Para inaugurar a programação de 2019, o Museu da Imagem do Som (MIS) convidou a flautista Odette Ernest Dias para a série “Depoimentos para a Posteridade”, no dia 23 de janeiro, às 14h, na sede da Praça XV. 

A primeira edição do “REP Festival” acontece neste sábado (19/01) na Cidade das Artes, na Barra, a partir das 16h. Entre as atrações, a rapper britânica IAMDDB, Baco Exu do Blues e Karol Conka

Nando Reis se apresenta ao lado da Orquestra Petrobras Sinfônica, sob a regência de Isaac Karabtchevsky, nesta quarta-feira (16/02) às 21h, no Vivo Rio, na Glória.

O cantor e compositor Zé Ricardo volta ao palco do Manouche, na Casa Camolese, no Jardim Botânico, durante quatro sextas-feiras consecutivas, a partir do dia 18 de janeiro, com o show “Segue o Baile”, com músicas para dançar. A cada semana, ele vai receber convidados: Claudio Zoli(18/01), Luciana Melo (25/01), Alcione (01/02) e Jorge Aragão (08/02).

O Cordel do Fogo Encantado faz show no Circo Voador, na Lapa, neste sábado (19/01), com músicas de seu último álbum “Viagem ao Coração do Sol”. 

Áurea Martins e Ana Costa fazem o show “O Samba e a Canção – Um tributo a Jamelão”, no Teatro Rival Petrobras, no dia 17 de janeiro, às 18h.  Áurea sonhou recentemente com Jamelão. Daí veio a ideia da apresentação inédita.

Carnaval segunda-feira (14/01)? É isso mesmo. O Cordão do Bola Preta faz seus ensaios todas as segundas de janeiro e fevereiro, a partir das 19h, no Centro.

Na terça-feira (15/01), abertura da mostra “Cartografia poética”, uma retrospectiva do trabalho de Luiz Alphonsus, artista mineiro que vive no Rio, um dos mais representativos da geração de 70, no Espaço Cultural BNDES, no Centro. A curadoria é da crítica de arte Daniela Name.

O pianista pernambucano Amaro Freitas, revelação do jazz brasileiro por fundir o gênero a ritmos regionais, como frevo e maracatu, se apresenta ao lado da conterrânea Isadora Melo, nesta terça-feira (15/01), no Manouche, no Jardim Botânico.