O drama da Renda Básica Carioca

Com a crise da pandemia no Rio, o humorista Gregório Duvivier cobrou do prefeito Eduardo Paes sobre a Renda Básica Carioca, nesta terça (23/03), no Twitter. O projeto, aprovado ano passado, libera até um salário mínimo para trabalhadores informais, autônomos, MEIs e desempregados. “Caro Eduardo Paes, você conhece o Renda Básica Carioca?”, perguntou o humorista. No…

Um bolo para Steve McQueen, adoçando a pandemia

Aproveitando que Steve McQueen faria 91 anos nesta quarta (24/03), o Espaço Cultural Cavideo nas Casas Casadas, em Laranjeiras, onde está em cartaz a mostra “Steve McQueen — The Cooler King”, em paralelo à exposição “McQueen — The king of cool”, no Centro Cultural do Banco do Brasil, será servido um dos bolos preferidos do ator, com receita da confeiteira…

Salgueiro: concurso para descobrir futuros carnavalescos

Para incentivar a turma do samba a continuar na ativa, mesmo sem carnaval, o Salgueiro criou um concurso para descobrir futuros carnavalescos (não profissionais), com inscrições abertas até o dia 19 de abril. O vencedor vai fazer uma espécie de estágio no barracão da escola e participar dos preparativos para o próximo carnaval. A gente…

Em casa, por Manu e Marcia Müller: casa para crianças, com opinião de Alexia Mayer

  Nenhuma regra radical ou fórmula perfeita existem quando falamos em crianças. Atualmente, ser saudável é o novo luxo, e criar um ambiente igualmente saudável para nossos filhos e nossa família tem sido o foco principal. Nesse contexto, a  tecnologia e a maior troca de informações e acesso nos incentivam a criar com muito mais liberdade. As…

Opinião, por Arnaldo Chuster: “A globalização perversa trouxe a ausência de solidariedade e de valores éticos”

Como psicanalista, não tenho por função analisar o mundo social-histórico, mas o social-histórico chega diariamente ao consultório pelas inquietudes e sofrimentos dos analisandos, e aí temos que fazer construções imaginativas, analogias, alegorias, para ajudar a entender o que ocorre no mundo interno. O próprio Freud disse que essas construções podem estar totalmente erradas; afinal, somos…

Morador de rua: no meio do caos, lendo “Os Miseráveis”

O que sentiria o dramaturgo e ativista de direitos humanos, o francês Victor Hugo (1802-1885), com essa imagem? Um morador de rua, na Rua Santa Luzia, no Centro, compenetrado, lendo “Os Miseráveis” (1862). A foto é do empresário Antenor Barbosa Lima. “O ser humano é muito criativo”, disse. Deve ser raro presenciar uma cena dessas…