Felipe Farme D’Amoed: designer carioca cria caixas de som de troncos devastados por queimadas

Felipe Farme D’Amoed, designer carioca que mora em Los Angeles, Califórnia, e fundador da Pipe Farme Design, está concorrendo aos prêmios internacionais na categoria inovação no “Lexus Innovation Design Award 2020”, e produto sustentável no “A’Design Awards”, por sua nova criação: o Palo Audio, troncos devastados por queimadas que viraram caixas de som em formarto…

Socos entre Glenn Greenwald X Augusto Nunes: o assunto do dia

Os jornalistas Glenn Greenwald e Augusto Nunes trocaram socos durante o programa “Pânico”, na rádio Jovem Pan, nesta quinta (07/11), depois de uma discussão alguns tons acima. Glenn chamou Augusto de covarde, que revidou com a agressão. “Acabei de chegar e descobri que o Nunes vai participar também, aquele que disse que um juiz de menores deve investigar…

André Ramos: de volta ao circuito dos réveillons

O empresário André Ramos decidiu voltar ao circuito dos réveillons, depois de dois anos (para muita gente não é nada; pra ele, uma vida) e abrir sua casa, na Gávea, ao lado do namorado, o dermatologista Gabriel Monteiro de Castro. A lista já está bombando — principalmente para as pessoas que têm pavor do baralhão de…

Jorge Salomão: a festa de 73 anos do poeta

Jorge Salomão comemorou 73 anos, nesse fim de semana, em Santa Teresa. Os amigos puderam conhecer a pousada onde ele está morando: a casa onde viveu a médica psiquiatra — considerada revolucionária — Nise da Silveira, na década de 1930. O aniversariante foi ele mesmo, que falou, recitou, gritou e declamou com a alegria habitual.  Em dezembro,…

A artista Daisy Xavier inaugura na quarta (06/11), às 19h, a exposição “Sobre como as coisas caem”, na Anita Schwartz Galeria de Arte, na Gávea, com trabalhos inéditas, pinturas e desenhos feitos com pó de ferrugem, folha e fios de latão, ácido, petróleo, e uma grande instalação com fios de metal e uma casa de vespas. A curadoria é de de Ulisses…

Teatro, por Claudia Chaves: “Ricardo III”

Menos é mais. A máxima dos tempos contemporâneos seria totalmente descabida no século XVI — tempos de realeza, expansão dos mares, da Invencível Armada; tempos de Shakespeare, a majestade da dramaturgia, com um império de personagens, histórias grandiosas e uma corte enorme de personagens. Todas essas características estão em “Ricardo III”. Gustavo Gasparani, com a coragem…