Cicarelli não pode passar um dia sem a fita da Cabala

Daniela Ciccarelli, em passagem pelo Rio nesse domingo, para gravar o último episódio do Caldeirão do Huck, que acontece nesta segunda-feira (23/11), ao perceber que a fita vermelha da Cabala (usada no mundo inteiro) tinha caído, ligou imediatamente para o seu professor Shmuel Lemle para pedir que a amarrasse em seu braço. Não é qualquer…

Cantoras: é preciso mais do que voz?

Foi-se a época em que o mais importante era as cantoras serem “apenas” cantoras. De certo tempo pra cá, é preciso barriga negativa, perna de jogador, braço definido, ou seja, corpão e, claro, figurinos que mostrem isso. É assim com a maioria. Existem exceções: as que cantam vestidas (além de Maria Bethânia e Gal Costa),…

Ururahy: lançamento de livro comida de chef francês? Aha!

Já imaginou comidinhas de chef francês em lançamento de livro, onde costumam servir vinho de quinta em tacinhas de plástico e salgadinhos-tipo-vencidos? Foi o que aconteceu na noite de autógrafos de Gilberto Ururahy, fundador, ao lado de Galileu Assis, da Med Rio Check-up. Os convidados, vendo Roland Villard a trabalho, nem acreditaram! A empresa comemorou…

Carioca ajudando na tragédia de Minas

Michelle Carvalho, dona da Gato Preto, empresa de mudanças (em sociedade com a irmã, Bruna Carvalho), foi procurada por uma amiga pedindo ajuda para transportar garrafas de água num dos caminhões para Minas, uma das cidades atingidas pela tragédia de Mariana, com o rompimento das barragens da mineradora Samarco. Michelle não só cedeu, como divulgou…

Bossa Nova Mall e ‘otras cositas más’

O “Prodigy Santos Dumont Airport Hotel” e o “Bossa Nova Mall“, hotel e shopping próximos ao Aeroporto Santos Dumont, foram inaugurados nessa quinta-feira (18/11). O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, o CEO da Saphyr Shoppings Centers, Paulo Stewart, o presidente do grupo hoteleiro GJP, Guilherme Paulus, e o secretário de Turismo, Antonio Pedro Figueira…

Subterrâneo do metrô vira arte por Ricardo Nauenberg

Os cariocas vão ter uma ideia do que se passa nas obras do metrô, ou seja, aquilo que está na nossa cara e não sabemos, apenas imaginamos. O diretor de arte Ricardo Nauenberg está há seis meses fotografando o subterrâneo das obras, depois de conseguir uma licença da Prefeitura para fazer, segundo ele, essa interferência…