De próprio punho, por Mariangela  Bordon (empresária): “Mesmo com a pandemia, segui o desejo de voltar aos negócios”

Eu amo trabalhar; parece até que nasci assim, com o desejo de empreender. Comecei cuidando de marketing nos negócios da família, mas não durou muito. Logo vi que eu queria ter algo que fosse a minha cara. Sou vaidosa, tanto quanto empreendedora! Não poderia ser diferente, crescendo basicamente na “casa das sete mulheres”, onde o…