“Em qualquer ambiente mandar enfiar algo no cu é considerado agressão das graves — vai muito além de boas maneiras. Que um deputado, cujo salário é pago por toda a população o faça, mandando a mesma enfiar no ânus a máscara (única proteção acessível em meio a uma tragédia sanitária), é inadmissível e repugnante. Temos sido sistematicamente agredidos por esses abusos de poder, impunidade e absoluta falta de educação e empatia”.

Da consultora de etiqueta e comportamento Claudia Matarazzo sobre a fixação dos Bolsonaros com o termo “enfia no rabo”.

Leia Mais