Sete perguntas para Rivka Lemle (astróloga), sobre Marte retrógrado: “Cuide da sua raiva e entenda de onde ela vem”

A turbulência de 2020 ainda não acabou. Para você, que é ligado em Astrologia, ou apenas curioso, Marte, o planeta da agressividade, assertividade e da energia, vai ficar retrógrado até 13 de novembro. E o que isso significa? Entre as coisas que podem acontecer, está a manifestação da raiva, muita raiva, e a grande tendência…

O que rolou na primeira edição virtual da BrazilFoundation

O gala da BrazilFoundation foi pelo Zoom, mas manteve o clima. Antes, com festas produzidas, jantares, leilão beneficente, este ano, adequou-se ao momento Covid, no mundo virtual, nesse sábado (12/09):  apresentação do casal Flávia Alessandra e Otaviano Costa, show de Preta Gil, homenagem à fundadora, Leona Forman, além de várias participações. O tema “Reset Our…

A equação é certa: sol + calor = cariocas nas praias

As imagens já nem causam estranheza. Com um calor de verãozão, neste sábado (12/09), a rotina carioca se repete: praias lotadas, clima de férias e ninguém com paciência quando o assunto é “pode mergulhar, mas não pode ficar na areia”. O comportamento repetitivo de desrespeitar as regras deve ter de tudo um pouco, cada um…

Na terça (15/09), às 15h, as fotógrafas Ana Clara Miranda e Júlia Rónai fazem live no Instagram do Theatro Municipal (@theatromunicipalrj), para contar quais os desafios em fotografar grandes espetáculos, orquestras ou como captar o melhor momento de um movimento de um bailarino.

Na terça (15/09), às 19h, o Centro Educacional Espaço Integrado (CEI) faz a live no Instagram (@centroespacointegrado) com a psicanalista Mônica Donetto Guedes sobre o tema  “Pós-pandemia: Geração dependente das telas?”. A mediação do encontro  é com a psicóloga Maysa Kriemler.

De Próprio Punho, por Bruno Chateaubriand (jornalista): “Eu me vi, jogando-me da varanda. Passei a entender a importância de falarmos sobre o suicídio” 

Pouca gente sabe que, desde 2018, passei a usar amarelo em setembro, a  acreditar no poder dessa cor primária. Passei a entender a importância de falarmos sobre o suicídio. Em 2017, vivi um momento muito difícil; não estava sabendo lidar com os meus problemas. Ficava sem ar, não sabia lidar com questões, fossem as mais…

Opinião, por Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira (presidente da Firjan): “O inverno do nosso descontentamento está chegando ao fim” 

A quarentena tem sido um período intenso. Num primeiro olhar, o que se passou nesses quase seis meses trouxe registros de morte e o sofrimento de milhões de brasileiros e pessoas em todo o mundo. Tive perdas de familiar e de amigos. A aparente recorrência da corrupção na política do Rio — quase como uma maldição contra um…