BLOG

13/08/2018 - 20:00

Anny Meisler: galeria de arte provisória em Ipanema

anny_bio2

Anny Meisler: linha de pratos decorativos, cuja renda será 100% para o Inca Voluntário / Foto: divulgação

Anny Meisler faz o gênero agregadora e sempre se empenha pra montar seus próprios coletivos. Nesta quinta-feira (16/08), a empresária reunirá uma turma de artistas plásticos na sua LZ Studio, em Ipanema; vai transformar a casa de dois andares numa galeria de arte contemporânea provisória. Durante seis meses, os trabalhos de nomes, como Felipe Morozini, Mana Bernardes, Paula Costa, Raul Aragão, Bruno Br Bogossian e Maurício Arruda, o apresentador do “Decora” do GNT, estarão entre os móveis e objetos de decoração que Anny expõe o ano inteiro em Ipanema. Juntos, eles também fizeram uma linha de pratos decorativos, cuja renda será 100% para o Inca Voluntário – com um olhar para o outro.


Enviado por: Lu Lacerda
13/08/2018 - 18:00

Berg Silva: corrente de solidariedade depois de incêndio

berg-silva-b

Berg Silva: fotógrafo carioca tem recebido ajuda dos amigos depois de incêndio em apartamento /Foto: Reprodução

O fotógrafo Berg Silva, figura conhecida da boemia carioca, está renascendo das cinzas, quase que literalmente, com a ajuda dos amigos. O apartamento dele em Vila Isabel pegou fogo no fim de julho, devido a um curto circuito, causando um grande prejuízo financeiro. A família, incluindo uma cachorrinha e dois gatos, saiu ilesa. Desde então, os amigos e conhecidos começaram uma corrente de solidariedade com doações de itens domésticos e a criação de eventos para arrecadar dinheiro e começar uma reforma, como o “Tamo junto, Berg!”, nesta terça-feira (14/08), no Baródromo, Centro, com DJs, forró do Trio Pé de Serra, o bloco “Põe na Quentinha?”, fundado por ele, e venda de fotos da série “Quilombos de Palmares”, feita em Alagoas por Berg. “Esse apartamento, desde que a gente chegou aqui, há uns 15 anos, mais do que a nossa casa, virou o nosso projeto de vida em família, apesar dos altos e baixos financeiros. Esperamos que, muito em breve, nossa casa fique inteira novamente e com aquela energia maravilhosa. Não conseguiríamos fazer isso sozinhos”, diz Berg, que prevê gastos de R$ 20 mil para consertar o chão, telhado e vidros destruídos. Além da ajuda financeira, o fotógrafo está recebendo um “mutirão da limpeza” para deixar tudo em ordem, antes da reforma.


Enviado por: Redação
13/08/2018 - 17:00

Depois da Flip, Paraty faz semana da cachaça

festival-cachaa-b

“Festival da Cachaça, Cultura e Sabores”: o evento lotou a cidade no ano passado e a expectativa é alta para este fim de semana (16 a 19/08) /Foto: Reprodução

Paraty mal se recuperou da Flip – numa semana inteira dedicada aos livros e cidade lotada no fim de julho – e já prepara mais uma semana, só que etílica: começa nesta quinta-feira (16/08), o 36º Festival da Cachaça, Cultura e Sabores. Os moradores estão torcendo para não chover e a maré se comportar – já que, nesse domingo (12/08), o mar invadiu as ruas da cidade e alagou vários pontos. No evento, vão estar cinco dos principais alambiques da região, valorizando a produção local desde o século XVI, uma das principais expressões da identidade gastronômica e cultural. A pracinha principal vai receber 12 quiosques, três food trucks e duas food bikes, além das atrações musicais ligadas à cultura caiçara e quilombola, cirandas, jongos, danças tradicionais, sertanejo, pop, chorinho, MPB, samba, soul, entre outros. A propósito: Paraty recebeu da Unesco, no ano passado, o título internacional de Cidade Criativa pela Gastronomia.


Enviado por: Redação
13/08/2018 - 16:00

Agosto carioca realçado pelos autógrafos

bernardo-e-miriam-a

antonio-e-sylvia

Lançamentos para agosto: na primeira foto, Bernardo Melo Franco; na segunda, Miriam Leitão; na terceira, Antonio Fagundes; na quarta, Sylvia Martins /Fotos: Arquivo site Lu Lacerda e Reprodução O Globo

Filas podem ser programa para muitos cariocas: nesta segunda-feira (13/08), o articulista Bernardo Mello Franco lança “Mil dias de tormenta”, na Argumento da Rua Dias Ferreira, um resumo dos eventos atuais do País, desde o final de 2014. O “ponto alto” (maneira de falar) com o impeachment da presidente Dilma Rousseff, passeando pela Operação Lava-Jato, a degradação da economia e outros acontecimentos até o ano passado. No dia seguinte, terça-feira, a jornalista Miriam Leitão lança, na Travessa do Leblon, “Refúgio no sábado” (Intrínseca). É seu décimo livro; são crônicas publicadas por ela desde 2014, no blog do seu filho Matheus Leitão. Na quinta-feira (16/08), a Argumento do Leblon faz uma noite de autógrafos de um assunto mais artístico: “Antonio Fagundes no Palco da História: Um Ator”, escrito por Rosangela Patriota com a história de seus 50 anos de carreira. A publicação traz as mudanças no Brasil atreladas à carreira do artista, em 488 páginas, algumas delas contando sobre os 10 anos dedicados à Companhia Estável de Repertório (CER), na década de 80. Já na próxima terça-feira (21/08), a artista plástica Sylvia Martins abre o baú dos seus 40 anos de carreira – desde jovenzinha, ela escreve diários – e lança “Sylvia Martins”, também na Argumento do Leblon.


Enviado por: Lu Lacerda
13/08/2018 - 14:40

Giácomo para Breton: peças com nomes de artistas

anette-rivkind-andrea-eiras-carla-napoliao-e-alice-eiras

foto-colagem-1

giacomo-tomazzi-fernanda-palles-e-daniel-pegoraro

“Bossa Nova”: Na primeira foto, Anette Rivkind, Andrea Eiras, Carla Napoliao e Alice Eiras; na segunda, Rosa Maria Prado; na terceira, Thoni Litsz; na quarta, Giácomo Tomazzi, Fernanda Palles e Daniel Pegoraro /Fotos: Ari Kaye

O arquiteto Giácomo Tomazzi tem nome italiano, mas é bem brasileiro e está entre os 12 nomes convidados pela Breton, marca de móveis e acessórios de decoração. Ele fez palestra nesse fim de semana, na loja do CasaShopping, sobre a coleção “Bossa Nova”. “A linha é moderna e comercial, acessível. Porém muitos produtos têm apelo bem conceitual e chamam a atenção nos ambientes”, explica Anette Rivkind, diretora da Breton. Entre as peças de Tomazzi, o Aparador Jobim. “O ponto de partida para esta coleção foram os interiores da década de 50 e 60. Todas as peças levam nomes de artistas precursores do estilo musical. As peças transmitem a ideia de continuidade, acolhimento e história“, diz ele.


Enviado por: Redação
13/08/2018 - 13:00

Bianca Laufer: da cozinha para a fábrica

1-bianca-laufer-e-luciano-huck-0413

3-luciano-huck-oskar-metsavaht-eduardo-eugenio-gouvea-vieira-0033

5-oskar-metsavaht-luciano-huck-bianca-laufer-lulu-gouveia-vieira-nazare-metsavaht-teresa-gouveia-vieira-e-eduardo-eugenio-gouveia-vieira-0075

2-thomaz-nazare-e-felipe-metsavaht-0010

“Greenpeople”: na primeira foto, Bianca Laufer e Luciano Huck; na segunda, Luciano Huck, Oskar Metsavath e Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira; na terceira, Oskar Metsavatht, Huck, Bianca Laufer, Lulu Gouvêa Vieira, Nazaré Metsavaht, Teresa Gouvêa Vieira e Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira; na quarta, Nazaré entre os filhos Thomaz e Felipe /Fotos: Bruno Ryfer

O fim de semana esteve a toda em Três Rios, para a inauguração da fábrica da Greenpeople, marca de sucos prensados a frio criada há quatro anos, por Bianca Laufer. Ela parecia nem acreditar: começou testando as receitas em sua própria cozinha faz tão pouco tempo e, de repente, já está sócia de nomes como Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira (sócio do negócio junto com as filhas, Lulu e Teresa), o casal Nazaré e Oskar Metsavaht e, agora, o apresentador Luciano Huck, mais novo a entrar para a sociedade. A empresa hoje tem 200 funcionários (Huck fez fotos com todos); a marca é a maior do Brasil, e a fábrica foi resultado de um investimento de R$ 50 milhões.


Enviado por: Redação
12/08/2018 - 18:30

“Molière”: festa completa com Caetano

Cinco dias depois de completar 76 anos e ter voltado da turnê europeia de “Ofertório”, Caetano Veloso foi assistir a “Molière” no Teatro Adolpho Bloch, na Glória, nesse sábado (11/08) – e em aparição-surpresa. A direção de Diego Fortes, com personagens de um universo aparentemente distante, ganhou ares tropicais e atemporais na montagem, toda com trilha sonora de músicas do artista. No fim do show, Renato Borghi, aos 81 anos, um dos integrantes da peça e da turma do Teatro Oficina (e que também encenou “O Rei da Vela”, que tem a trilha de Caetano), fez um discurso daqueles-que-fazem-chorar-um-pouco em homenagem ao cantor. “Em 1967, você e seus amigos estavam no chão do seu apartamento, fazendo essas músicas há 50 anos, e tive o prazer de cantá-las novamente. E agora você surge como a inspiração desse espetáculo, no tropicalismo, o que tem tudo a ver com a sua obra linda. É muito emocionante ter você aqui hoje, essa trajetória incrível de décadas alimentando a cultura brasileira”. Claro, a plateia aplaudiu de pé. No camarim, a festa foi completa.


Enviado por: Redação
12/08/2018 - 17:17

Antonio Fagundes: lançamento de “Contra a Parede”

Hitachi social innovation forum

Hitachi social innovation forum

Hitachi social innovation forum

Hitachi social innovation forum

Lançamento “Contra a Parede”: na primeira foto, Antonio Fagundes e Paulo Pons; na segunda, Paolla Oliveira; na terceira, os casais Luiz Cláudio Cristófaro e Monica Albuquerque com Mateus Solano e Paula Braum; na quarta, o casal Alexandra Martins e Antonio Fagundes com Liège Monteiro /Fotos: Eny Miranda

Até agora, Antonio Fagundes é cumprimentado no Rio pelo coronel de “Velho Chico”, novela de 2016, como uma concordância coletiva do talento do ator. Esta semana, Fagundes esteve na cidade carioca para o lançamento do filme “Contra a Parede”, do qual é protagonista, com comemoração, nesse sábado (11/08), no Vintage Wine Bar, em Botafogo. O longa, dirigido por Paulo Pons, é bem atual: fala das eleições presidenciais no Brasil, corrupção, crise política, ética, vaidade….


Enviado por: Lu Lacerda
12/08/2018 - 16:30

Roberta Damasceno: curso em Paris

img_9798

Roberta Damasceno e Paula Rita Saady: a empresária passa uns dias em Paris, na agenda, curso no Instituto Marangoni, criado por Paula

Na agenda de Roberta Damasceno, em Paris, não cabe mais nenhum compromisso: a empresária, dona da Dona Coisa, na Lopes Quintas, que passa uns dias na capital francesa, participou de um curso sobre moda, no Instituto Marangoni, criado pela carioca Paula Saady, que mora há anos na França. A passagem de Roberta pela cidade está sendo dedicada a pesquisas de tendências em marcas parisienses, que fazem parte do programa do curso.

 


Enviado por: Lu Lacerda
12/08/2018 - 14:30

Ricardo Lowndes Dale: “Essa Coca é fanta”

bruno-ajuz-giuliano-tagliare-flavio-canto-luciano-gomide-0066

tatiana-nascimento-tatiana-neves-e-patricia-lins-e-silva-0062

mariana-caspary-camila-martins-alessandra-claro-helena-romeiro-0101

rodrigp-sha-ricardo-dale-e-rafael-nazareth-0119

“Vinyl Sessions”: na primeira foto, Bruno Ajuz Giuliano Tagliare Flavio Canto Luciano Gomide; na segunda, Tatiana Nascimento, Tatiana Neves e Patrícia Lins e Silva; na terceira, Mariana Caspary, Camila Martins, Alessandra Claro e Helena Romeiro; nesta foto, Rodrigo Sha Ricardo Dale e Rafael Nazareth / Fotos: Ricardo Wrobel

Ricardo Lowndes Dale comemorou três meses do projeto Vinyl Sessions, em parceria com o Hotel Fasano, aos sábados, no Londra: são os maiores sucessos tocados em vinil. Teve a participação do saxofonista Rodriho Sha e do DJ Marquinhos, do extinto Hippopotamus. Como em todo evento carioca, muita mulher solteira, algumas mais desavisadas, dando umas insinuadas para Lowndes, que reagiu assim ao ser perguntado por um amigo: “Vê um homem desse tamanho, todo arrumado e sem aliança, até explicar que essa Coca é fanta!” – com seu humor carioca.


Enviado por: Lu Lacerda

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline