Um olhar sensível sobre um mundo paralelo

Em meio às mensagens que a coluna recebe diariamente, uma chamou a atenção nesta quinta-feira (13/06), por confirmar a percepção de que o Brasil está revendo conceitos – antes tarde do que nunca. O e-mail trazia o convite para uma exposição de fotos sobre o dia-a-dia dos travestis da Lapa. O relevante não era simplesmente…

O cantor e compositor Wilson Simoninha lança, no Miranda, Lagoa, o álbum “Alta Fidelidade”, nessa sexta-feira (14/06). Depois de quase cinco anos envolvido em projetos em torno da obra de Simonal, ele está de volta, com um novo projeto autoral.

Fotos, esculturas e desenhos em exposição na Gávea

Mercedes Viegas Arte Contemporânea abriu, nessa quarta-feira (12/06), na Gávea, duas exposições: “Contratempo” e “Morada”. A primeira, com trabalhos inéditos da fotógrafa portuguesa Catarina Botelho e, a segunda, com desenhos e esculturas também inéditos da carioca, radicada em São Paulo, Daniela Antonelli. Quatro das fotografias da série “Projecto Lisboa”, de Catarina, fazem parte da mostra.…

Mais uma festa à vista. André Ramos e Bruno Chateaubriand vão receber os amigos para um grande arraial em sua casa, na Gávea, nessa sexta-feira (14/06). Para entrar, é obrigatório o traje típico de caipira.

A pianista Clara Sverner se apresenta no IV Circuito BNDES Música Brasilis “Nazareth Iluminado”, nesta quinta-feira (13/06), no Centro. Seu filho, o artista visual Muti Randolph, acrescenta ao espetáculo animações em tempo real, geradas pelo próprio piano.

O cineasta Eduardo Coutinho é o convidado desta quinta-feira (13/06) no Polo de Pensamento Contemporâneo, no Jardim Botânico. A partir das 20h, da palestra sobre processo criativo, ao lado da professora Consuelo Lins, da UFRJ.

Em única apresentação, o cantor e compositor Moska sobe ao palco do Rival Petrobras, no Centro, nesta quinta-feira (13/06), com o show de voz e violão “Muito pouco”.

Um Patek Philipe pelo preço de 24.150 réplicas

Quanto vale um Patek Philipe? Os desavisados – oi? -, que ignoram a origem de uma das melhores marcas de relógios do mundo, podem achar bom negócio pagar R$ 200 numa feirinha de antiquários em Copacabana. Até descobrirem que se trata, na verdade, de uma réplica. Para ter no pulso um original suíço, devidamente certificado,…