31/10/2018 - 19:00

Neymar: um alerta para o Dia das Bruxas

Neymar: jogador do PSG ainda é lembrado pelos tombos na Copa, desta vez pelos bombeiros de Dublin /Fotos: Reprodução

A zoeira com Neymar e seus tombos durante a Copa do Mundo na Rússia não tem fim. Nesta quinta-feira (31/10), os bombeiros de Dublin, capital da Irlanda, publicaram uma mensagem no Twitter com um gif do jogador rolando nos gramados para alertar sobre os supostos acidentes com as fantasias de Halloween. “Parem, deitem e rolem. Se suas fantasias pegarem fogo, façam como Neymar. Correr vai fazer as chamas se espalharem”. O post já foi passado à frente quase mil vezes. A dica faz parte de uma campanha de prevenção para o Dia das Bruxas, todas em clima bem humorado.


Enviado por: Redação
31/10/2018 - 18:40

CasaCor Rio: um lugar que nunca para

Carlos Vieira, Carla Barros e Alexia Dechamps /Foto: Ari Kaye

Caco Borges e Vinicius Cantuária /Foto: Ari Kaye

Simone Klabin e Wagner Lofare /Foto: Ari Kaye

Beto Gatti e Patricia Mayer /Foto: Ari Kaye

Mabel Graham, Napoleão Veloso e Luciana Algarte /Foto: Ari Kaye

Alessandra Brito e Dani Oliveira /Foto: Ari Kaye

Está aí um lugar no Rio que nunca para: o CasaCor, na Glória, pelo menos até este fim de semana – só vai até 04 de novembro, tá? Nessa terça-feira (30/10), dois eventos simultâneos tomaram conta do casarão: um show de Vinicius Cantuária, convidado pelo arquiteto Caco Borges, seu amigo; o outro foi o lançamento da coleção de joias “Frágil”, de mãe e filha, Carla Barros e Tota Velloso, com peças inspiradas em tatuagens, com curadoria de Anna Clara Tenenbaum.


Enviado por: Redação
31/10/2018 - 17:45

Shopping Leblon: passinhos para o verão

Clarice Tenenbaum e Lilian Pieroni /Foto: Bruno Ryfer

Maria Antônia Ferraz e Carol Koeller /Foto: Bruno Ryfer

Rodrigo Peirão – Léo Neves /Foto: Bruno Ryfer

Márcia Kemp e Krika Koeller /Foto: Bruno Ryfer

Flávia Arruda e José Camarano /Foto: Bruno Ryfer

Joaquim Fernandes e Felipe Veloso /Foto: Bruno Ryfer

Rodrigo Silveira, diretor da Birkenstock na America Latina; e Henrique Baez, superintendente do Shopping Leblon /Foto: Bruno Ryfer

Rodrigo Barreto e Mika Chermont /Foto: Bruno Ryfer

Roberta Pederneiras e Ramiro Monarcha /Foto: Bruno Ryfer

As havaianas acabam de ganhar uma concorrente forte neste verão carioca. A Birkenstock, marca alemã de sandálias velha conhecida dos pés de todo tipo, dos iogues, dos surfistas, das gatinhas (ou nem tanto), dos cariocas, enfim, inaugurou a primeira loja no Rio, nessa terça-feira (30/10), no Shopping Leblon.  Uma das novidades é a linha especial 100% vegana, livre de qualquer origem animal. Foi a preferida da noite! O povo da moda aplaudiu. 


Enviado por: Redação
31/10/2018 - 16:30

O bar do Zeca

Zeca Pagodinho, Padre Jorjão e Alcione /Foto: Murillo Tinoco (AGi9)

Nelson Sargento /Foto: Murillo Tinoco (AGi9)

Moacyr Luz beijando a mão de Monarco, da Velha Guarda da Portela /Foto: Murillo Tinoco (AGi9)

Elba Ramalho e Carlinhos de Jesus /Foto: AG.News

Flora Gil e Zeca Pagodinho /Foto: Murillo Tinoco (AGi9)

Zeca Pagodinho, Marcelo Madureira e Dudu Nobre /Foto: Murillo Tinoco (AGi9)

A bênção do padre Jorjão com galhinhos de arruda /Foto: Murillo Tinoco (AGi9)

Foi um verdadeiro beija-mão na inauguração do Bar Zeca Pagodinho, nessa terça-feira (30/10), na Barra, para onde o artista se mudou há alguns anos – mesmo tendo Xerém, na Baixada Fluminense, como seu QG particular e predileto. Por ali, circulavam nomes da Velha Guarda do carnaval carioca, como Nelson Sargento, da Mangueira – e também Alcione, verde-e-rosa fervorosa; Monarco, da Portela; além de Elba Ramalho, Jorge Aragão, Sérgio Loroza, Charles Gavin, Flora Gil etc. No meio de tanto chope, cerveja, sambinha dos bons, claro que o lugar merecia uma bênção, e eis que sobe ao palco padre Jorjão, da Paróquia Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, grande amigo de Zeca, com sua água benta em folhas de arruda. “Para onde eu vou, o carrego”, disse o precavido sambista.

O bar, com mais de 1.000 metros quadrados, foi ideia do empresário Paulo Pacheco, uma homenagem ao samba carioca, patrimônio cultural do Brasil, e a um dos nomes mais importantes do gênero, Zeca – pelas paredes, estão fotos da vida e carreira do cantor (até a primeira comunhão), esculturas de São Jorge e de São Cosme e Damião, o palco da Portela etc. As comidinhas de boteco, feitas por Toninho do Momo, chef de um dos botequins mais tradicionais do Rio, foram sucesso absoluto, com bolinhos de arroz, empadas de rabada e camarão, coxinhas de galinha e caranguejo, caldinhos de mocotó e de feijão. E, claro, roda de samba foi o que não faltou.


Enviado por: Redação
31/10/2018 - 16:22

O físico Ricardo Horowicz e o psicanalista Luiz Alberto Py lançam o livro “Uma reflexão sobre erros, acertos e o papel do aleatório em nossas vidas”, nesta segunda-feira (05/11), na Livraria da Travessa, no Shopping Leblon.


Enviado por: Redação
31/10/2018 - 16:19

Nos dias 10 e 11 de novembro o Jardim Botânico recebe a 1ª edição da “Lá da Serra”, feira de pequenos produtores independentes da Serra Fluminense. Serão 15 expositores de conservas artesanais, confeitaria, molhos e granolas especiais, pães de fermentação natural, produtos da estação etc.


Enviado por: Redação
31/10/2018 - 14:50

Fernanda Montenegro: homenagem para Marília Pêra em SP

Vinícius de Oliveira, Fernanda Montenegro e Walter Salles /Foto: AG.News

Bárbara Paz – Daniel Rocha /Foto: AG.News

Depois de 20 anos do sucesso estrondoso de “Central do Brasil” (1998), de Walter Salles, o filme continua firme na missão de emocionar muita gente. Nessa terça-feira (30/10) aconteceu uma sessão especial no Espaço Itaú de Cinema, durante a 42ª Mostra Internacional de Cinema, em São Paulo, com cópia restaurada em 4k – na plateia, Fernanda Montenegro assistiu ao longa com Vinícius de Oliveira, o ator mirim (à época) protagonista. E, por fim, Fernandona pegou o microfone para falar sobre a produção e ficou emocionada ao citar o nome de Marília Pêra, que morreu em 20014, amiga da vida e colega na produção que foi indicada ao Oscar. No dia 3 de novembro, a versão chega aos cinemas cariocas. 


Enviado por: Redação
31/10/2018 - 13:31

Lenny Niemeyer: mistura boa do comercial com o pessoal

Luiza Sobral, Liza Canha, Fran Monfrinatti, Lenny Niemeyer, Mariah Bernardes e Camila Coutinho /Foto: Miguel Sá

Glenda Kozlowski e Yara Figueiredo /Foto: Miguel Sá

Nazaré e Oskar Metsavaht – Lenny Niemeyer e Lulu Lima e Silva /Foto: Miguel Sá

Daniela Falcão, Alexandre SaÌ e Lenny Niemeyer /Foto: Miguel Sá

Bel Niemeyer, Chris Pasqualette e Flavia Leal /Foto: Miguel Sá

Joana Nolasco, Lenny Niemeyer e Mariah Bernardes /Foto: Miguel Sá

Paula Bergamin, Felipe Feitosa e Michelle Pin /Foto: Miguel Sá

Raissa Bittar, Cintia Conti e Natacha Oliveira /Foto: Miguel Sá

Karina Nunes e Tatiana Bonaparte /Foto: Miguel Sá

Com Lenny Niemeyer, em assuntos de moda, é meio que aquela situação que começa dando certo. Com esse olhar de empresário atento, Alexandre Birman convidou a estilista para uma parceria: pela primeira vez, sua marca de sapatos faz collab com moda praia. A casa da estilista, na Lagoa, que já foi endereço de grandes festas, mas passa por uma fase mais tranquila, esteve no espírito de sempre, para essa carioca nascida em Santos, que sabe misturar como poucos o comercial com o pessoal. E esse vaivém foi com jantarzinho da Adriana Mattar – dando prazer aos paulistas que não conheciam seus sabores. Sim, porque os cariocas já se deleitam faz tempo. 


Enviado por: Redação
31/10/2018 - 13:00

Carta aberta ao presidente

Carta aberta ao presidente: menina de 8 anos faz pedidos ao novo todo poderoso do País /Foto: Reprodução redes sociais

A menina Lara, de 8 anos, já escreveu uma carta fazendo pedidos ao presidente eleito, Jair Bolsonaro. O textinho ganhou as redes sociais nesta quarta-feira (31/10) e, entre as sugestões, estão que celulares custem R$ 5 – “Pense bem como ia facilitar a vida das pessoas pobres?”, diz ela –, além de balas a R$ 0,5 e chicletes a R$ 0,10, mas pediu que proibisse a venda de Plutonita, um chiclete azedíssimo, moda entre criancinhas. “Sou uma criança de 8 anos querendo ajudar o mundo”, assina ela no fim.  Que lindura é essa?


Enviado por: Redação
31/10/2018 - 12:00

A “Alma Azulejada” de Cosme Martins

O artista plástico Cosme Martins, com a diretora do MNBA, Mônica Xexéo, e o poeta e curador Carlos Dimuro /Foto: Marco Rodrigues

Alice Barbosa Lima e Luiz Antonio Braga /Foto: Marco Rodrigues

Kakati de Paiva com o casal Bartolomeu Buarque de Holanda e Rosana Buarque de Holanda /Foto: Marco Rodrigues

Evandro Carneiro e BB Schmitt /Foto: Marco Rodrigues

Paula Paraíso e Ruy Schmith /Foto: Marco Rodrigues

O artista plástico Cosme Martins, maranhense de São Bento, mas carioca-como-poucos desde a década de 80, começou as comemorações de 40 anos de carreira com a abertura da exposição “Alma Azulejada”, nessa terça-feira (30/10), no Museu Nacional de Belas Artes, no Centro. São 12 quadros em acrílica sobre tela tendo como inspiração o conjunto de azulejos dos prédios centenários de São Luís do Maranhão. O poeta Carlos Dimuro, curador da mostra, define Cosme assim: “Azulejar nossos olhos com beleza e imaginação é o trabalho incansável deste maranhense do mundo”. Cosme Martins é nome forte em muitas coleções cariocas. 


Enviado por: Redação
Página 1 de 28123451020Última »

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline