No sábado (02/04), às 19h, a Cidade das Artes, na Barra, recebe Maíra Freitas e Jazz das Minas. O sexteto apresenta o show que celebra a música preta com canções autorais e releituras de clássicos interpretados por Nina Simone, Elza Soares, Sandra de Sá, Gilberto Gil, Leci Brandão, Dona Ivone Lara e Milton Nascimento.

Fabio Rubio Scarano, professor de Ecologia da UFRJ, vai falar no seminário “FASES de Educação Ambiental”, de 30 de março a 1º de abril, com inscrições no link www.projetofases.com.br. 

Como parte da “Mostra Bossa Criativa Arte de Toda Gente Rio”, sobem ao palco do Teatro Dulcina, no Centro, o Quarteto Suassuna (30/03), e Marcelo Caldi (31/03). Ingressos no Sympla (https://www.sympla.com.br/produtor/ httpsartedetodagentecombr). 

No sábado e domingo (02 e 03/04), a partir das 11h, o Festival Multiplicidade apresenta várias atrações, no Oi Futuro (e YouTube), fechando a programação da edição de 2022. Destaque para o “Amplify day”, com duas obras audiovisuais de artistas brasileiras e do Reino Unido, com mesa de debate mediada pela jornalista Maria Fortuna (O Globo).

A Mangueira faz a tradicional feijoada pré-carnavalesca no sábado (02/04), a partir de 12h30, no hotel Vila Galé, na Lapa. Na programação show do grupo de samba Só Damas, bateria da escola, da rainha de bateria Evelyn Bastos e do primeiro casal de Mestre Sala e Porta Bandeira, Squel Jorgea e Matheus Olivério.

Treze perguntas para Carmen D’Alessio (RP do Studio 54), sobre Andy Warhol: “O quadro que Andy fez pra mim está aqui”

Há quem diga que, na série “Diários de Andy Warhol”, na Netflix, baseada no livro de Pat Hackett, tenha faltado uma grande personagem da vida do artista: Carmen D’Aléssio, amiga de Andy e relações-públicas do Studio 54 (considerado o clube mais louco e incrível de todos os tempos), muito mostrado na série, de onde ele…