Meio ambiente, por Mario Moscatelli: “A marca no genoma do carioca de aceitar o inaceitável”

O município do Rio de Janeiro está fadado ao colapso! Destaco, porém, que esse não será o fim do Rio. Antes fosse! O fim é apenas para sociedades que perderam algo que tinham e pelo qual prezavam e, por algum motivo, além de sua vontade, por motivos muito além de sua força, simplesmente extinguiram as possibilidades…

De Próprio Punho, por Fabienne Bezerra, presidente do Jardim da Saudade: “Criamos novas formas de despedidas, como velórios ao ar livre” 

Trabalho em uma área essencial, em que o preconceito em relação à atividade ainda é muito grande no Brasil. Há 40 anos, quando decidi seguir esse caminho profissional, fui influenciada pela paixão de meu pai, Nacle, fundador de nosso grupo empresarial, cujo sonho era tornar o momento de adeus mais humano e digno, oferecendo às…