“Fui mais aplaudido que as Spice Girls (as Empreguetes locais), não por mim, mas por ser prefeito do Rio”. De Eduardo Paes, nessa terça-feira (14/08), em evento de Carlos Tufvesson, na Fonte da Saudade.

“Eu abro mão dos privilégios que a idade me concede”. De Caetano Veloso, em resposta a um amigo que, brincando, lembrou que os maiores de 60 poderiam passar na frente, nesta segunda-feira (13/08), na Livraria da Travessa de Ipanema.

“Tenho paranoias com a mudança dos cabelos da Wanessa. Vou ter, durante um ano, três mulheres em uma só – não é uma dádiva divina?” Do empresário Marcus Buaiz, em entrevista ao “saite”, nesse fim de semana.

“Por meio do samba e do futebol, grandes criminosos limpam sua imagem perante a sociedade. O dinheiro do bicho é lavado no samba.” De Rodrigo Pimentel, nesta segunda-feira (06/08) em palestra no Midrash Centro Cultural.

“A partir dos 40, uma mulher deve deixar de querer ser gata e começar a pensar em ser chique”. De Aparecida Marinho, em entrevista ao “site”, nesse fim de semana.

“Para nós, mulheres, é bom mudar o visual, evitando que nossos namorados cansem da gente. De Flávia Sampaio, nesta quinta-feira (25/07), sobre a mudança de loira pra morena!

“Campanha, para muitos, é uma dureza; para mim, é uma moleza: quero transformar a vida das pessoas!” Da linda Ana Paula Junqueira, candidata pela quarta vez a vereadora pelo estado de São Paulo.

“Tenho a síndrome da intolerância a racistas e reacionários de todos os gêneros.” Da apresentadora Astrid Fontenelle em entrevista ao “saite” neste fim de semana.

“Conseguiu aliar, na mesma pessoa, a autenticidade do sertão e a sofisticação de Londres”. Do ex-ministro Marcílio Marques Moreira em seu discurso, durante a Missa de Sétimo Dia do Embaixador Edmundo Barbosa da Silva, na noite dessa segunda-feira, na igreja da PUC, na Gávea.