Exposição de Rogério Barros na casa de Arnaldo Brenha

Rogério Barros, ator da TV Globo que participou das recentes minisséries “Lara com Z” e “Cinquentinha“, já fez documentários e curtas-metragens, dedica-se, agora, à fotografia. O artista convidou uns poucos amigos para sua primeira exposição, nessa segunda-feira (19/12) na “Casa Mutante“, do marchand Arnaldo Brenha, no Jardim Botânico. Entre eles, Maria Elisa Berredo, coautora de…

Carol Castro: da Europa para a Ilha de Marajó

Mal acabou de voltar da Europa, onde foi espairecer depois do fim do casamento com o ator Marco Bravo, Carol Castro já está fazendo as malas, e o destino não é nada glamuroso. A atriz, que ficou um mês viajando sozinha por Berlim, Londres, Praga e Budapeste, prepara-se para uma temporada na… Ilha de Marajó!…

Livro sobre Chico: só faltou o Chico

Ao lançamento do livro de Regina Zappa “Para Seguir Minha Jornada”, sobre Chico Buarque, nessa segunda-feira (19/12), no Espaço Tom Jobim, só faltou…. Chico Buarque, que não deu as caras. Que tal? A pessoa mais próxima foi sua irmã, Miúcha, que ficou até o fim, tentando, talvez, compensar a ausência do biografado. O livro, da…

Espetáculo de luz no prédio da Light

O histórico prédio da Light, na Avenida Marechal Floriano, 168, vai servir de base para um espetáculo de luz e som nestas quarta e quinta-feira, dias 21 e 22. A fachada é o pano de fundo para a projeção tridimensional de imagens que vão ajudar a mostrar a beleza do edifício, referência na arquitetura do…

“Praga” na vida de Preta Gil

Preta Gil passou a segunda-feira (19/12) em estúdio e a maratona continua nesta terça (20/12). A cantora está gravando o novo CD, que tem composições dela, do pai e do filho. Gil pela primeira vez fez uma música para a herdeira, batizada de “Praga”. Francisco, de 16 anos, adora escrever canções e escolheu uma, “Mulher…

Aeroporto: constrangimento ou atentado ao pudor?

O fotógrafo Antônio Kämpffe voou Rio-São Paulo, no último sábado, (17/12). No embarque, ao tentar passar pelo detector de metais, no aeroporto Santos Dumont, a máquina apitava incessantemente. Ele foi tirando relógio, sapato etc.; finalmente, só faltava tirar o cinto. Kämpffe argumentou: “A calça pode cair e vai ser evidenciado um constrangimento, e não um…