“Na sociedade, se você é magra e sexy, está tudo bem; pois eu digo: sou gorda e inteligente, e sou diva”. Da ativista liberiana Leymah Gbowee, prêmio Nobel da Paz em 2011, no 1º Seminário Mulheres Reais que Transformam, nessa terça-feira (30/10).

“A expressão ‘uso recreativo’ é a coisa mais careta e paliativa que já ouvi. Quando muitos pensam em ‘uso recreativo’, quase sempre o recreio já acabou, o sino já tocou e você continua no pátio.” De João Estrella, ex-traficante de drogas, cuja vida foi contada no filme “Meu nome não é Johnny”, em entrevista ao…

“Estou voltando à ginástica. Jurei que vou tentar mudar o padrão, já que a barriga tá uma melancia, as pernas, um abacaxi e os braços, uma acelga. Sou praticamente um fim de feira”. Da assessora de Comunicação Kika Gama Lobo, falando de sua volta aos exercícios físicos com muito bom-humor.

“Quero agradecer a todos os queridos amigos que enviaram mensagens carinhosas por ocasião dos meus 32 anos bem mentidos!” Do jornalista Milton Abirached, nesta segunda-feira (15/10), agradecendo às mensagens que recebeu pelo seu aniversário.

“Esse papo de que o Rio recebe bem os gays é um equívoco; serve somente pra vender pacotes de turismo”. Do estilista Napoleão Lacerda, esta semana, em entrevista ao “saite”.

“Desisti do Facebook – em vez de me arrumar amigos, só me traz inimigos”. De Lilibeth Monteiro de Carvalho, esta semana, explicando que, pela falta de tempo, não tem como abrir pra aprovar pedidos de amizade etc., o que, às vezes, cria desagrados e reclamações.