Neste sábado (25/05), estreia o espetáculo “O Hétero”, no Teatro Café Pequeno, monólogo performático escrito e interpretado por Zé Wendell com direção de Alice Steinbruck. A peça debate o papel do artista na sociedade.

Nesta quarta (23/05), a chef portuguesa Noélia Jerónimo será recebida por Roberta Sudbrack, do restaurante Sud, O Pássaro Verde, no Jardim Botânico, para terceira etapa do festival “Prova Portugal”. O menu desenvolvido nessa semana é inspirado na região do Algarve e promete ser mais uma viagem gastronômica e cultural.

De sexta a domingo (24 a 26/05), durante o evento “Gamboa de Portos Abertos”, a Galeria de Arte Metara vai apresentar uma exposição coletiva com os artistas Fabi Cunha, Susi Cantarino, Rona, Rogério Camacho, Guilherme Secchin, Analu Prestes, Marzio Fiorini, entre outros do acervo, na Zona Portuária. 

Tibi, o cantor, ator, compositor e tecladista da banda JAMZ, lança o show da carreira solo “Quase Pop” no dia 31 de maio, às 21h, no Teatro Solar de Botafogo, com participação de Rodrigo Suricato (Barão Vermelho), entre outros.

A bartender Jéssica Sanshez  anuncia a saída do Bar & Co, na Barra, onde ficou por dez meses, e vai se dedicar a um novo projeto, além de seguir com o GastroBar no Vogue Square, também na Barra. 

O lutador de MMA Rodrigo “Minotauro” Nogueira vai dar uma palestra durante o jantar de premiação do Departamento Esportivo da Escola Americana do Rio, no dia 22 de maio, às 18h, no Rubaiyat, no Jardim Botânico.

O Teatro de Câmara na Cidade das Artes, na Barra, recebe o concerto “Harmonitango & Marcelo Madureira”, no dia 1º de junho, às 20h. O espetáculo apresenta músicas bregas com arranjo de sinfonias eruditas acompanhadas de diálogos humorísticos. 

Nesta sexta (18/05), o Planetário da Gávea vai comemorar a lua cheia com a 1ª edição o “Luau de Santa Clara”, com o tradicional bloco de Carnaval Samba de Santa Clara, que homenageia a obra de Jorge Ben Jor, a partir das 16h.

A psicanalista Sandra Niskier Flanzer ministra o curso “A difícil arte de lidar com o luto e as perdas”, na Casa do Saber Rio, dias 15 e 22 de maio. Sandra explica como as exigências da vida moderna mudam as formas de expressar o sofrimento e a tristeza, das 19h30 às 21h30. Informações aqui.