“Mais um de nós foi assassinadx!” (com x mesmo, por ser de gênero neutro).   Do estilista e ativista Carlos Tufvesson, sobre o assassinato de Matheusa Passareli.