Meio Ambiente, por Mario Moscatelli: “Lá do alto, vejo a vida infeliz, a sentença de morte lenta que nossa sociedade impõe ao que restou de nossa fauna nativa”

Não sou uma pessoa caracterizada como sábia; não, do meu ponto de vista racional, cartesiano e tridimensional. Infelizmente, diante do absurdo, do crime, da impunidade, da delinquência ambiental, não sou do tipo de colocar o rabo no meio das pernas ou, como costumo dizer, não faço o tipo do corno manso. Escolhi ser biólogo e,…