Dia dos Professores: uma homenagem da Turma da Mônica

Nesta quinta (15/10), Dia do Professor, a Mauricio de Sousa Produções divulgou uma homenagem a quatro educadoras que fizeram história através de alguns dos personagens da Turma da Mônica, parte do projeto “Donas da Rua da História”. Segundo dados do  Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as mulheres são 81% dos…

Opinião, por Marie-Laure Solanet, ex-embaixatriz “carioquesa” (mistura de carioca e francesa), autora de livro sobre o Rio: “Me deixa triste não poder receber os meus amigos do Brasil aqui, na França”

Do Brasil para a Bourgogne, passando por Paris e Perpignan. Essa foi a minha trajetória desde abril de 2014, quando finalmente decidi deixar o meu Brasil adorado, e muito especialmente o Rio, onde morei. Divorciada de um brasileiro e com filhos na França, depois de um câncer de mama, pensei que seria melhor voltar para o meu…


Warning: imagejpeg(): Unable to open '/ig/httpd/lulacerda/wp-content/uploads/2020/10/xcobra-em-casa-da-zona-Oeste.jpg.pagespeed.ic_.Q4I10nBOY2-510x306.jpg' for writing: Permission denied in /ig/httpd/lulacerda/wp-includes/class-wp-image-editor.php on line 402

Warning: imagejpeg(): Unable to open '/ig/httpd/lulacerda/wp-content/uploads/2020/10/xcobra-em-casa-da-zona-Oeste.jpg.pagespeed.ic_.Q4I10nBOY2-1020x612.jpg' for writing: Permission denied in /ig/httpd/lulacerda/wp-includes/class-wp-image-editor.php on line 402

Polícia prende homem que criava cobras — as rastejantes — na Zona Oeste

Com tantas cobras soltas por aí — rastejantes e as que a gente convive —, os agentes da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) prenderam, nesta terça (13/10), um homem que criava três delas em sua casa, no Anil, Zona Oeste. Douglas Ramon dos Santos Nunes foi autuado em flagrante pelo crime de receptação. Segundo…

De próprio punho, por Milton Cunha (carnavalesco): “Aquela gente sem dinheiro, mas cheia de outras coisas que o dinheiro não compra”

Eu queria estudar a arte popular do carnaval e cheguei ao conceito de carnavalização do mundo segundo Mikhail Bakhtin (filósofo russo), uma voz da praça pública não oficial. Sufocado pela voz oficial, a voz hegemônica, fui estudá-la. Cheguei aos conceitos de vozes da “Modernidade Sólida X Modernidade Líquida”, que me levaram ao estudo da “Hipermodernidade e da…