“Isso significa o verdadeiro esforço olímpico que duas pessoas que se amam fizeram para casar!” Da juíza Maria Vitória, sobre o casamento de Carlos Tufvesson e André Piva, nesse fim de semana.

“Desprazer é ver a nossa vida política: tá difícil. O Mensalão, por exemplo, a gente paga pra eles serem sacanas com a gente e vai se fazer tudo de novo, depois de ter demorado tanto!” Da atriz Júlia Lemmertz, em entrevista ao ‘saite’, na coluna “Invertida” deste sábado (21/09)

“Que luta pra casar! Graças a Deus, depois de tanto tempo, o mesmo homem ainda quer casar comigo” Do coordenador da Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio, Carlos Tufvesson, ao comentar sobre seu casamento civil no próximo sábado (21/09).

“É o ciclo natural: a pessoa nasce, vive e morre. Se depender de mim, espero não durar além do prazo de validade, para não ficar depauperado”. Do autor Ricardo Linhares, em entrevista a este ‘saite’, na seção Invertida.

“Um belo sorriso pode abrir portas. Facilita a vida de maneira geral, tanto a amorosa quanto a profissional”. De Gustavo Bastos, o dentista que faz o maior sucesso na TV, no #Ficaadica desta semana, aqui no ‘saite’.

“Lá em Hollywood, eu pensava: o que o povo vai dizer lá na Bahia?” De Wagner Moura para os colegas atores, no Leblon, nessa terça-feira (10/09), antes da exibição do filme “Elysium”, em que ele contracena com Matt Damon, Jodie Foster e Alice Braga.

“Quando penso em recordações, não quero foto, só dou importância ao momento que estou vivendo” De Ivo Pitanguy, comentando sobre o desejo de ter ou não fotos do Sebastião Salgado, para quem posou em 1980, em matéria para o NYT.

“Uma bolsa Freud com os bons pensamentos é muito elegante… Refinamento na alma é processo de alta costura.” Do psicanalista Manoel Thomaz Carneiro, idealizador do Grupo de Estudos Pensar, em entrevista ao site nesse fim de semana.

“O real objetivo da espionagem americana sobre integrantes do governo brasileiro acaba de ser desvendado. Obama, a cada dia mais grisalho, queria saber a marca da tintura dos cabelos de alguns políticos brasileiros”. Do empresário David Zylberstajn, mostrando seu bom humor em almoço com amigos.

“Morto de vergonha, me desculpo com nossa cidade”. Do ator Luis Salém, depois de ler, aqui no ‘saite’, que tinha sido flagrado jogando uma guimba de cigarro na rua, em Copacabana.