“Desisti do Facebook – em vez de me arrumar amigos, só me traz inimigos”. De Lilibeth Monteiro de Carvalho, esta semana, explicando que, pela falta de tempo, não tem como abrir pra aprovar pedidos de amizade etc., o que, às vezes, cria desagrados e reclamações.

“É, no mínimo, desagradável ter, na frente de casa, pessoas fazendo fogueira, cocô e sexo casual, como vem acontecendo há mais de três meses na Vieira Souto, um dos IPTUs mais caros do Brasil”. De Aparecida Marinho, nessa segunda-feira (17/09), revoltada com o cenário que se apresenta visto do seu apartamento.

“Fico fascinada com a competência das mulheres cariocas. Ganham dos homens presentes inacreditáveis: apartamentos em Paris, joias e obras de arte valiosas. Não fui premiada com esse talento.” De Vera Bocayuva, nesse fim de semana, comentando sobre mulheres que são presenteadas pelos homens, ao saber de uma amiga sua que ganhou um quadro valiosíssimo durante…

“Fernanda Montenegro é uma das poucas pessoas verdadeiras que existem na classe teatral”. De Gerald Thomas, nesta quarta-feira (29/08), comentando sobre a atriz, que esteve em sua plateia no Teatro Poeira.

“Só não opero os seios, pra não perder a gaveta”. De Leda Nagle, esta semana, explicando a razão de não operar o busto, já que é ali entre os seios que guarda muitas coisas.

“Cheiro de marido ou namorado já melhora a pele: é a vitamina H, de homem. Essa derruba qualquer receita!” De Glória Maria, explicando por que, quando está “casada”, suspende a receita que Ivo Pitanguy lhe receitou para ficar com uma pele jovem.