“Façam como o Prefeito Eduardo Paes: não saiam de casa para o trabalho!” Do humorista Hélio de la Peña, nesta terça-feira, depois de o prefeito do Rio pedir aos cariocas que não saiam de casa, diante da tragédia com as chuvas.

“Adoro ler bulas de remédios! Saca só:”Reações adversas:óbito!” Não é muito bom isso?”. De Carolina Ferraz, nesta segunda-feira, se divertindo com sua leitura atual.

“PAC 2: Lula é o único cineasta do mundo que lança o 2 antes de terminar o 1”. De Marcelo Tas, do programa humorístico CQC, nesta quarta-feira, sobre a decisão do presidente de inaugurar o PAC 2 antes do fim das obras do primeiro.

“Cansei de ser chamada de a mais bonita. Agora só quero ser a mais rica”. Da modelo Isabeli Fontana, desabafando em seu Twitter, nesta segunda-feira.

“Como posso chamar de amigo o homem com quem sou casado há 15 anos?” De Carlos Tufvesson, nessa terça-feira, na Assembleia Legislativa, durante seu discurso de recebimento da Medalha Tiradentes, onde, pela primeira vez, uma uma frase desse tipo foi dita.

“Assisti a “2012” no DVD e não entendi nada. Por que aquelas pessoas ficam falando do fim do mundo como se fosse má notícia?”. Do escritor e cronista João Ximenes Braga, sobre o filme apocalíptico, nesta terça-feira.

“Quando vou a eventos de moda, fico igual ao Mickey na Disney”. De Costanza Pascolato, para um assessor de imprensa, que interveio no “ataque” das pessoas para tirar foto com a consultora de moda, na inauguração da loja CCM, em Niterói, esta semana.