“Mãos de fada” é como a estilista brasileira Clo Kronenberger é chamada em Paris. Morando na França há mais de 20 anos, Clo desenvolveu um método bem autoral para construir suas coleções. Seu trabalho de moulage sem costura lateral, com pences, faz com que as peças tenham um acabamento de alta costura. Sempre usando materiais nobres, como sedas, musselines, organzas, rendas francesas, ela realça ainda mais o lado sofisticado de suas roupas. As rendas de Bilro, frivolité e pet que ela utiliza vêm de uma parceria com três associações do Nordeste brasileiro.

Várias maisons contratam seu trabalho manual durante a concepção dos modelos, como Yves Saint Laurent, Givenchy, Louis Vuitton, Jean-Paul Gualtier – às vezes, para desenvolver modelagens ou mesmo fazer acabamentos. Sua cliente é uma mulher elegante e moderna, que gosta de se vestir com exclusividade. Sim, na coleção da Clo, os modelos são exclusivos; só tem uma peça de cada. Até as lindas blusas de algodão puro com detalhes em rendas.

Seus modelos já foram fotografados por revistas como a L’Officiel francesa e, no Brasil, Cláudia, Elle e Marie Claire. O talento de Clo também é demonstrado em vários workshops organizados em Paris com a professora Lilyan Berlim, das universidades FJV, UVA, Lasalle, sobre iniciação à técnica de moulage. Uma mulher dinâmica, criativa e de extremo bom gosto, que plantou seu estilo com sucesso na cena fashion internacional.

O novo catálogo da coleção inverno 2013/2014 do estilista de sapatos Christian Louboutin tem um clima de “barroco chique”. Mais uma vez, ele convidou Peter Lippmann para fotografar as modelos e os sapatos – agora, com inspiração nos quadros do grande pintor Peter Paul Rubens, como “Dois Sátiros”, “As Três Graças” e “Davi e Golias”. O resultado é um trabalho brilhante em tons sensuais, combinando com o espírito teatral da coleção. Fotos maravilhosas!

O cenógrafo, escritor e artista plástico norte-americano Robert Wilson é o convidado do Museu do Louvre para uma exposição inusitada, na qual criou um quarto com 600 objetos pessoais para mostrar o universo de seu cotidiano. São cadeiras, uma cama enorme, livros, bibelôs e quadros, inclusive um da cantora Lady Gaga posando como Mademoiselle Caroline Rivière, com longo casaco branco e luvas na cor mostarda, pintado por Ingres em 1806.

Todas as peças vieram do apartamento de Wilson em Nova York e de seu atelier em Watermill. É interessante ver tudo que um dia serviu de inspiração para este artista polivalente, criador de grandes obras. “Living rooms, Bob Wilson no Louvre como em sua casa” fica em cartaz até 17/02/2014.

A novidade digital deste mês foi o lançamento da revista Magazine K, do grupo de luxo, esporte e lifestyle Kering, dono de marcas como Alexander McQueen, Saint Laurent e Gucci, entre outras. Segundo Louise Beveridge, diretora de comunicação, a revista digital é mais uma maneira de afirmar o posicionamento do grupo no mercado fashion. O conteúdo editorial será sempre moda, esporte, arte e design, mostrando o que há de melhor nestes três segmentos. É só visitar para conferir!

Ao que parece, o gigante da tecnologia Apple voltou a se interessar – e muito – por moda. A contratação da ex-diretora da Burberry Angela Ahrendts e, antes dela, de Paul Deneve, ex-diretor da Saint Laurent, levam a crer que a marca da maçã está traçando um caminho na moda de acessórios de luxo, como bolsas, relógios e óculos, com seu estilo vanguardista. Segundo o especialista em marketing Scott Galloway, a Apple, depois de ter ultrapassado todos os seus concorrentes (Samsung e Microsoft), pode muito bem criar um novo projeto para a clientela fashion.

Não seria a primeira vez que a Apple se interessa por moda; em 1986, eles lançaram uma coleção de moletons, com camisetas e calças que não fizeram muito sucesso (veja na foto abaixo). Eles deixaram quieto e, quase 30 anos depois, pensam em tentar pela segunda vez, sempre fiéis aos desejos de seu fundador, Steve Jobs. Aguardemos os próximos capítulos!

Um livro com toda a exuberância e extravagância das joias indianas foi lançado pela editora Assouline“Beyond extravagance” é uma edição de beleza rara, com fotos que revelam a importância da alta joalheria na cultura indiana antes da independência do pais. Familias e marajás com anéis, colares incrustados de diamantes, rubis e esmeraldas; joias antigas, espada em Jade, vidros de cristal e ouro, caixas em diamantes – são quatro séculos do sonho indiano. Tudo isso faz parte da coleção de pedras e joias preciosas do Sheikh Hamad. Livro para colecionar!

Share
Enviado por: Redação

1 comentário para "Paris, por Paulo Pereira: uma brasileira com mãos de fada"

  1. 21/11/2013 - 06:16 Enviado por: Valerie Lange

    Oi Paulo, muito legal a reportagem da nossa talentosa Clo, sou admiradora , espero que conhecedores e profissionais da moda se interessem pelo seu trabalho, pois infelizmente ela foi pistolada, e como dizem os franceses “Domage”, bs