandra de Sá, Elba Ramalho, Molejo, entre outros. A ideia é lançar as gravações na web, separadamente, e depois reuni-las num álbum chamado #21, com 14 faixas que revivem o Funk’n Lata.


Enviado por: Redação
17/10/2017 - 11:56

Gilberto Gil vai dividir o palco com Moreno Veloso

Festival Bananada: Gil e Moreno Veloso serão atração do evento /Foto: Divulgação

Festival Bananada: Gil e Moreno Veloso serão atração do evento /Foto: Divulgação

Gilberto Gil é a primeira atração confirmada da 20ª edição do Festival Bananada, de Goiânia, entre os dias 7 a 13 de maio de 2018. O show idealizado por Bem Gil comemora os 40 anos do disco “Refavela”, criado por Gil depois de uma visita à África no início de 1977. O álbum se tornou o mais bem sucedido do cantor até ali. Mas Gil não estará sozinho no palco: Moreno Veloso e Maíra Freitas vão participar.


Enviado por: Redação

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline