“Encontrei pessoas gentis por aqui. Está tudo muito levezinho”.   Da sambista Mart’nália, que fez show na Rússia, sobre a perseguição sofrida a homossexuais no país. 

“O carioca é acessível, mas não tem muito compromisso com o outro. Em Salvador, as pessoas são mais solícitas”.   De Ciro Sales, ator baiano intérprete de Du Love em “Segundo Sol”, sobre os cariocas. 

“Se a gente tivesse perdido, a alegria seria a mesma. Sabe por quê? Porque estamos precisando de mais dinheiro que todos eles juntos (jogadores da Seleção Brasileira)”.   De Preta Gil sobre o resultado do jogo Brasil 2 X 0 Sérvia. 

“Se eu fosse o Tite, estaria feliz com a grana que teria ganhado nos comerciais”   De Hélio de la Peña em entrevista ao site sobre Copa, Botafogo, Rio e ‘otras cositas más’

“Jogador tem de se preocupar com jogo, e não com cabelo. O Cristiano Ronaldo, por exemplo, você já o viu pintando o cabelo ou fazendo desenhos na cabeça?”.   De Aparecida Marinho sobre a vaidade dos jogadores de futebol.

“Não deixe de escrever ‘Vale Nada’, uma continuação da nossa novela nos dias de hoje, 30 anos depois…”.   Do ator Paulo Reis, o vilão Olavo da novela “Vale Tudo”, em nova reprise no canal Viva, mandando um recado a Gilberto Braga, autor da trama. 

Citação do dia

“Precisa ser o fim da falta de autoestima do povo negro. O espírito que está para baixo precisa se elevar. Nossas raízes são as raízes de todo mundo. Não há nada que a raça negra não tenha criado”.   Do rei de Ifé, Adeyeye Enitan Babatunde Ogunwusi Ojaja II, ao assinar a criação da Casa de…