“Arrumei toda a suíte, arrumei banheiro, limpei os copos, limpei tudo. Só assim, pra eu conseguir dormir”. De Luiza Brunet, neste domingo (06/03), falando de sua paranoia com limpeza. Depois do Baile de Gala do Copacabana Palace, nesse sábado (05/03), do qual foi madrinha, a modelo arrumou a suíte presidencial do hotel, onde estava hospedada.

“Amo esta cidade e vou continuar investindo para matar paulista de inveja!” Do empresário Eike Batista, no dia do aniversário do Rio. Ele se retratou depois dizendo que é para matar os gringos de inveja.

“Cuidado com ‘a Galliano’, que do jeito que o mundo está politicamente correto, você pode ser demitida por preconceito”. Da modelo paulista Marcelle Bittar, nesta segunda-feira, sobre o caso do estilista John Galliano, acusado de racismo por um casal em Paris.

“Não vem com essa, não, já sou desencalhada”. De Narciza Tamborindeguy, nessa quarta-feira, respondendo uma brincadeirinha dos atores do espetáculo “Subversões”, no meio da plateia, no Teatro do Quatro, na Gávea. Narciza  namora o jornalista Guilherme Fiúza há seis meses.

“O vestido está um luxo extraordinário”. De Jackie de Botton, uma das produtoras executivas do documentário “Lixo Extraordinário”, fazendo um trocadilho com o título do filme, sobre seu vestido, todo bordado com produtos catados no lixão do Jardim Gramacho.

“Dei um pulo acrobático de dar inveja a uma bailarina, pra fugir de uma barata”. De Glória Perez, nesse fim de semana, contando sua reação ao ver uma barata que apareceu numa gaveta em sua casa.

“O sol aqui na Bahia está tão quente que o relógio da rua diz o fator de proteção que você tem que usar!”. De Regina Casé, nesta quarta-feira, sobre o calor de Salvador.

“Quem fascina assim uma criança de 2 anos é porque tem muita luz”. De Vera Andrade sobre Kate Moss, nesta terça-feira, encantanda com a modelo, que fez sessão de fotos em seu apartamento, na Vieira Souto.

“Querido Deus, tudo que peço para 2011 é uma GORDA conta bancária e um corpo MAGRO! Favor não misturar as coisas como fez no ano passado!”. Do estilista paulista Sergio K., nesta sexta-feira, fazendo seus pedidos para o ano.

“Nunca tive um corpo tão bacana, só que, em vez de levantamento de peso, deve ser levantamento de filhas – faz mais efeito que qualquer ioga ou pilates”. De Glória Maria, nesta terça-feira, explicando a razão de ter um corpo tão definido, nos últimos tempos: as filhas Laura e Maria.