Inconscientemente, ele, com minhas filhas, já era um treinamento pros futuros filhos, que têm grande chance de ser negros também.”   Glória Maria, sobre uma das visitas ao Brasil do príncipe Harry, quando deu bolo na boca de suas filhas, Maria e Laura.

“Os homens negros preferem as brancas. O próprio negro se discrimina; para ele acreditar que venceu e tem status, precisa usar os valores brancos, como as suas mulheres, por exemplo”     Da jornalista Glória Maria, falando sobre racismo, em entrevista nesse domingo

“Cansei! É muito cacique para pouco índio, e todo mundo ali tem a certeza absoluta das coisas. A única coisa que sei é que nada sei…”     De Eduardo Dussek, em entrevista, quando perguntado se usa as redes sociais

“Sinto a presença dele aqui”       De Vera Lúcia Niemeyer, viúva do arquiteto, durante abertura da exposição “Oscar Niemeyer (1907-2012) – Territórios da Criação”

“Disponho-me a dar uma aula pública sobre a obra de Judith Butler, e tenho certeza de que não fará mal a ninguém e vai ajudar cristãos e evangélicos a melhorar suas vidas”.   Da filósofa brasileira Marcia Tiburi sobre a polêmica vinda de Butler ao Brasil, referência no estudo da teoria de gênero.

“É impressionante ver como é fácil manipular as massas e como é complexo promover o discernimento e o esclarecimento. A mentalidade de nossa época é autoritária e sem reflexão”.     Da filósofa Marcia Tiburi, sobre a fácil manipulação das massas

“Um país que não tem cultura, não é um país. A gente precisa de uma cultura criadora, respeitosa. Estamos caminhando para uma coisa pior do que no tempo dos militares. O Brasil está sendo colonizado por esse “país” chamado Brasília.”     Da atriz Fernanda Montenegro, quando perguntada o que achava da atual situação cultural no…

“O Papa é uma das vozes mais interessantes e necessárias hoje. Uma voz que toca nas questões centrais de nosso tempo: as desigualdades, a intolerância, a crise ambiental o aquecimento do Planeta. Outro dia, ele ainda falou sobre as vantagens e a arapuca que pode ser o nosso mundo conectado. É impressionante, ele não cansa…

“São muitas mensagens, muitas cartas, muitas pessoas que param você na rua para contar uma história em que foram compreendidos pela família ou conseguiram compreender e começar a conversar com algum trans da família.”     De Glória Perez, quando perguntada se “A Força do Querer” sensibilizou conservadores.    

“O Rio está sinistro, não tem mais a mínima condição de sobrevivência”   De Duda Tedesco, depois de sofrer um assalto à mão armada, na Gávea