[nggallery id=8658]

A artista visual Adriana Lerner e o fotógrafo de moda Eduardo Rezende inauguraram a exposição “Urban Flow” nessa quinta-feira (07/06), no Art in Progress (espaço administrado por Gilza Velloso e Cláudia Sehbe no Rio Design Leblon), com curadoria de Fábio Szwarcwald, diretor da Escola de Artes Visuais do Parque Lage.

A mostra teve como inspiração o trabalho do nova-iorquino Daniel Wurtzel, que cria esculturas cinéticas, cuja mostra “Fluxos” poder ser vista no Museu do Amanhã. A dupla produziu 23 fotografias de xales coloridos de cashmere ao vento, em frente a fachadas de prédios em Miami – dando a impressão de levitação.

Além da câmera, a única “ferramenta” alternativa foi a brisa natural, muito corre-corre e nenhum recurso de edição. “A arte é capaz de criar interseção entre pessoas de universos aparentemente distintos que, ao expressarem seus afetos e percepções de mundo, descobrem um olhar comum. A série Urban Flow, que uniu os talentos de Adriana e Eduardo, resultou numa riqueza de texturas raras e contrastes hipnóticos”, comenta Szwarcwald.

Share
Enviado por: Redação

Os comentários estão fechados.