O show da sogra de Wilson Witzel (pré-candidata), antes das vaias, vestida com a bandeira do Brasil. Veja vídeo!

Depois do lançamento da pré-candidatura de Wilson Witzel para governador — mesmo cassado e inelegível, não parece piada? —, e de sua mulher, Helena Witzel, pré-candidata a deputada federal, agora Arlete Jenkins, mãe de Helena, também é pré-candidata a deputada estadual pelo Rio. Que tal?  Foi o que ela declarou durante a convenção do PMB (Partido…

Noite de rock na Marina da Glória. Veja fotos!

Sábado (30/07) foi dia de rock, bebê! Depois de atrações mais pops no dia anterior, o “Vibra Festival de Inverno” levou ao palco da Marina da Glória o que há de mais recorrente na trilha sonora de todos os brasileiros: Paralamas do Sucesso, Titãs, Pitty e Detonautas. Não teve tempo ruim, nem no palco e…

Nove perguntas para Antonio Neves da Rocha (maior decorador de festas do Rio), sobre a nova realidade pós-pandemia: “Ostentar não é chique”

O nome mais forte em decoração de festas no Rio, com passos em outros estados e em alguns lugares da Europa, Antônio Neves da Rocha, voltou a ter a vida pré-pandemia. Sua classe, da alegria e do entretenimento, esteve entre as mais penalizadas da pandemia. Depois dessa fase tenebrosa, praticamente com o dedo enfiado no oxímetro…

Opinião, por Eduardo Affonso: Inclusão ainda que tardia

Em todos os canais de streaming, me deparo com um tipo de preconceito contra o qual nenhuma milícia identitária voltou sua artilharia Como um fungo diante de um formulário em que só há as opções “Animal” e “Vegetal”, ou um liberal anticorrupção num eventual segundo turno entre Lula e Bolsonaro, só me são apresentadas as…

Quarteto fantástico em noite atípica no Municipal. Veja vídeo!

Noite catártica no Theatro Municipal, nessa sexta (29/07), com o primeiro dia do “Festival TIM Music Mulheres Positivas”, com a Orquestra Mulheres Positivas e participação de Ludmilla, Luísa Sonza, Liniker e Mart’nália. Dá pra imaginar? Plateia lotada e explodindo a cada número em homenagem a Elza Soares, Cássia Eller, Alcione, Gal Costa e Sandra de…

De próprio punho, por Jorge Pontes (delegado da PF): “A gente não consegue fugir do que somos. Virei delegado, mas o biólogo e o menino naturalista seguiram vivos em mim”

Em razão desse meu livro, às vezes me perguntam por que eu, um delegado da PF, com tanto trabalho e tantas atribuições, resolveu enveredar por atividades de proteção a animais e plantas, enfim, à natureza, idealizando e criando a divisão de repressão aos crimes ambientais na Polícia Federal. A resposta está lá atrás, como tudo em nossa vida, que…