No próximo sábado (22/06), Ithamara Koorax apresenta, pela primeira vez no Rio, o show do álbum “Ithamara Koorax Sings The Jazz Masters”, às 20h, na Sala Cecilia Meireles, no Largo da Lapa. “Nas minhas temporadas anteriores no Rio, foquei na bossa nova e na MPB. Desta vez, será um show bem jazzístico”, diz ela. 

A comédia “#SoVem”, com Victor Sarro e Renato Albani, chega ao Teatro VillageMall, na Barra, nesta quarta (19/06), com esquetes, bate-papo e interações com o público, às 22h.

Nesta sexta (21/06), vai ter o arraía “Viva São João”, no Morro da Urca, a partir de 21h, com direito a correio do amor e barraca do beijo, além de comidas típicas e muita música com Trio de Forró, Bloco Céu na Terra, Roda do Spanta Neném e os DJs Zeh Pretim e João Brasil. 

O ator Elias Andreato apresentará, no Clube Manouche, no Jardim Botânico, nesta terça e quarta (18 e 19/06), o monólogo“Arap”, em homenagem ao ator Fauzi Arap, que deixou a cena no auge para dar espaço ao grande diretor. Nestas duas noites será também lançada a biografia “Elias Andreato, A Máscara do Improvável“,escrita pelo jornalista paulista Dirceu Alves Jr.

Um dos mais tradicionais conjuntos de câmera do Brasil, o Quarteto da Guanabara, acaba de completar 50 anos e, para comemorar, o grupo, atualmente formado por Marcio Malard (violoncelo), Daniel Guedes e Ramon Feitosa (violinos) e Daniel Albuquerque (viola), se apresenta na Sala Cecília Meireles, no dia 21 de junho, às 20h.

A primeira edição Panamericana  do Congresso de Dança Moderna acontece na próxima terça (18/06), às 19h, no Teatro Cacilda Becker, no Largo do Machado. As apresentações continuam até os dias 21 e 22 de junho, às 20h, no Teatro Angel Vianna, na Tijuca.

Na próxima terça (18/06), a Orquestra Sinfônica Brasileira dará início a uma série de sete concertos no Teatro Riachuelo. O primeiro será composto por valsas de Strauss e Tchaikovsky, com regência do maestro Roberto Tibiriçá, às 20h.

O espetáculo “O Príncipe Poeira e a flor da cor do coração”, do dramaturgo e diretor Saulo Sisnando, estreia dia 22 de junho, no Oi Futuro, no Flamengo. A montagem infanto-juvenil é idealizada pelo ator e cantor Marcelo Nogueira e aborda temas como amor, morte, amizade, tolerância e diversidade de gênero.