Seis perguntas para Almir França (estilista e ativista): Com retalhos doados, já passa de 10 mil máscaras

A vida ficou ainda mais intensa para Almir França, estilista, pedagogo e ativista de direitos humanos. No início de março, quando teve que fechar seu ateliê, na Praça da Bandeira, pensou: “Ou a gente liga a máquina de costura, ou enlouquece”. Escolheu a primeira opção e começou a pensar na produção de máscaras sustentáveis, feitas de…