De Próprio Punho, por Júlia Barroso (jornalista): “No auge da minha dor, resolvi contar a minha história com a escoliose”

Hoje sou a mulher da coluna torta, mas já fui a menina. Aos 11 anos, em uma consulta de rotina com médico ortopedista, descobri uma grave deformidade na coluna: escoliose. Logo eu, uma pré-adolescente cheia de vida, vaidosa e, como a maioria, descobrindo o próprio corpo. A notícia, que chegou mais explicadinha por meio dos…