Dulce Quental: voltando a toda, depois de 18 anos

A cantora Dulce Quental,  depois de 18 anos longe de um estúdio, fez show de lançamento do álbum de inéditas “Sob o Signo do Amor”, no Manouche, no Jardim Botânico, nessa quinta (08/09). A apresentação também antecipa as comemoração dos 40 anos de carreira, em 2023. O show teve participação do pernambucano Zé Manoel, além de Jonas Sá…

Teatro, por Claudia Chaves: “Enquanto você voava, eu criava raízes” — sonhar mais um sonho impossível

  Ainda no século passado, observou-se que o desenvolvimento do teatro e de suas técnicas de encenação ocorreu num período em que inovações ainda mais radicais aconteciam nas artes plásticas, principalmente na pintura. Com a pandemia, estabeleceu-se com força um outro elemento: a tecnologia, que se torna até mesmo um personagem.  “Enquanto você voava, eu…

Opinião, por Francisco Vieira (historiador, sobre a Rainha Elizabeth II): “Neste momento, nós, no Brasil, estamos precisando tanto de dignidade de alguém que encarnasse a nação”

Depois de 70 anos de reinado, morre a monarca mais antiga em exercício. Elizabeth II é o fim de uma era. E pensar que ela assistiu a todas as transformações que o turbulento século XX viveu, como o aparecimento e o desaparecimento dos Beatles; Winston Churchill, como primeiro-ministro quando ela assumiu… Desde então, foram mais…

Neste domingo (11/09), a partir das 13h, tem mais uma edição da Feira das Yabas, na Praça Paulo da Portela, em Oswaldo Cruz, com homenagem a Ze Keti e Manacea, que serão representados musicalmente por Zé Ricardo e Marcelinho Moreira. Quem comanda a festa é a Roda de Samba de Marquinhos de Oswaldo Cruz.