A pré-estreia de “A Coleção Invisível”, dirigido por Bernard Attal, foi nessa terça-feira (02/10), no Festival do Rio, no Cais do Porto. Vladimir Brichta é o protagonista do longa, o primeiro de ficção do diretor francês que mora na Bahia, onde filmou toda a história, entre Salvador e Itajuípe (perto de Ilhéus).

Apesar de não participar do filme, Adriana Esteves, mulher de Brichta, foi tão cumprimentada quanto o ator, pela Carminha, de “Avenida Brasil”. A palavra mais repetida por ela foi “Obrigada, obrigada, obrigada”, às centenas de elogios. A Mãe Lucinda, personagem de Vera Holtz na mesma novela, também apareceu e, pelo fato de a trama já estar quase no fim, tiveram que responder a muitas perguntas. Alguns “malas” levam os atores à loucura em situações assim. Veja fotos na Galeria.

Share
Enviado por: Redação

Os comentários estão fechados.


SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline