Nem o assalto sofrido por Juliana Paes, nessa terça-feira (12/02), ofuscou a felicidade da musa do camarote da Grande Rio. Ela era só alegria e transparências: o figurino deixou o talento físico todo à mostra, e que talento! “Obrigada pelo carinho! Não me senti a musa do camarote, me senti a dona da porra toda!”, disse ela em post no Instagram.

No domingo (11/02), a atriz defendeu a escola de Duque de Caxias, que homenageou Chacrinha, como rainha de bateria depois de 10 anos sem pisar na avenida. “Sempre gostei demais de brincar carnaval. Eu venho inteira para curtir isso tudo aqui e não preciso dos holofotes para mostrar que eu amo carnaval. A Grande Rio hoje é a minha casa, a minha família no samba. Estou feliz da vida”, disse ela, que avisou que não volta como rainha em 2019. No palco, que reproduzia exatamente o “Cassino do Chacrinha”, o cantor Sidney Magal, revelado por Abelardo Barbosa, foi a atração principal, cantando sucessos como “Sandra Rosa Madalena” e “Meu Sangue Ferve Por Você” – claro, fez dancinha sensual e levou o público à loucura. Miguel Falabella, que foi o homenageado da Unidos da Tijuca, primeira escolha a desfilar, também esteve por lá e foi muito assediado. Confira as fotos na galeria.

Share
Enviado por: Redação

Os comentários estão fechados.


SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline