Teatro (online), por Claudia Chaves: “Helena Blavatsky, a voz do silêncio”

Em nossa sociedade, as pessoas, como baratas tontas, vivem procurando encontrar sua verdadeira essência. A procura — em religiões, seitas, rituais, princípios filosóficos, dietas, caminhos, relacionamentos — nem sempre produz algum resultado. A angústia aumenta, diminui, mas nem sempre se resolve. E podemos imaginar como é interessante a trajetória de uma mulher que, há 150 anos, procura…

O coordenador da Ceds, Carlos Tufvesson, foi conhecer o último trabalho do marido, o arquiteto André Piva: a casa de Gilda Amado

André Piva, o grande arquiteto que morreu há um ano, deixou muitos projetos não concluídos, entre eles, o apartamento da psicóloga Gilda Amado, no Leblon. Nessa quarta (18/08), o coordenador Especial de Diversidade Sexual (CEDS-Rio), Carlos Tufvesson, viúvo de Piva, foi conhecer o último projeto de André, que ficou pronto recentemente. Ali, estava óbvio o que Piva costumava dizer: “Cada…

Débora Freire, Laura Carvalho e Manoel Pires: destaques da Economia podem tirar as suas dúvidas sobre impostos. Que tal?

Na pessoa física ou jurídica, a maioria anda pensando em impostos. A reforma tributária só existe na ficção. A adoção do imposto progressivo na Reforma Tributária e na Reforma do Imposto de Renda será discutida por três nomes destacados da Economia: Débora Freire (UFMG), Laura Carvalho (USP) e Manoel Pires (FGV/UnB), sob o título “Crescimento…

Matéria do NYT sobre riscos do “Brazilian Butt Lift” (BBL) fala de Ivo Pitanguy, e ele não está aqui pra comentar

Trecho de matéria do NYT, do jornalista Abby Ellin, com destaque de capa, nesta quinta (19/08), chamando atenção para os riscos da “Brazilian Butt Lift” (BBL): “Um cirurgião plástico brasileiro chamado Ivo Pitanguy é creditado como pioneiro do procedimento na década de 1960, que migrou lentamente para o Norte, ganhando popularidade nos Estados Unidos, por…

CPI da Covid: alguém aguenta “vou exercer meu direito ao silêncio”? Aqui, possíveis variações, com humor carioca

Quem aguenta mais ouvir “vou exercer meu direito ao silêncio”, repetido à exaustão na CPI da Covid, como nesta quinta (19/08), com o sócio da Precisa Medicamentos, Francisco Emerson Maximiano. Ele permaneceu em silêncio ao ser questionado sobre quais as relações entre o deputado Ricardo Barros e a empresa. Os internautas, muitos deles cariocas, começaram uma…