De Próprio Punho, por Beatriz Breves (psicanalista): “Saber administrar o que sente é saber compor para si uma melhor qualidade de vida”

Quantas pessoas, por estarem vivendo o sofrimento pessoal, diante de uma dificuldade, mesmo tendo algum tipo de solução ao seu alcance, não conseguem aproveitar? E, ao contrário, quantas pessoas, por estarem vivendo o bem-estar pessoal, por mais que a vida esteja lhe desfavorecendo, frente a uma adversidade conseguem encontrar leveza para se conduzir satisfatoriamente?  Posso…

De Próprio Punho, por Mª Teresa Stengel (ONG One by One): “A maternidade me trouxe outro mundo: o mundo das crianças especiais. Meu filho nasceu com uma patologia neurológica” 

Desde muito cedo, eu soube que queria ser artista plástica, sempre desenhando, cortando e colando tudo o que tinha ao meu alcance, na província de Buenos Aires, Argentina, onde nasci. Estudei Belas Artes e achei meu mundo na gravura em metal! Há quase 23 anos, migramos para o Brasil, economia em expansão e sétima potência.…

De próprio punho, por Ilana Lipsztein (empresária): “Logo que soube do diagnóstico de câncer, já estava ligando para um médico que assinasse meu certificado de uso da cannabis”

Moro em NY, há 23 anos, e posso dizer que esta foi a semana mais difícil da minha vida. Ninguém está preparado para escutar um diagnóstico de câncer (de mama), não importa o quanto a ciência tenha avançado. Saí do consultório médico com o coração acelerado, pensamentos desconexos e uma fugaz esperança de que tudo…

De Próprio Punho, por Julia Dias Leite (CEO do CEBRI): “Meu avô dizia que as pessoas mais ocupadas são as mais eficientes”

  Iniciei minha carreira há 20 anos, no CEBRI. À época, tive o privilégio de ser apresentada ao “think tank” pelo saudoso chanceler Luiz Felipe Lampreia, seu fundador e presidente (hoje, o Conselho Curador do CEBRI é presidido por José Pio Borges). De lá pra cá, passei por instituições, como o Council of the Americas,…

De próprio punho, por Ursula Tautz (artista plástica), que levou nove toneladas de terra para o Paço: “Lembrança de tudo que aconteceu com as mortes pela Covid e dos novos tempos brotando”

Pela pandemia, minha exposição individual “O som do tempo ou tudo que se dá a ouvir”, que aconteceria no Paço Imperial, depois de cinco anos de pesquisa e planejamento, teve que ser adiada. E muito mais forte que tudo: perdi uma grande amiga, que não suportou o isolamento. Nesse período, comecei a questionar a forma…

De Próprio Punho, por Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira (presidente da Firjan): “Em sua longa vida, Jorge (Hue) nos ensinou a viver”

Inesquecível! Criança eu era. Nossa casa, na Rua David Campista, estava  em construção; Jorge Hue a visitava periodicamente. Suas observações, orientações para os engenheiros eram por suas mãos transmitidas — meus olhos, fixos, nas danças de seus lápis  e canetas no papel manteiga. Rapidamente, após os primeiros traços, apareciam os detalhes que o arquiteto imaginava. Nada…

De Próprio Punho, por Patricia Rudge (administradora): “Primeiro, não faça mal — cresci ouvindo essa frase do meu pai (o médico Elsimar Coutinho)”

Primeiro, não faça mal (Primo non nocere) — cresci ouvindo essa frase do meu pai, o médico Elsimar Coutinho, de quem, na verdade, fui enteada; neste caso, a nomenclatura não faz diferença, pois penso que o amor é que importa. É uma frase que vem do latim e sempre norteou a sua trajetória na vida. Esse…

De próprio punho, por Cláudia Porto (modelo):  “O envelhecimento não deveria ser recebido como um fardo, mas sim como um prêmio dado a poucos”

Minha história de ressignificação do conceito de beleza e aceitação das mudanças que vêm com a maturidade iniciou de um processo de curiosidade, de descoberta de quem eu realmente era debaixo de camadas e mais camadas de tinta aplicadas nos fios de um cabelo que, ao longo de muitos anos, foi tornando-se mais sem viço…