img_0365

O que deixa um arquiteto triste ou mesmo irritado é a pergunta “você já fez um projeto assim antes?” Para nós todo projeto é feito como se fosse a primeira vez. A criatividade e o pensamento para cada projeto são especiais e únicos. A técnica aprende-se, competência, não, ou seja, ou um arquiteto tem criatividade, ou não tem.

Ao escolher um profissional, opte por aquele com quem, já na conversa, exista uma conexão. Quem não entende de arquitetura escolhe nomes famosos e nunca arrisca. A arquitetura bem feita é aquela que acolhe os que vão usar um espaço, seja público, ou residencial unifamiliar. Um bom arquiteto sabe que o trabalho não tem importância perto de um cliente – é muito importante ser flexível diante dele.

O verdadeiro arquiteto tem respeito por quem o chama e sabe que, ao contrário do que alguns pensam, o cliente melhora o nosso projeto. O verdadeiro trabalho contribui e diverte ao mesmo tempo. Devemos contribuir, principalmente, para o nosso planeta, ter um olhar consciente sobre as nossas escolhas e muito humor.

coluna-marcia-e-manu

Um projeto não tem que ter identificação com o faz, e sim com o cliente. Sempre existe um projeto diferente, portanto, ideal para cada arquiteto. Adoro quando me perguntam: “Você já faz fez algum projeto assim?” E eu sempre falo: “Ainda bem que não!”

O importante não é ter uma marca, e sim uma possibilidade de criar algo exclusivo e talhado para o cliente. O projeto ideal é sempre o próximo. Na arquitetura, assim como na vida, precisamos sempre ter humor e nos levar a sério. A consciência das escolhas e dos cuidados com o nosso planeta: essa é a última moda e tendência do momento!

tarja-marcia-e-manu-muller-2017

Share
Enviado por: Redação

Os comentários estão fechados.


SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline