Opinião, por Silviano Santiago (escritor): Cheio de vazio

Primeira sequência do filme. Cenário: uma calçada movimentada de bairro da zona sul carioca, ou fila de automóveis diante do sinal fechado.  Personagens: homem adulto, bem apessoado, e um menino de rua. Situação: o menino de rua aborda o personagem que caminha pela calçada, ou o que está sentado diante do volante. Há uma diferença…

Máscara falsa é menos perigosa que algumas amigas, mas existem

Com a variante Ômicron, altamente contagiosa, as máscaras de proteção mais intensa viraram item ainda mais essencial na vida de todo mundo. Pela recomendação da pneumologista Margareth Dalcolmo, são as Pff2 (sem nunca ficar ajeitando com a mão, esclarece). Nesta sexta (14/01), o The New York Times publicou matéria  chamando atenção para as falsificações: “Na melhor das hipóteses,…

Palmeira tomba em rua na Gávea e atinge pedestre

Nessa quinta (13/01), uma palmeira caiu e atingiu um pedestre na Rua Jequitibá, na Gávea. Os bombeiros foram acionados, tiveram que serrar a árvore e levaram o acidentado para o Miguel Couto. Ele passou por exames ortopédicos e neurológicos e, logo depois, foi liberado, mas escapou por um milagre. Segundo uma moradora, palmeiras e outras…

Mar carioca: orla lotada e colorida

Nesta sexta (14/01), o mar é praticamente uma lagoa, calmo e limpo. É assim, como na foto, que está a orla carioca, lotada pelas férias de janeiro e colorida pela padronização das barracas. No dia anterior, a Secretaria de Ordem Pública (Seop) e a Riotur começaram a entrega de novos guarda-sóis para 75 barraqueiros que…

Flávia Souza Lima e Christovam de Chevalier autografam “Desjeitos — Alguma poesia” (Numa) e “Inventário de esperanças e outros poemas” (7 Letras), respectivamente seus novos livros, segunda (17/01), a partir das 17h, na Argumento do Leblon.

“RIW”, no Jockey: sendo bom para o Rio, a gente perdoa

Espera-se, na vida real, um clima diferente do visto nas redes, sobre o “Rio Innovation Week” (RIW), que começou nessa quinta (13/01), no Jockey, e tem recebido algumas críticas: falta de organização, escassez de ar-condicionado, atraso das palestras, som ruim e distanciamento social inexistente, mesmo com a explosão da ômicron — inclusive, talvez por isso mesmo,…