“Não vem com essa, não, já sou desencalhada”. De Narciza Tamborindeguy, nessa quarta-feira, respondendo uma brincadeirinha dos atores do espetáculo “Subversões”, no meio da plateia, no Teatro do Quatro, na Gávea. Narciza  namora o jornalista Guilherme Fiúza há seis meses.

“O vestido está um luxo extraordinário”. De Jackie de Botton, uma das produtoras executivas do documentário “Lixo Extraordinário”, fazendo um trocadilho com o título do filme, sobre seu vestido, todo bordado com produtos catados no lixão do Jardim Gramacho.

“Dei um pulo acrobático de dar inveja a uma bailarina, pra fugir de uma barata”. De Glória Perez, nesse fim de semana, contando sua reação ao ver uma barata que apareceu numa gaveta em sua casa.

“O sol aqui na Bahia está tão quente que o relógio da rua diz o fator de proteção que você tem que usar!”. De Regina Casé, nesta quarta-feira, sobre o calor de Salvador.

“Quem fascina assim uma criança de 2 anos é porque tem muita luz”. De Vera Andrade sobre Kate Moss, nesta terça-feira, encantanda com a modelo, que fez sessão de fotos em seu apartamento, na Vieira Souto.

“Querido Deus, tudo que peço para 2011 é uma GORDA conta bancária e um corpo MAGRO! Favor não misturar as coisas como fez no ano passado!”. Do estilista paulista Sergio K., nesta sexta-feira, fazendo seus pedidos para o ano.

“Nunca tive um corpo tão bacana, só que, em vez de levantamento de peso, deve ser levantamento de filhas – faz mais efeito que qualquer ioga ou pilates”. De Glória Maria, nesta terça-feira, explicando a razão de ter um corpo tão definido, nos últimos tempos: as filhas Laura e Maria.

“Não separo meu público entre gays e heteros. São apenas pessoas… Adoro Ivete, Claudinha (Leite) e acho uma loucura a jogada de pernas da Joelma, do Kalypso – adoro! Não ligo para números, se vende ou não. Meu negócio é cantar!”. De Maria Gadú, nessa quinta-feira, no Festival de Verão da Bahia, sobre seu gosto…

“Os fundamentalistas pintam os gays como se fossem bichos-papões ou máquinas de sexo como cadelas no cio”. De Carlos Tufvesson, nesta quinta-feira, nomeado pela Prefeitura como Coordenador Especial da Diversidade Sexual, dizendo que cada cidadão pode mudar o estereótipo de ver os homossexuais e que todos têm direitos iguais perante a lei.

“Se morrer na piscina, é um a menos. Vontade popular!”. De Boninho, nesta quarta-feira, respondendo aos seus seguidores no Twitter o motivo de não alertar sobre os riscos de Diana e Natalia, integrantes do BBB 11, estarem na piscina durante a forte chuva com relâmpagos e trovões.