Cadê o retrovisor que estava aqui?

Ter uma moto no Rio está rendendo novos custos na manutenção dos veículos. Bom, pelo menos, para os cariocas da Rua Conselheiro Lafayete, em Copacabana, ter uma motocicleta virou dor de cabeça. Como no Rio absolutamente tudo pode ser furtado (nada, nem ninguém está seguro, mesmo), nem os retrovisores tem escapado. Irritados de tanto cobrar,…

“Viva Ipa”: aquecimento para a temporada de verão

Haja criatividade para competir com a novidade do verão carioca: os eventos em hotéis. Nessa segunda (09/12), o Fasano fez uma prévia do que será a temporada que vai até o carnaval, com uma noite de muita bossa nova, a “Viva Ipa”, na cobertura, com a irresistível vista de Ipanema. No som, o saxofonista Rodrigo…

Comprinhas de fim de ano? Vá ao “Meeting Bazar”, com várias marcas, nesta quinta (12/12), a partir das 13h, no Hotel Nacional, em São Conrado (Av. Niemeyer, 769). 

Até o dia 19 de dezembro, o Centro Universitário IBMR — Barra, Botafogo e Catete — está com a campanha “Natal Solidário” arrecadando alimentos para famílias carentes do Rio.

Os cantores Rafael Siano e Loren Vandal se apresentam na quinta (19/12), no Teatro Rival Petrobras, às 19h30, com o show “O Boêmio e o Rouxinol”, homenagem ao centenário dos cantores Nelson Gonçalves e Dalva de Oliveira. A produção é assinada pelo maestro Evandro Rodriguese e pelo jornalista George Patiño.

Homen trans ganha licença-paternidade na Prefeitura do Rio

Glauco Vital, funcionário transexual da Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual (CEDS Rio), que recentemente realizou o sonho de ser pai, ganhou o direito à licença-paternidade para cuidar da sua mulher, Marcela Santoro, e da filha Giovanna, nascida em 12 de novembro. É a primeira vez que a Prefeitura dá esse direito trabalhista para um homem…

Em casa, por Manu e Marcia Müller: casa fora do Brasil 

Estudos científicos confirmam o poder da nossa memória genética e do DNA. Como exemplo disso, pessoas que não tiveram a oportunidade de conhecer seus pais biológicos e, mesmo criados distantes, demonstram atitudes, gestos, decisões e hábitos da sua família original. É impossível esquecer a nossa origem — está nas células. Podemos, é claro, nos aperfeiçoar, incorporar…