Cinco perguntas para André Ramos (maior festeiro do Rio): “As prioridades mudaram e nos forçaram a ter outro olhar sobre o que um dia foi importante”

A expressão “Petit Comité” nunca esteve entre as preferidas do empresário André Ramos, nem no Rio, nem em Paris, onde ele adora passar temporadas. Adorava, claro! Agora, imagina você, uma pessoa acostumada a dar festas e festas, de repente sem poder fazer nada há mais de um ano? A realidade é isoladinho-em-casa, na Gávea, onde…

De Próprio Punho, por Anna Penido, educadora, viúva do jornalista Gilberto Dimenstein: “Depois que ele se foi, não tive medo da dor, por entendê-la inevitável”

Assim que Gilberto partiu, passei a dormir do outro lado da nossa cama. Inicialmente, pensava que a minha decisão tinha a ver com a vontade de estar mais perto dele, de me moldar às marcas deixadas por seu corpo no nosso colchão. Mais adiante, percebi que evitava a experiência de me defrontar com a ausência…

Paris, por Paulo Pereira

Uma nova e deliciosa pâtisserie foi inaugurada no Hotel Ritz, com tudo de mais parisiense possível. São croissants “reinventados” (em outro formato), pães com chocolate, cake marbré (o nosso bolo mármore, que traz memórias afetivas), arroz-doce, três versões de sanduíches : Cesar, salmão e vegano. A entrada é do lado da Rua Cambon, e o…

Nesta sexta (11/06), a artista plástica Fani Bracher completa 77 anos e, para comemorar, o Ateliê Casa Bracher exibe o documentário “A Casa Verde de Todas as Cores”, dirigido pela filha, Blima Bracher, sobre os 13 painéis nas paredes na casa da família em Piau, na Zona da Mata mineira. Mais detalhes no http://www.ateliecasabracher.com/

Nos dias 12 e 26/06, a ONG Pet Sem Dono e a ONG Pet Chance promovem uma feira de adoção de animais, de 11h às 16h, no Boulevard Bloco 6, no Uptown, na Barra. Nas últimas três edições do projeto “Adote um Pet”, 60 animais ganharam uma nova casa. Informações no 3030-5500.

Treze perguntas para Uriã Fancelli (Internacionalista — autor do livro “Populismo e Negacionismo”): “Todos deveriam se posicionar”

Nestes tempos em que as redes sociais se tornam ringues de polarização, Uriã Fancelli, 30 anos, aproveitou a onda máxima das discussões e acaba de lançar seu primeiro livro, “Populismo e Negacionismo”, com prefácio do jurista Rubens Ricupero (ex-ministro do Meio Ambiente e Fazenda), que está em 4ª lugar dos mais vendidos na seção de…

Opinião, por Eduardo Affonso: Ofensa não é opinião

Para que serve uma rede social? a) Conectar pessoas; b) Compartilhar conteúdo; c) Permitir a discussão de ideias; d) Espalhar memes, gifs, emoticons e feiquenius; e) Xingar, cancelar, difamar, humilhar, ofender, trolar. Ainda não saiu o gabarito, mas receio que a letra “e” seja a resposta mais provável, seguida de perto pela “d” e tendo…