DINHEIRO TRAZ FELICIDADE?

Por Ary Alonso (Coaching Espiritual) Essa é uma velha pergunta… Contam a história de um patrão que achava seus empregados mais felizes do que ele, porque não tinham tantas coisas com que se preocupar. Por outro lado, os empregados achavam que ser patrão era a própria felicidade, por poder possuir tantas coisas bacanas e caras. Começo…

HUMANAMENTE IMPOSSÍVEL?

Por Ary Alonso (Coaching Espiritual) O que é humanamente impossível? Em 1930, na época das Olimpíadas, dizia-se que o homem jamais conseguiria correr 1 milha em menos de 4 minutos. No mês seguinte ao que o corredor inglês quebrou o recorde, diversos outros corredores de elite o quebraram também. No ano 2000, a ciência descobriu…

FALAR X AGIR

Por Ary Alonso (Coaching Espiritual) Qual o mais importante? Será que existe alguma hierarquia? Como escolher? Essas são perguntas que frequentam a nossa mente no dia a dia. Não porque gostamos de questionar as coisas; ao contrário, adoramos um senso comum bem arrumadinho para só termos de seguir. Falar ou agir é uma das maiores…

Físico X Metafísico

Por Ary Alonso (Coaching Espiritual) Entender a diferença entre o mundo físico e o metafísico é a nossa maior dificuldade. Se não soubermos lidar com suas diferenças, como usar as duas naturezas a nosso favor? A regra básica de funcionamento do Universo diz assim: aja no mundo da ação (físico) com base nas características do mundo…

ROUPA VELHA

Por Ary Alonso (Coaching Espiritual) Contam os cabalistas a história de um mendigo bem maltrapilho que vivia na mesma cidade de um alfaiate muito talentoso e generoso. Ele tinha o desejo ajudar aquele pobre coitado de alguma forma. O alfaiate chamou o esfarrapado para uma conversa e acabou por convencê-lo de que, com um terno…

JOGO DUPLO

Por Ary Alonso (Coaching Espiritual) Após a calamidade que tivemos na cidade, momentaneamente pudemos assistir a ações de solidariedade por toda a parte. Ótimo, parece que a Lei de Causa e Efeito funciona. Pena que precisem acontecer tragédias para que tenhamos respeito pelos colegas humanos. É verdade também, como diria um ex-amigo: “Vida que segue”.…